Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Hoje à noite chegamos à mensagem conclusiva em nossa breve série sobre exército invisível de Deus, o estudo dos santos anjos. Esta é a Parte 3 em nosso estudo. E nas duas primeiras partes - e nesta também - nós estamos realmente como que preparando nossos corações para um estudo do livro de Colossenses. E começaremos esse estudo, se Deus quiser, na próxima semana. Então, você pode estar lendo o livro de Colossenses, esta semana, e preparando o seu coração para quando nele mergulharmos no próximo dia do Senhor.

Agora, nós temos discutido nestas mensagens muitos fatos sobre os santos anjos. Nos últimos anos e em mensagens passadas, nós cobrimos com algum detalhe os anjos caídos, os demônios e por isso sentimos que devíamos realmente dar tempo igual para os santos anjos de Deus, aqueles que não caíram. E espero que com este estudo todos tenhamos uma maior compreensão dos anjos. Tenho certeza que teremos, mas além disso espero que tenhamos uma maior compreensão de Deus. Eu acho que a única coisa que eu ganhei com este estudo, aquilo que persiste em voltar para mim, é o cuidado tremendo que Deus tomou para assegurar e garantir a segurança de Seus filhos em um sentido físico. Aliviou muito o fardo que eu poderia normalmente suportar sobre ansiedades com acidente ou doença física ou algum tipo de perigo, só por saber que os anjos de Deus estão ministrando os cuidados físicos, proteção e orientação dos filhos de Deus.

Agora, descobrimos que eles são seres incríveis. E eu tenho certeza que nunca vamos entendê-los completamente até que o encontremos e então talvez o nosso entendimento será aumentado para realmente ter uma idéia de como eles são. Nós meio que discutimos um pouco na semana passada, e vou pular esse assunto, se os anjos cantam. E Esther Vernon cantou essa canção sobre o canto dos anjos, que foi a música mais comentada das que já foram cantadas nesta igreja. Todos se levantaram aqui depois disso, analisando a teologia da canção. E surge a pergunta? Os anjos cantam? Deixe-me mostrar-lhe algo interessante sobre isso, apenas como ponto de partida dessa noite, Jó capítulo 38 versículo 7, descrevendo nesta seção a criação de Deus, como Ele cria o mundo. O versículo 4 fala sobre Ele lançando os fundamentos da terra e no versículo 5, medindo-os, e assim por diante. O versículo 7 diz que toda esta criação ocorreu quando as estrelas da manhã juntas cantavam e todos os filhos de Deus - e é claro que se refere aos anjos - bradavam de alegria. Então nós sabemos que os anjos cantaram na criação do mundo, na criação do universo. Todas as estrelas da manhã cantaram juntas. Então sabemos que os anjos cantam.

Agora, para dar a você um paralelo, veja Apocalipse capítulo 5 versículo 11. Apocalipse capítulo 5 versículo 11 "Vi e ouvi uma voz de muitos anjos ao redor do trono, dos seres viventes e dos anciãos, cujo número era de milhões de milhões e milhares de milhares, proclamando em grande voz: Digno é o Cordeiro". E aqui os anjos estão proclamando "Digno é o Cordeiro" Agora, a pergunta é. Eles estão cantando? Versículo 9 - voltando "e entoavam novo cântico". Será que os quatro seres viventes, que são anjos, e os vinte e quatro anciãos, eu acredito que são representantes da igreja, e parece que todo o restante dos anjos juntam-se nessa nova canção. Então sim - marque isto - os anjos são vistos cantando duas vezes na Bíblia. Uma vez na criação do mundo, e mais uma vez no retorno de Jesus Cristo. Você sabe o que é particularmente interessante sobre isso? Não há registro algum deles cantando entre essas duas ocorrências. Parece que imediatamente após Deus criar o mundo e o homem ter caído, os anjos perderam sua música. E aquilo que irá restaurar o cântico dos anjos é o retorno de Jesus Cristo e então eles vão cantar novamente.

Agora, nesse meio tempo, enquanto não estão cantando eles estão muito ocupados fazendo outras coisas e nós temos estudado isso. Nós falamos sobre a sua existência, a sua origem, o fato de que eles foram criados seres, sua natureza, que eles são seres espirituais e ainda assim têm uma forma porque eles se movem de um lugar para o outro. Então nós vimos a sua existência, a sua origem, sua natureza e da última vez começamos a ver ministério deles. E nós dissemos que existem quatro categorias de ministério para os anjos. Eles ministram a Deus, eles ministram a Cristo, eles ministram ao crente e eles ministram ao incrédulo. Essas são as quatro categorias as quais ministram os anjos.

Em primeiro lugar, para com Deus, como dissemos, são ministros de adoração e ministros de serviço. Nós vemos os anjos, na Bíblia, apenas em pé ao redor do trono de Deus dizendo "Santo, santo, santo". Louvando a Deus, exaltando a Deus, adorando a Deus. Então vemos eles também servindo a Deus. Deus tem algo para fazer e ele envia seus anjos como mensageiros.

Em segundo lugar, dissemos que os anjos têm um ministério para com Cristo. Vimos os anjos ministrarem a Cristo ao anunciar Seu nascimento. Eles ministraram a Criso bem na época de seu nascimento e durante toda a Sua vida terrena. Ministraram a Ele na Sua tentação, cedo em Sua vida. Mais tarde em Sua ressurreição, assistiram-No em Sua ascensão ao céu e estarão com Ele, quando Ele voltar. Mas dissemos que em toda a vida de Cristo houve um período de tempo em que os anjos não O ajudaram. Você se lembra o que foi? Foi quando ele morreu. E esse foi o momento em que Ele disse "Se eu quisesse eu poderia ter chamado 12 legiões de anjos" mas Ele escolheu não fazer isso a fim de que pudesse morrer por você e por mim. Fora isso, os anjos cuidaram Dele por toda a Sua vida. E eles ainda O servem e Ele vai voltar com eles na Sua segunda vinda.

Em terceiro lugar, no ministério dos anjos, nós começamos a ver o ministério dos anjos para com os crentes, como os anjos ministram a nós como cristãos. E isso foi realmente emocionante. Em Hebreus 1:14, nós o tomamos como uma espécie de versículo básico. Ele diz "enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação". Os anjos são servos enviados para ministrar aos herdeiros da salvação. Que somos nós. Os anjos têm como seu ministério cuidar dos cristãos. Agora isso seria um trabalho de tempo integral. Nenhuma dúvida sobre isso. Deus tem alguns deles extremamente ocupados cuidando de nós. Há algumas indicações de que há certos anjos atribuídos a certos crentes. As pessoas sempre me perguntam "Será que temos um anjo da guarda?" Bom, eu não tenho certeza de que só temos um. Eu prefiro pensar que provavelmente tem um monte deles que estão no comando para nos atender em nossas necessidades.

O que os anjos fazem para o crente? Primeiro de tudo, vