Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Mencionamos esta manhã que era muito importante discutir entre as outras questões do Movimento Carismático que estávamos discutindo, que precisávamos discutir a questão da transição histórica. Estamos em uma série agora e essa é a sétima mensagem da série, relacionando o Movimento Carismático moderno com a Escritura. Algumas coisas muito, muito espantosas continuam no Movimento Carismático coisas que devem ser levadas à prova da Palavra de Deus.

Eu aprendi recentemente de uma situação onde um grupo local de pessoas carismáticas, que são muito conhecidas na área do sul da Califórnia, e muito substancialmente influente em seu movimento, fez a declaração de que sempre que havia cinco pessoas que concordassem com a mesma revelação divina eles aceitariam como a vontade de Deus e foi assim que determinaram como suas ações deveriam ser. Isso é bastante assustador porque eu tenho certeza que eles poderiam encontrar cinco emissários de Satanás que concordariam igualmente, e o resultado disso foi que cinco pessoas tinham tido a mesma revelação de que eles iam sair dois a dois para ganhar o mundo para Jesus Cristo, um católico romano e um protestante, e esses dois emparelhados deviam sair em nome de Cristo para evangelizar.

Há muitas outras coisas que são perturbadoras sobre o movimento. Esses tipos de decisões baseadas no suposto acordo e revelação que acabam colocando alguém que acredita na verdade da Palavra de Deus com alguém que acredita na verdade da tradição da igreja juntos e em causa comum. Esses tipos de coisas, entre outras coisas, são coisas muito perturbadoras e por isso nos esforçamos com toda a justiça para a Palavra de Deus e com toda a objetividade e com todo o grande desejo de servi você, o corpo de Cristo, a lidar com algumas das questões do Movimento Carismático, para tentar levá-las à luz da Palavra de Deus.

Agora, nós temos olhado para a questão da revelação interpretação e singularidade apostólica, e esta manhã começamos, número quatro, naquele esboço geral, a questão da transição histórica. E nós indicamos que basicamente os carismáticos têm uma doutrina fundamental que os distingue de outros grupos. E é isso que eles dizem que ocorreu em Atos 2:4 onde diz, "Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem" que isso que ocorreu lá deve ocorrer na vida de cada cristão se esse cristão também tiver no mesmo poder do Espírito Santo, na mesma plenitude e na mesma capacidade de ver e fazer o milagre que a igreja primitiva manifestou. De modo que o que eles estão dizendo é que Atos 2:4 é normativo para a igreja e eles dizem que, porque está em Atos 2:4, e porque isso está registrado lá, como aconteceu, então acontecerá ao longo da história a todos os cristãos que têm o mesmo poder. E porque tal vinda do Espírito Santo seguida com línguas acontece várias outras vezes no Livro de Atos, eles concluem portanto que este é o procedimento normal. Vocês são salvos aqui, vocês recebem o Espírito Santo aqui em poder e plenitude, acompanhado de línguas, e há um poder que é liberado como resultado disso.

E esta segunda obra é algo que vocês devem buscar com seriedade e diligência e tudo isso é concluído porque aconteceu em Atos. Nenhuma palavra como tal é dada nas epístolas. Nós nunca somos ordenados a ter esta experiência nas epístolas nem somos ordenados a tê-la no Livro de Atos mas o que eles fazem é dizer "Desde que aconteceu em Atos portanto deve acontecer agora".

Isso me leva a discutir algo que é muito pouco discutido hoje e é o seguinte. Só porque aconteceu em Atos isso significa necessariamente que é para hoje, que é para a história da igreja? E nós vimos esta manhã que não é assim, porque o livro é um livro de transição histórica e o que ocorreu no período do Livro de Atos,o que foi registrado lá não foi então transformado em uma ordem para a igreja, mas foi simplesmente registrado como história. E nós tentamos mostrar esta manhã que se você aceitar o fato de que tudo o que acontece no Livro de Atos é normativo para o cristão, você está realmente em um buraco profundo e profundo, porque há tantas outras coisas muito diferentes que acontecem que não podem ser, não precisam ser e não devem ser reproduzidas hoje.

Agora eu tentei mostrar-lhe a natureza de transição do Livro de Atos por duas ilustrações básicas. Uma era a re-oferta do reino a Israel no capítulo 3 e a segunda era basicamente o voto de Paulo no capítulo 18. Ambas ilustram o fato de que este livro é um livro de transição. Mesmo depois que a igreja é fundada em Atos 2, você ainda tem o reino oferecido a Israel em Atos 3. Ainda há uma sobreposição. Quando você vê Deus trabalhando em grandes eras ou dispensações ou o que quer que você queira chamá-las, não se chega automaticamente a um fim gritante e outro começa. Há sempre um tipo de sobreposição. Mesmo no tempo do reino quando esta idade termina e o reino começa há um período de sobreposição lá onde há uma limpeza depois do Armageddon e onde há uma reorganização para estabelecer o reino. E assim, não é tão claro como gostaríamos de pensar em nossos pequenos gráficos onde a linha vem direto para baixo.

E assim vimos na re-oferta do reino essa verdade, e vimos o apóstolo Paulo que queria agradecer a Deus e ele fez um voto judaico, o voto Nazireu, no capítulo 18, o que é muito interessante porque ele é um cristão. Ele é o apóstolo dos gentios. Ele é aquele que recebeu a dispensação dos mistérios para declarar a verdade da Palavra do Novo Testamento e da nova aliança e toda a sua delimitação clara, e ainda assim ele está agindo de acordo com o Antigo Testamento. Novamente vemos a sobreposição transicional.

E também uma outra área que eu apontei para você esta manhã foi o fato de que a igreja nunca realmente fez uma grande ruptura com os padrões do judaísmo. Vimos como a igreja se encontrou primeiro no templo e mesmo quando foi para os países gentios encontrava-se nas sinagogas; como em Romanos capítulo 14 o apóstolo Paulo diz "Quem distingue entre dia e dia para o Senhor o faz." Não o incomode sobre isso. Deixe a transição cuidar de si mesma. Não guardamos mais o sábado. Hoje fazemos uma grande questão sobre o Adventismo do Sétimo Dia mas naqueles dias Paulo disse "Não se preocupe com isso. Se ele considera o dia ele o considera ao Senhor. Se não o faz o faz ao Senhor. Não deixe que isso lhe incomode. E se ele ainda está pendurado nas leis dietéticas e não quer comer carne de porco então não sirva para ele."

E assim havia algumas palavras muito claras no Livro de Atos que também são definidas na carta de Paulo aos romanos que nos ajudam a ver que a igreja foi muito lenta em fazer uma ruptura com o judaísmo em termos de suas formas culturais básicas. Assim o Livro de Atos é uma transição e muitas coisas que ocorreram no Livro de Atos foram para ajudar os judeus a compreenderem esta transição que estava ocorrendo. Demos-lhe várias ilustrações da singularidade do judaísmo esta manhã, e como é importante para Deus dar-lhes tempo para que essa mudança pudesse entrar em sua compreensão.

Agora eu lhes disse depois de olhar para aqueles elementos amplos de natureza transitória de Atos, que eu queria levá-los de volta e mostrar como Atos 2, 8, 10 e 19 se encaixam nessa transição. Vamos para Atos capítulo 2 Atos capítulo 2 e versículo 1 "Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem." Agora O ensinamento pentecostal carismático é que o batismo e as línguas que ocorrem aqui no capítulo 2 são subseqüentes à salvação. Eles dizem que essas pessoas já foram salvas e agora, mais tarde, elas estão recebendo o poder do Espírito Santo que foi liberado no Capítulo 2 começando a mudar o mundo. Agora eu concordo no sentido inicial de que essas pessoas são salvas. Os 120 discípulos reunidos no cenáculo, em meu julgamento, sem dúvida, eram pessoas salvas. Você diz, "Por que você acha isso?" Bom, deixe-me mostrar-lhe algumas Escrituras.

Se buscarmos por um exemplo - bem, vamos ver onde poderíamos começar, Lucas 10:20. Acho que isso é interessante. Jesus está falando aqui e enviando os 70 e Ele diz entre outras coisas aqui que você está indo levar a mensagem e você vai curar os doentes e você vai expulsar demônios e assim por diante e assim por diante e assim por diante por todo o caminho. Versículo 20, "Não obstante, alegrai-vos, não porque os espíritos se vos submetem, e sim porque o vosso nome está" o quê? "arrolado nos céus". Ora já os seguidores de Cristo, aqueles que são discípulos, obviamente são considerados cidadãos celestiais. Portanto, diriamos que são pessoas regeneradas ou salvas. Seus nomes já estão escritos no céu. Também chamo sua atenção para João 15:3. Novamente, ainda estamos antes da cruz. Ainda estamos antes do Pentecostes. Em João 15:3 - bom, na verdade poderíamos olhar de 1 a 3. "Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado."

Ele diz "para aqueles que são os verdadeiros ramos" e em Sua mente estavam os 11, Judas era o ramo falso. Ele diz, "Vocês estão limpos. Vocês foram purificados." No versículo 5 Ele diz, "Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto."

Então aqui está a idéia de que eles estão limpos que eles são os que estão sendo purificados. Eles foram espiritualmente separados. E assim, parece estar claro, e chegamos a um ponto, neste momento, em que essas pessoas, em Atos 2, já estavam crendo. Elas se constituíam nos apóstolos e alguns outros discípulos. Eu não tenho nenhum problema com isso.

Agora, também quero levá-lo ao capítulo 20 de João versículo 22. E novamente essa é uma boa indicação de que esses eram, aos olhos de Deus, pessoas que haviam recebido a salvação mesmo que fosse a salvação do Antigo Testamento, em certo sentido a salvação pela graça, antecipando a obra de Cristo. Jesus lhes diz no versículo 21 "Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio. E, havendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo".

Agora, os pentecostais nos dizem que receberam o Espírito Santo aqui. Então agora ouça. Sua salvação está indicada no capítulo 10 de Lucas, capítulo 15 de João. Aqui está o recebimento inicial do Espírito Santo, e então os pentecostais dizem que há uma subseqüente recepção do Espírito Santo no Pentecostes, e essa é a segunda coisa que realmente lhes dá o poder e foi isso que criou a fluxo que soprou pelo mundo no Livro de Atos. Há apenas um problema com isso. Eu concordo com eles no fato de que estas são pessoas salvas, mas eu não concordo com o fato de que eles receberam o Espírito Santo em João 20:22. Não diz que receberam o Espírito Santo. Diz simplesmente "Jesus disse-lhes Recebei o Espírito Santo.’”

Agora você diz, "Bom, o que ele quis dizer com isso?" Bm, estou convencido de que esta foi uma declaração que é uma promessa de Jesus que foi cumprida no Dia de Pentecostes. Certo? Que não havia recebimento do Espírito Santo aqui mas simplesmente a promessa. Em outras palavras, por causa de sua fé e porque eu vou comissioná-los, porque vocês serão aqueles que declararão o pecado e a justiça de acordo com o versículo 23 "Eu lhes concedo o Meu Espírito". O recebimento real ainda estava por vir, muito parecido com o fato de que somos cidadãos do céu mas ainda por herdar o que isso significa.

Agora deixe-me mostrar por que eu acredito nisso. Em João 20:26, mesmo capítulo, alguns versículos mais adiante, depois de 8 dias, novamente Seus discípulos estavam em um lugar fechado, Tomé com eles, então veio Jesus. A porta está fechada, e ele se colocou no meio deles e disse, "Paz seja convosco." Agora observe, oito dias depois eles não foram a lugar algum. Jesus disse em Atos 1:8 "mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra". Se tivessem recebido o Espírito Santo oito dias antes, não estariamo naquele quarto oito dias mais tarde.

Veja João 21:4, João 21, versículo 4, "Mas, ao clarear da madrugada, estava Jesus na praia; todavia, os discípulos não reconheceram que era ele." Versículo 12, "Disse-lhes Jesus: Vinde, comei. Nenhum dos discípulos ousava perguntar-lhe: Quem és tu? Porque sabiam que era o Senhor".

Agora, alguns argumentariam a partir disto, e pode ser um ponto. Eu digo que, desde que a obra do Espírito Santo é apontar quem Cristo é, eles não teriam tido que esperar para O reconhecer ao vê-Lo na mesa do café da manhã na praia. Eles não estariam na ignorância no versículo 4. Agora, isso é possível. Esse é um argumento possível; Não tão forte como o primeiro mas o argumento forte vem no versículo 8 do primeiro capítulo de Atos, Atos 1:5 seria um lugar para começar. "Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias". Eles ainda estão esperando, ainda esperando, ainda esperando. Ele disse no versículo 8 "mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra". Ainda esperando, ainda esperando. Versículo 14, ainda esperando, continuando em oração. Finalmente no Capítulo 2 vem o Espírito Santo.

Eu não vejo nenhuma razão para sentir que o Espírito Santo veio duas vezes. Eu não vejo nenhuma razão para sentir que o Espírito Santo veio em João 20 que foi após a crucificação. Eu posso ter dito que foi antes, antes. Foi depois da crucificação e depois da ressurreição mas não há razão para sentir que quando Ele disse "Recebei o Espírito Santo" foi algo mais do que uma promessa por causa do fato de que eles ainda estavam esperando até o segundo capítulo dos Atos para o cumprimento da verdade que quando Ele viesse eles seriam testemunhas.

Agora, outra passagem que eu acho que podemos olhar é João 7:39. E em João 7:39 diz, e este é talvez o mais pesado de todos os argumentos, voltando no 37 "No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva. Isto ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito até aquele momento não - "o quê? "fora dado, porque Jesus não havia sido ainda glorificado."

E a indicação dessa passagem é que o Espírito não pode vir até que Jesus subisse, até que a oração que Ele fez no jardim tivesse sido cumprida. "e, agora, glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que houvesse mundo." E quando ele subiu para receber Sua glória então o Espírito poderia vir, não antes, de acordo com João 7:39. Então o que você tem em João 20 é simplesmente uma promessa.

Agora eu gostaria de levar você também para o capítulo 16 de João no versículo 7. "Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei", e então Ele prossegue. Agora que condição devia acontecer antes que o Espírito Santo pudesse vir? Jesus tinha que sair. E é por isso que dizemos que não é porque queremos discutir com as pessoas carismáticas. É porque está claro na Palavra de Deus. O Espírito de Deus veio pela primeira vez com plenitude de poder sobre todos os crentes no Dia de Pentecostes. Sim eles foram salvos mais cedo mas neste período de transição era óbvio que as distinções entre a antiga e a nova aliança permitiriam alguma sobreposição. E embora acreditassem em Cristo e no sentido mais pleno fossem os santos do Velho Testamento, nunca conheceram o significado da era do Espírito do Novo Testamento até o Dia de Pentecostes quando a igreja nasceu. Há subseqüência lá mas não há nenhuma razão para acreditar que tinham recebido o Espírito minimamente em João 20 e maximamente em Atos 2. Isso foi apenas uma promessa de parte de Jesus.

Então, agora voltemos a Atos 2, e o que encontramos em Atos 2 é a vinda do Espírito Santo, a vinda do Espírito Santo e eu quero que vocês notem algo bem aqui. Não há busca. Não há nenhuma busca. Não há argumento. Não há rendição. Não há nada por parte do povo. Simplesmente diz, e pegue isso "Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar". Eles estavam tendo um tempo maravilhoso num cômodo, e isso é tudo o que diz. Nenhuma qualificação espiritual. Nunca lhes foi dito para procurarem essa coisa. Nunca lhes disseram que esperassem. Nunca lhes foi dito que cedessem a ele. Nunca lhes foi dito que implorassem. Eles estavam lá e a soberania de Deus agiu sobre eles e era tempo para o nascimento da igreja. Não teve nada a ver com suas súplicas. Isso tinha a ver com o Dia de Pentecostes, porque o Dia de Pentecostes foi um dia significativo no plano de Deus. Era uma festa especial que estava relacionada com o Espírito Santo no Antigo Testamento. E quando aquele dia chegou, o Espírito veio e era tudo o plano de Deus, e não teve nada a ver com o que eles estavam fazendo.

E no entanto, o Evangelho Pentecostal, que é o maior periódico americano Pentecostal, coloca em cada edição esta declaração "Cremos que o batismo do Espírito Santo de acordo com Atos 2:4 é dado aos crentes que pedem". Isso em cada uma de suas revistas, mas, isso não é o que diz aqui e isso não é o que eles fizeram aqui. Na verdade eles não pedem o Espírito no Capítulo 2. Eles não pedem no Capítulo 8. Eles não pedem no Capítulo 10. Eles não pedem no Capítulo 19. Em nenhuma das 4 ocasiões deste livro todo, onde o Espírito de Deus vem, há algum pedido. Isso é soberano.

Agora, isso é normativo para todos os crentes? Não. Isto é simplesmente o nascimento da igreja, pessoal. Esta é simplesmente a primeira vinda do Espírito Santo. Ou seja, pegue Adão. É normativo que todos sejam criados já crescidos? Não, mas você tem que começar em algum lugar. Se você quiser voltar ao livro de Gênesis e dizer, "Gênesis é normativo. Se você nasceu como um bebê você não é humano. Os seres humanos são criados, e as mulheres, elas são feitas das costelas dos homens. É assim que é." Não, você vê, quando você tem um começo você nunca, nunca faça uma norma de um começo. Não é assim que funciona. Foi simplesmente a primeira vinda, o nascimento da igreja. Não aconteceu em Antioquia. Não. Não aconteceu na Galácia. Não aconteceu em Filipos. Não aconteceu em Colossos. Não aconteceu em Roma. Não aconteceu em Tessalônica. Simplesmente não aconteceu. Foi o começo.

A partir daí a vinda do Espírito Santo aconteceu no momento da fé, e de fato em Romanos 8:9 diz, "E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele." Isso é bastante claro. Se você é um cristão você terá o Espírito. Se você não tem o Espírito você não é um cristão. Portanto, a conclusão é que todos os cristãos têm o Espírito. E em 1 Coríntios 12:12 e 13 diz que todos fomos batizados pelo Espírito no corpo e todos bebemos daquele Espírito, todos nós temos o que Jesus estava falando de nós, fluindo aqueles rios de água viva. Todos nós. Todo cristão. A única coisa que nos é dita, a única afirmação que foi feita para usar em relação a isso, está em Efésios 5:18 onde diz, "mas enchei-vos do Espírito". Isso é tudo. Ele está lá. Sua plenitude está lá. Tudo que você tem a fazer é ser mantido cheio. Eu nem penso que você tem que buscar o cheio do Espírito Santo. Eu acho que o enchimento do Espírito Santo é automático quando você é justo quando você está andando no Espírito.

Portanto, não há nenhuma busca acontecendo aqui, e só porque aconteceu em Atos 2, não há razão para torná-la a norma para a experiência de cada pessoa ao longo da história da Igreja. Não há razão para isso. Deixe-me mostrar-lhe novamente em Atos 2 algo que eu acho que é interessante e útil. "Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso." Note não foi um vento. Era um som como um vento. Certo? Como significa como, não um vento mas como um vento, um som como um vento faria um som uishhhhhh e encheu a casa onde eles estavam sentados. E por todo lado no lugar foi shoo shoo, como isso. "E apareceram, distribuídas entre eles, línguas", vê? "como de fogo." Não havia fogo real. Era como se fosse uma língua pequena na cabeça de todos. Uma pequena língua pareceria uma pequena chama, não é mesmo? Apenas uma pequena língua sobre as pessoas. Estou apenas dizendo o que ele disse e isso pousou em cada um deles.

Agora deixe-me ajudá-lo a ver o que está acontecendo aqui, se você quiser segmentar isso. O que eu acredito que acontece no versículo 2 é que o Espírito Santo vem. Ele vem, e o Espírito é muitas vezes comparado, particularmente em João 3, com o vento. Você poderia mesmo traduzi-lo como um espírito impetuoso, poderoso. A mesma palavra. Mesmo em hebraico ruach. Mesmo no pneuma grego. Então o Espírito vem e no versículo 3 há o recebimento real do Espírito por cada indivíduo. É por isso que há uma língua fendida ou uma pequena chama de fogo na cabeça de cada indivíduo para mostrar que quando o Espírito vem, quem recebe? Todo mundo. Como resultado disso eles foram todos cheios com o Espírito Santo, o recebimento do Espírito. Primeiro Ele vem. Então eles recebem e então vem o fluxo, e eles começaram a falar em outras línguas.

Agora isso aconteceu posteriormente para eles, e as línguas tinham um propósito muito definido, um propósito muito definido, como um sinal para Israel. "Eles falaram as maravilhosas obras de Deus. O povo de Israel se reuniu e disse 'O que é isto? Deve ser Deus." Pedro levantou-se e pregou, e 3.000 pessoas foram salvas." Não pelas línguas ou idiomas, mas pela pregação. Será esta a norma para cada cristão? Não. Nem todos chegamos a algum lugar e ficamos ali até que isso aconteça. Cremos que Paulo claramente indica que o Espírito de Deus vem sobre todo crente Romanos 8:9, 1 Coríntios 12:12. Mas e quanto a isto? O que? "Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós?" Você sabe a quem ele disse isso? aos coríntios carnais. Aos coríntios indignos. Claro eles eram o templo. Eles tinham o Espírito. Todos os cristãos têm.

O que aconteceu aqui foi muito incomum. Agora, as línguas como eu disse, e nós entraremos nisto no Capítulo 14, eram um sinal especial a Israel, profetizado no Livro de Isaías. Um sinal especial apenas para Israel um sinal judicial. Um sinal que é claramente esclarecido no capítulo 14 de 1 Coríntios, e eu vou mostrar-lhe apenas um breve versículo para que você entenda o significado aqui. Em 1 Coríntios 14, e nós vamos chegar a isso em um momento. No versículo 21, Paulo nos ajuda a entender as línguas e por que elas acontecem. "Na lei está escrito:" e isso é Isaías 28. "Na lei está escrito: Falarei a este povo por homens de outras línguas e por lábios de outros povos", e este povo se refere a Israel "nem assim me ouvirão, diz o Senhor. De sorte que as línguas constituem um sinal não para os crentes, mas para os incrédulos." Pare aí.

As línguas são um sinal para o Israel incrédulo. O que elas realmente eram, era um sinal judicial. Era como se Deus estivesse dizendo "Eu falei a língua que vocês entendiam há tanto tempo e vocês não ouviram. Eu vou começar a falar uma que vocês não entendem." E isso será em ,certo sentido, um julgamento ativo sobre vocês. É como dizer, "Quando vocês podiam me ouvir você não o fizeram, e agora quando talvez vocês o possam, vocês não conseguem." E então há um sinal aqui para Israel e nós vamos abordar isso com mais detalhes.

Essa é a singularidade da situação. Essas pessoas ainda eram santos do Antigo Testamento. Este é o nascimento da igreja. O Espírito vem. Há sinais únicos, porque esta é a primeira vez que isso já aconteceu e Deus queria que eles soubessem que algo incomum estava acontecendo. Então houve um barulho e havia algo para ver, havia algo para ouvir porque eles precisavam ter certeza de que o Espírito de Deus tinha vindo. Teria sido fácil se não houvesse vento, não houvesse línguas e não houvesse pequenas línguas de fogo para que todos pudessem dizer "Bom, alguma coisa realmente aconteceu? Aconteceu alguma coisa com você?" "Eu não sei." "Eu não vi ou não ouvi nada." Então Deus se certificou de que não havia nenhuma dúvida sobre algo acontecendo porque essa era a maneira de começar tudo.

Agora vamos ao capítulo 8 ver o segundo incidente. Atos 8. Agora aqui os carismáticos dirão que há um segundo recebimeno subseqüente do Espírito Santo. No início do capítulo 8 do livro de Atos as pessoas estão sendo salvas em Samaria. Mas quando você chega a 14, Atos 8:14, lemos isto "Ouvindo os apóstolos, que estavam em Jerusalém, que Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram-lhe Pedro e João; os quais, descendo para lá, oraram por eles para que recebessem o Espírito Santo; porquanto não havia ainda descido sobre nenhum deles, mas somente haviam sido batizados em o nome do Senhor Jesus. Então, lhes impunham as mãos, e recebiam estes o Espírito Santo." Agora notem, estas pessoas, de acordo com o versículo 16, haviam sido batizadas em nome do Senhor Jesus. Eram cristãos mas ainda não tinham recebido o Espírito Santo. Ele não tinha caído sobre eles, então os apóstolos vieram impuseram as mãos sobre eles e receberam o Espírito Santo.

O pessoal pentecostal diz "Vê?, isto é subseqüente." Eu digo, "É claro que é." Eles foram salvos aqui mas houve um intervalo de tempo até que eles receberam o batismo do Espírito Santo, se você quiser assim, e o motivo era simples. Esta é a transição histórica. Sabe quem são essas pessoas? É muito fácil. Vá para o versículo 5. Filipe desceu para a cidade do quê? Samaria. O que você sabe sobre os judeus e os samaritanos? Sim, eles não gostavam um do outro, não é mesmo? Por 500 anos os samaritanos e os judeus odiaram um ao outro. E a razão era que os samaritanos haviam se casado com gentios e eram uma raça mestiça, e os judeus, por causa de seu forte nacionalismo e seu forte sentimento judaico, ressentiam-se com aquelas pessoas que se misturaram, e assim havia uma terrível fenda religiosa racial entre o judeu e o samaritano.

Na verdade quando um judeu viajava para o norte, ele contornava Samaria para que não tivesse que colocar a sujeira samaritana em seus pés. E isso é o que foi tão incrível quando diz de Jesus que, "era-lhe necessário atravessar a província de Samaria". Essa era a linha reta. Esse era o melhor caminho a percorrer, mas nenhum judeu iria por esse caminho porque ele não pisaria no chão que pertencia aos samaritanos.

Então houve uma terrível rachadura, e ouçam se os samaritanos tivessem recebido o Espírito Santo ao mesmo tempo em que haviam crido teria perpetuado a mesma dicotomia. Teriam tido sua própria pequena coisa de samaritano e os judeus teriam tido sua própria coisinha. E os dois teriam perpetuado uma separação e Deus nunca quis isso porque a oração de Jesus era, "Pai eu oro para que eles possam ser -" o quê? "- um." João 17.

Então, Deus reteve a doação do Espírito até o momento em que os apóstolos, que eram judeus, pudessem vir e ver com seus próprios olhos, e serem instrumentos, com suas próprias mãos, incluindo os samaritanos naquele corpo. Assim, você vê, nós estamos na transição outra vez, pessoal. Deus não queria iniciar pequenas igrejas individuais, e assim Ele se assegurou de que a verdadeira conversão dos samaritanos e o real recebimento do Espírito fosse visivelmente observado pelos apóstolos.

Agora ouça o segundo pensamento. Também era importante para Deus que os samaritanos entendessem o poder e a autoridade dos apóstolos. Você entende isso? Porque o que foi que a igreja primitiva estudou? O quê, dos apóstolos? A doutrina. Se era importante para o judeu saber que o samaritano estava na igreja, era importante para o samaritano saber que o apóstolo era a fonte da verdade divina. E assim, porque essas duas coisas tinham que se unir, Deus permitiu que acontecesse desta maneira para que os samaritanos dissessem, "Estes apóstolos, esses homens, são os mensageiros de Deus e ouviremos a sua palavra mesmo sendo judeus." E o judeu diria, "Os samaritanos estão na igreja mesmo sendo mestiços porque eles têm a mesma coisa que temos".

A autoridade apostólica estava em jogo e também a unidade da igreja. Vou mostrar-lhe um pouco de questão gramatical interessante aqui que poderia ser desenvolvida. Aqui diz "porquanto não havia ainda" versículo 16, "descido sobre nenhum deles." Literalmente, porque ainda não havia o Espírito Santo ou ele não havia caído sobre eles. Ainda não é oudepō. É uma palavra interessante, e como eu estudei essa palavra, porque eu pensei que seria importante observá-la, a palavra basicamente significa que algo que deveria ter acontecido não aconteceu. Isso é interessante. Em outras palavras, a idéia da palavra é que os dois são componentes de um evento. Seria como dizer que foram salvos, mas por alguma estranha razão o Espírito Santo não tinha vindo. Vê? O "não havia ainda" implica algo mais, que está prestes a acontecer e deveria ter acontecido. Ele reúne dois componentes para fazer um evento e assim mesmo a implicação do idioma aqui é que essas duas coisas normalmente ocorrem juntas. Agora você diz "Por que era uma lacuna?" Simplesmente para permitir que os samaritanos vissem que estavam sob a autoridade apostólica, e para permitir que os judeus vissem que os samaritanos estavam na mesma igreja que eles estavam, tiveram a mesma experiência e receberam o mesmo Espírito Santo. Estabelece-se essa unidade.

Vamos para o terceiro, capítulo 10. Aqui é a terceira vez que isso acontece, e no capítulo 10 não temos judeus sendo salvos. Não temos samaritanos sendo salvos. Nós temos gentios. E agora estamos realmente indo para fora. Se você acha que havia amargura entre o judeu e o samaritano, imagine a amargura entre o judeu e o gentio. Quando um judeu vinha de viagem em um país gentio, ele sacudia o pó de seus pés e suas roupas, porque ele não queria sujeira gentia arrastada para o seu país. Um judeu não entrava na casa de um gentio. Eles acreditavam que os gentios jogavam seus bebês abortados no esgoto que eles tinham no centro de qualquer casa, e os cadáveres poluíam a casa, e eles acreditavam que os gentios faziam isso o tempo todo, assim não entravam na casa de um gentio.

Eles não comiam uma refeição cozida pelas mãos dos gentios. Eles supostamente, alguns deles, nem sequer compravam carne cortada por um açougue gentio. Eles não usavam utensílios gentios. Havia uma brecha tão inacreditável que nenhum de nós nesta sociedade hoje jamais poderia conceber como era. Imagine o que aconteceu durante a era da escravatura nos Estados Unidos e depois multiplique-o 100 vezes e você compreenderá como era entre os judeus e os gentios. Achamos que era ruim entre os negros e os brancos na América. Multiplique-o 100 vezes e você chegará perto. Uma intensa animosidade. E você pode ver isso por todo o Antigo Testamento, em determinadas porções.

Agora vamos ver o que acontece. Deus vem a Pedro no capítulo 10 e Ele diz "Pedro eu tenho um trabalho duro para você. Eu quero que você conduza muitos gentios para Mim." Pedro estava no mesmo lugar que Jonas esteve, mas ele não fez exatamente o que Jonas fez. Ele estava no mesmo porto, no mesmo lugar na costa, mas ele não fugiu. Ele apenas subiu em sua varanda e deitou-se por pouco tempo e o versículo 10 diz que entrou em transe e discutimos isso brevemente esta manhã. O Céu se abriu, um certo vaso descendo até ele como um grande lençol enrolado em quatro cantos e baixado por alguma grande super-corda e ele tem uma visão aqui como Zacarias ou qualquer outro profeta.

E viu no meio do lençol todos os tipos de animais de quatro patas da terra, e animais selvagens, répteis e aves do ar. Ele viu todas essas coisas de animais lá em cima e uma voz veio dizendo "Levanta-te Pedro mata e come." Pedro disse "Não Senhor nunca comi nada comum ou imundo."

Agora os judeus tinham leis dietéticas, não é mesmo? Estou dizendo que tinham sim. Leia Levitico. Certas aves eles não podiam comer. Certos outros negócios não podiam comer. Podiam comer os animais que tinham o casco partido e ruminavam. Certo? Você sabe quais são. Eles estão listados lá. Na verdade eu vou dar-lhe uma nota de rodapé interessante. Eu estava contando a alguns da equipe. Eu não vou entrar em grandes detalhes, mas há uma coisa interessante, porque um dos animais listados que rumina é o coelho. Você sabia disso? Você sabe alguma coisa sobre coelhos? Eles se multiplicam. Sim você sabe disso. Mas, sabe, as pessoas costumavam se perguntar por anos, como que os coelhos ruminavam, e a melhor explicação que veio dos antigos eruditos hebreus foi que a razão de o coelho ruminar, é porque ele gira sua mandíbula assim quando ele mastiga, mas ele não tem esses estômagos múltiplos.

Bom, eles descobriram que o coelho tem uma maneira de ruminar que é absolutamente incrível. Foi descoberto recentemente neste século. Não é uma coisa muito bonita, mas o coelho realmente passa a comida através de seu corpo uma vez, leva de volta, e coloca de volta de novo. A Bíblia é absolutamente precisa. Só levou até o século 20 para se descobrir. Aliás, os coelhos são fantásticos. Se você pode encontrá-los para comer, você terá um teor de gordura muito baixo, provavelmente melhor para você do que frango. Certo. Certamente, melhor para você do que carne e outras coisas. No entanto eles não têm um gosto tão bom. De qualquer forma, faz muito tempo que não provo um coelho, acredite em mim.

Mas, de qualquer maneira, você vê que Deus lhes deu essas leis dietéticas não porque certos animais eram diferentes dos outros animais. Esse não é o problema. A questão é porque Deus queria que eles fossem um povo separado. Deus queria que eles fossem um povo como nenhum outro povo, que nunca pudesse se misturar, mas eles empurraram a coisa até que, agora, ela ficou ridícula. Eles tinham todas essas leis dietéticas, e agora na visão, o Senhor disse a Pedro "Vá em frente e coma o que quiser". Pedro diz "Não posso lidar com isso Senhor". Você está brincando comigo? E Pedro disse, "Não vou fazê-lo" e a voz falou-lhe pela segunda vez e disse "Ao que Deus purificou não consideres comum". E isso foi feito três vezes para se ter a mensagem.

Pedro se levantou, desceu as escadas e encontrou algumas pessoas que disseram, "Vamos lá. A primeira coisa incomum que você vai tocar é Cornélio. Você vai para uma casa de gentios.". Homem justo," versículo 22, teme a Deus. Bom relatório. Avisado por Deus através de um anjo santo para enviar você à sua casa e ouvir suas palavras. Caro velho Pedro engoliu seu judaísmo e entrou na casa de Cornélio e você sabe o que aconteceu? Coisas maravilhosas aconteceram.

Versículo 43. Depois de seu sermão, ele prega um grande - versículo 38. Não posso resistir a parte de seu sermão. Ele diz que "como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele; e nós somos testemunhas de tudo o que ele fez na terra dos judeus e em Jerusalém; ao qual também tiraram a vida, pendurando-o no madeiro. A este ressuscitou Deus no terceiro dia e concedeu que fosse manifesto". Ele apenas discorreu sobre a vida de Cristo, a morte de Cristo, a ressurreição. "não a todo o povo, mas às testemunhas que foram anteriormente escolhidas por Deus, isto é, a nós que comemos e bebemos com ele, depois que ressurgiu dentre os mortos; e nos mandou pregar ao povo e testificar que ele é quem foi constituído por Deus Juiz de vivos e de mortos. Dele todos os profetas dão testemunho de que, por meio de seu nome, todo aquele que nele crê recebe remissão de pecados". Esse é Seu convite.

Sabe o que aconteceu? Todos creram. Cornélio estava sentado ali esperando para ouvir a informação e instantaneamente eles creram. O resultado no versículo 44 "Ainda Pedro falava estas coisas quando caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra." Agora ouça-me. Não há nenhuma doutrina pentecostal de subseqüência aqui. Você vê? Não está aqui. Eles creram e receberam, e o resultado - veja o versículo 45 e esta é a chave - e os que eram da circuncisão. Quais aqueles? Os judeus que creram ficaram o quê? Atônitos! E muitos vieram com Pedro porque também sobre os gentios foi derramado o dom do Espírito Santo. Como eles sabiam disso? Porque eles os ouviram, o quê? Falar em línguas e engrandecer a Deus. Uau.

Agora você sabe por que Deus permitiu que os gentios falassem em línguas? Não para o mesmo propósito do Pentecostes, mas para mostrar aos judeus que o mesmo Espírito Santo tinha vindo da mesma maneira. Se não houvesse nenhuma manifestação visível eles nunca teriam sido convencidos, você vê? Isso é transição, pessoal. Não há subseqüência aqui mas há a evidência de línguas aqui onde há subseqüência no Capítulo 8 mas nenhuma indicação de línguas. Em Atos 10:47 diz, "Porventura, pode alguém recusar a água, para que não sejam batizados estes que, assim como nós, receberam o Espírito Santo?" Agora, ouça isto, uma das declarações mais importantes no Livro de Atos. Ouça, as pessoas que recebem o Espírito Santo devem ser o quê? Batizadas. Você pegou isso? Isso iguala receber o Espírito Santo com o quê? Conversão. Salvação. Você deve ser salvo e depois o quê? Batizado. Pedro apenas diz dessa maneira "Ei, essas pessoas receberam o Espírito Santo. Não deveriam elas serem batizadas?" Você vê, Pedro está igualando esses dois. Eles são inseparáveis. Ele sabe disso e sabe que se há algum atraso no caso de Samaria ele sabe que isso foi proposital por parte de Deus e aqui estava muito claro. O sinal era convincente para os judeus que os gentios estavam na igreja, e os gentios tinham recebido o mesmo Espírito Santo. Eles ficaram absolutamente espantados.

Vá para o Capítulo 11 versículo 15. Bom, depois desta incrível experiência Pedro voltou para dar seu relatório, e em 11:15 diz, que ele está contando tudo sobre isso. Ele está dizendo "Rapazes, eu tenho que contar o que aconteceu lá na casa de Cornélio". Ele está de volta à Judéia e está falando com os apóstolos e os irmãos. Capítulo 11:1. Ele diz "Escute isso pessoal. Vocês não vão acreditar. Quando eu comecei a falar" e ele está relatando a coisa toda que acabamos de ler, "O Espírito Santo, você pode acreditar, caiu sobre eles da mesma maneira que sobre nós no início." Eles tinham seu próprio pequeno Pentecostes. "Então, me lembrei da palavra do Senhor, quando disse: João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo. Pois, se Deus lhes concedeu", Amo isto "o mesmo dom que a nós nos outorgou quando cremos no Senhor Jesus, quem era eu para que pudesse resistir a Deus?" Essa última linha. Foi realmente engraçado. Ele diz, "Desculpe rapazes. Eu não conseguia parar. Quer dizer, Deus estava fazendo isso. Eu não pude evitar. Estou realmente do seu lado. Eu era a vítima." E quando eles ouviram estas coisas eles se calaram."apaziguaram-se e glorificaram a Deus, dizendo: Logo, também aos gentios foi por Deus concedido o arrependimento para vida". Agora você entende o motivo da espera, da transição e das línguas? Não que isso seja normativo para todos em cada igreja, mas que isso vinculava os gentios à única igreja, os samaritanos à única igreja. Essa era a questão.

No capítulo 15 versículo 8, relatando ao conselho de Jerusalém, Pedro diz, "Ora, Deus, que conhece os corações, lhes deu testemunho, concedendo o Espírito Santo a eles, como também a nós nos concedera". As palavras a razão pela qual receberam o Espírito em línguas, a razão que aconteceu como aconteceu com o apóstolo Pedro, houve para que os gentios soubessem que a autoridade apostólica deveria ser submetida e os judeus saberiam que os gentios estavam na mesma Igreja com o mesmo Espírito Santo que eles tinham. Então você pode ver por que aconteceu.

Agora há uma outra ocasião em Atos 19, Atos 19:1. Esta manhã discutimos a transição de Paulo em 18 e a transição de Apolo brevemente. Agora encontramos 12 outras pessoas em transição, e aqui os carismáticos vão dizer novamente "Bom, você vê. Aqui estamos nós de novo. O Espírito Santo os batiza em línguas", mas não há subseqüência aqui. Essas pessoas são salvas e receberam o Espírito Santo todos no mesmo momento, assim como Cornélio. Então a idéia de ser salvo aqui e no Espírito Santo mais tarde - está apenas em Atos 2 e Atos 8, e até em Atos 10 e 19 essa coisa mudou.

Veja o capítulo 19. "Aconteceu que, estando Apolo em Corinto, Paulo, tendo passado pelas regiões mais altas, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos, perguntou-lhes:" certos aprendizes, certos mathētēs. Perguntou-lhes "Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando crestes? Ao que lhe responderam: Pelo contrário, nem mesmo ouvimos que existe o Espírito Santo." Essa é uma tradução pobre e eu vou corrigir isso em um minuto. Ele lhes disse "Sob o que vocês foram batizados?" E eles disseram "Sob o batismo de João." João Batista. "E disse Paulo, João na verdade batizou com o batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse naquele que há de vir após ele" isto é, no Messias Jesus. "Quando eles ouviram isto foram batizados em nome do Senhor Jesus e quando Paulo lhes impôs as mãos o Espírito Santo veio sobre eles. Eles falaram em línguas e profetizavam. Eram ao todo doze homens." Isso não significa que eles tinham todos os 12 anos de idade. Significa que havia 12 deles.

Agora, um estudo da passagem é muito importante. Lembre-se que a igreja já é uma. Certo? Já é uma; Judeu, gentio mestiço. Isso é tudo o que você poderia ter na igreja. Certo? É isso que cobre todos. Portanto não há subseqüência aqui mas há esse elemento de evidência. Aliás não há nenhuma busca, há? Sem perguntas. Começamos e aprendemos que nem sequer eles são cristãos. De modo nenhum. Versículo 2, Ele lhes disse, "Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando crestes?" Não é interessante? Você sabe, quando eu li isso pela primeira vez, eu estava estudando sobre isto alguns anos atrás, quando ensinamos o Livro de Atos, que isso me atingiu como um foguete. "Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando" o quê? "crestes". Bom, qual é a implicação dessa afirmação? Paulo está dizendo "Diga vocês ainda estão em transição? A coisa normal naturalmente é receber o Espírito Santo quando você crê." Ele não diz, "Vocês receberam o Espírito Santo quando vocês esperavam? Vocês receberam o Espírito Santo quando oravam? Vocês receberam o Espírito Santo quando se esvaziaram? Vocês receberam o Espírito Santo quando vocês obedeceram? Vocês receberam o Espírito Santo quando cederam?" Não. Ele diz, "Vocês receberam o Espírito Santo quando vocês creram? "Isso me diz que na mente de Paulo quando você cria você, o quê? Recebia o Espírito Santo, a menos que acontecesse de você ser um daqueles grupos incomuns ainda em transição.

A questão pressupõe que quando a fé chega o mesmo acontece com o Espírito Santo. E eles disseram - aqui está o literal. "Nós não ouvimos se o Espírito Santo foi dado". É claro que eles sabiam do Espírito Santo. Ora, João tinha anunciado o Espírito, não tinha? Claro, Lucas 3:16. Eles sabiam do Espírito, seguidores de João Batista, mas não queriam ouvir se o Espírito Santo ainda era dado. Por quê? Porque eles ainda não tinham ouvido falar tanto de Jesus Cristo. Eles eram como Apolo. E ele lhes disse "Em que, pois, fostes batizados?" E eles disseram "o batismo de João." "Oh" agora ele diz,"Eu entendo. Vocês são seguidores de João Batista. Vocês são pessoas na transição.”

Este é o último remanescente dos santos do Antigo Testamento. Isto é 20 anos depois de João. Você sabia disso? Vinte anos depois. São pessoas bastante leais, não são? Agaurdando, observando ao redor em busca do Messias lá em cima em Éfeso, escondidos sabe-se lá onde. Ainda não entendi a palavra. Agora ele diz "Oh vocês não receberam o Espírito Santo? Vocês só tiveram o batismo de João Batista que foi o batismo de preparação para a vinda do Messias? Isso é tudo que você tiveram?" Hmm. Agora observe isso. Então Paulo disse, "João realizou batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse naquele que vinha depois dele, a saber, em Jesus".

Deixe-me fazer uma pergunta. Quando Paulo descobriu que eles não tinham recebido o Espírito Santo, de quem ele lhes falou? Cristo. Eles lhes falaram sobre o Espírito Santo? Ele disse, "Agora, pessoal, aqui está como se obter o Espírito Santo. Faça isso e faça aquilo." Não. Ele não disse, "Oh, vocês não sabem sobre o Espírito Santo". Ele não disse, "Que ensinamento defeituoso vocês tiveram?" Não. Ele disse "Até então no que vocês foram batizados?" Ele sabia a resposta certa porque se eles cressem e fossem batizados confessando a fé em Cristo, teriam o Espírito Santo. Certo? Porque ele vem ao mesmo tempo, então ele está simplesmente dizendo, "Que tipo de batismo vocês tiveram que vocês não receberam o Espírito?" Ele sabia que era normativo e ele seguiu imediatamente no versículo 4 para ensinar a Cristo. O sujeito é Cristo. Não é o Espírito Santo. Ele não ensina a eles como avançar para o segundo nível.

Portanto o elo perdido com os 12 efésios não é informação sobre o batismo do Espírito Santo. O elo perdido é a informação sobre Cristo, então ele apresenta Cristo. Quando o ouviram, oh, creram e foram batizados em nome do Senhor Jesus. E então ele impôs as mãos sobre eles, o Espírito Santo veio e eles falaram em línguas e profetizaram.

Agora observe eles receberam o Espírito Santo nauele momento em que creram. Por que Paulo impôs as mãos sobre eles? Para lhes mostrar que não era mais o ensinamento de João Batista que deveriam seguir mas o ensinamento de quem? Dos apóstolos. Essa é a questão. E por que lhes foi concedida a mesma experiência maravilhosa que todos os outros foram concedidos? Para que soubessem que ainda que estivessem de volta ao Antigo Testamento, ao velho profeta de Deus, João Batista, ainda faziam parte da igreja com todos os outros. Todo o tema do Livro de Atos, pessoal, é mostrar-lhes que a oração de João 17 está sendo respondida. "Pai eu oro para que eles possam ser -" o quê? "- um."

Bruce Thompson me deu uma boa ilustração de como isso funciona. Ele tem um monte de boas ilustrações. Ele disse, "A maneira como eu vejo isso é como um dispositivo de poluição atmosférica." Ele disse "Quando eles fizeram a lei" ele diz "você tinha que ter um dispositivo de poluição. Muitos de nós já tinhamos carros mas tínhamos de ir buscar um dispositivo de poluição. Mas, depois disso é automático quando você pega um carro." Vê? Agora eu não sei se equiparar o Espírito Santo a um dispositivo de poluição é uma analogia que deva ser levada muito adiante, mas você entendeu? Algumas pessoas ficam presas na transição. Isso é tudo. E a subseqüência de 2 e 8 pode ser explicada por essa ilustração simples. E a razão pela qual as línguas estão em 10 e 19, e os apóstolos estão lá impondo as mãos, é de modo que haverá um sentido da mesma coisa acontecendo com eles que aconteceu no início. E haverá um compromisso com a autoridade apostólica para que a igreja tenha a mesma doutrina e o mesmo sentido de amor e unidade e vida comum, vê?

Não é realmente tão complexo, não é? Mas se você fizer tudo o que acontece aqui como sendo norma para todos, então você perdeu o ponto, não é mesmo? Porque uma vez que a doutrina apostólica é escrita e estabelecida e concedida essas coisas são feitas. Não precisamos desses sinais. E uma vez que cada segmento, você tem judeus, gentios, samaritanos e algumas ressacas do Antigo Testamento e todos eles são jogados pra dentro; não sobrou mais nenhum grupo e todo o propósito é cumprido.

Ouça. Você não pode tomar esses eventos de transição e torná-los em ordens. A Bíblia não faz isso. Ela não diz, "Esta é a norma. Este é o padrão. Isto é o que você deve fazer." Ouça agora, ouça com atenção. Se os carismáticos vão tomar as línguas como absoluta e normaiva, por que não o ruído do vento e as chamas em cima da cabeça de todos? Por que eles teriam apenas um dos três sinais de autenticação? Por que eles não levam os outros dois? Vê? Se os acontecimentos de Atos 2, 8, 10 e 19, ouçam isto agora, estivessem todos na presença de um apóstolo, por que não é este o padrão hoje de modo que temos de esperar que João, Pedro ou Paulo apareçam para se ter o Espírito Santo?

Se em todos os casos em Atos, agora marque isso, se em todos os casos em Atos o Espírito veio em um grupo, nunca num indivíduo sozinho; por que os carismáticos não fazem disso a norma? Se ninguém no Livro de Atos jamais procurou pelo Espírito, rendeu-se ou orou pelo Espírito, ou orou por línguas ou buscou línguas, por que eles não fazem disso a norma? E por que eles querem apenas os milagres e os sinais e maravilhas no Livro de Atos e não o resto? E por que ainda não estamos oferecendo o reino a Israel como em Atos 3? E por que a igreja não está se reunindo no templo na hora da oração descrita pelos judeus? Por que não estamos na sinagoga? Porque estamos aqui? E por que não nos encontramos todos os dias em casas e no partir do pão de casa em casa, e temos comunhão todos os dias da semana como fizeram em Atos 2? E por que não são todas as conversões como a conversão de Paulo na estrada de Damasco? Por que não vemos Jesus e ficamos cegos por três dias e esperamos por Ananias? Não podemos ter isso se quiser?

E se a igreja é dirigida pelos apóstolos em Atos 6, por que agora deve ser governada pelos presbíteros? E se aceitarmos este livro como norma, ainda estamos executando as instruções de Atos capítulo 15 que nos diz que sempre que encontramos um judeu há várias coisas que temos que evitar. Temos que evitar poluções de ídolos, adultérios, coisas estranguladas e qualquer sangue. Você diz "Isso não é para hoje." Você está certo. Bom, por que não é para hoje e tudo o mais é para hoje? Não podemos escolher.

Ouça. Não havia edifícios da igreja em Atos. Isso é absoluto? Não havia coros em Atos. Isso é absoluto? Não havia professores da escola dominical em Atos. Isso é absoluto? Os evangelistas ainda estão fluindo como Filipe sem aviões? Nós executamos pessoas que não colocam o tanto de oferta que prometeram? É um pensamento. Eu sempre me lembro do sujeito que inventou o prato de oferta que você colocava uma moeda e então soava um sino. Você colocava uma nota de dólar e tocava uma campainha. Você não colocava nada e tiravam sua foto.

Mas de qualquer maneira se Atos for normativo, por que não estamos todos fazendo votos Nazireus? Se Atos é normativo por que não estamos todos em grande pressa como Paulo eestava para voltar para a festa em Jerusalém? Alguém aqui fez um grande propósito na vida de voltar a Jerusalém para a Páscoa? Você vê, você simplesmente não pode fazer isso com o Livro de Atos. É história.

Joseph Dillow diz em seu livro, e eu pensei que esta era uma declaração útil. Ele diz isso - o livro é intitulado Falando em Línguas eu acho. Ele diz "Não devemos cometer o erro trágico de ensinar a experiência dos apóstolos mas precisamos experimentar o ensinamento dos apóstolos". Ele prossegue "A experiência dos apóstolos é encontrada no livro de transição de Atos; enquanto o ensinamento dos apóstolos está claramente exposto nas epístolas que são o nosso guia para a nossa experiência cristã de hoje".

Ouça. Todo o ponto de Atos é nos fazer perceber que não precisamos procurar nada. Todo mundo recebe o Espírito; Judeu, samaritano, gentio, restantes do Antigo Testamento, qualquer um. Quando você crê o que acontece? Você recebe o Espírito. Esta é a mensagem do livro. O livro está tentando dizer que há uma nova era. Há uma nova era. E aqui está. É a era do Espírito e você O recebe e Ele é um dom de Deus. Esse é o ponto principal não para fazer todos pensarem que você tem que esperar e procurar um super zap que vem mais tarde.

Quero concluir olhando Atos 8:18. Deixe que esta seja uma declaração séria na conclusão. Atos 8:18 "E havia um homem lá." E diz que, "Vendo, porém, Simão" e este não é Simão Pedro. Este é Simão, versículo 9, que era feiticeiro. Ele era um mágico. Ele era um médium. Ele falava com demônios. "Vendo, porém, Simão, o feiticeiro, que, pelo fato de imporem os apóstolos as mãos, era concedido o Espírito [Santo], ofereceu-lhes" o quê? "dinheiro." Agora observe isto, "propondo: Concedei-me também a mim este" qual é a próxima palavra? "poder". Dá-me também este poder.

Vou fazer uma pergunta simples. O que Simão queria? O que? Poder. O que é que as pessoas carismáticas estão sempre, sempre, sempre procurando? O poder. Dizem que você nunca terá o poder. Você nunca terá o poder. Você pode ter o Espírito mas você não tem o poder sem o batismo. Ouça. Eles estão fazendo exatamente o que Simão fez. Veja isso, ele desejava poder. Ele estava disposto a sacrificar para obtê-lo. A coisa dele era dinheiro. E hoje as pessoas carismáticas vão passar o tempo orando, e se entregando e tudo o que puderem fazer para obter o poder, e o poder está lá. E Pedro realmente repreende isso. Versículo 20, "Pedro, porém, lhe respondeu: O teu dinheiro seja contigo para perdição" Por quê? Escute isso. "pois julgaste" o quê? "adquirir, por meio dele, o dom de Deus." Ouça. Você nunca receberá o Espírito Santo pelo esforço humano. Ele vem livre. Essa é a questão.

As pessoas que procuram o poder estão buscando obter algo pelo seu próprio esforço que Deus dá por Sua livre graça. Esse é o ponto principal do livro, pessoal. Esse é o Livro dos Atos, e Pedro o atropela. Ele diz, "Não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te, pois, da tua maldade e roga ao Senhor; talvez te seja perdoado o intento do coração; pois vejo que estás em fel de amargura e laço de iniqüidade. Respondendo, porém, Simão lhes pediu: Rogai vós por mim ao Senhor."

Ouça. É uma posição iníqua buscar pelo esforço humano para ganhar o que Deus deu pela graça, porque nega Seu presente maravilhoso e gracioso. É como dizer a Deus "Você não me deu o Espírito Santo" e Deus diz "Eu fiz em toda a sua plenitude". "Ele não dá o Espírito por medida". Simão pecou presumindo buscar o poder por esforço humano o que Deus dá gratuitamente. Michael Green, escrevendo no livro Eu Creio no Espírito Santo, diz, "Os carismáticos sempre foram do poder. Eles eram exaltados pelo poder espiritual. Eles estavam sempre procurando atalhos para o poder. É o mesmo hoje. A resposta de Paulo é, não se vangloriar de seu poder mas de sua fraqueza através da qual somente o poder de Cristo pode brilhar. Paulo sabia tudo sobre as marcas de um apóstolo, sinais e prodígios e ações poderosas; mas ele sabia que o poder de um apóstolo ou de qualquer outro cristão provinha da perseverança paciente do sofrimento tal como ele tinha com seu espinho na carne ou da perseverante paciência nas injúrias e tribulações como foi submetido no curso de suas obras missionárias. Os carismáticos tinham uma teologia da ressurreição e seu poder, mas precisavam aprender novamente o segredo da cruz e sua vergonha que era realmente o que produzia o poder de Deus." Ele tem razão. Ele tem razão.

Ouça amado, Jesus colocou isto simplesmente no início do livro. "mas recebereis poder" quando? "ao descer sobre vós o Espírito Santo." E quando Ele virá? Quando você crer. Negar a Deus é negar a Sua palavra, questionar Sua promessa, buscar pelo esforço humano para ganhar o que Ele deu. Em vez de buscar sempre o poder, vamos buscar o sofrimento que libera o poder que já existe. Bom, vamos orar.

Pai, obrigado pelo bom tempo que tivemos esta noite. Obrigado, por nos falar claramente em Tua Palavra, mesmo que as palavras humanas não fossem tão claras. Amarre tudo isso em nosso pensamento. Podemos perceber que não estamos tentando lutar contra um movimento ou defender uma teologia. Estamos apenas tentando entender a revelação de Deus que podemos justamente adorar dividindo corretamente. Obrigado por estas pessoas preciosas que vêm com fome da Tua verdade, sedentas de justiça. Encha-os Pai. Encha-as, encha-as com Teu Espírito. Que Ele, que já está lá encontre, enquanto seus corações são purificados, que Tua presença encha e domine seus pensamentos e suas ações, e nós lhe daremos o louvor em nome de Jesus. Amém.

FIM

This sermon series includes the following messages:

Please contact the publisher to obtain copies of this resource.

Publisher Information
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

Donation:
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize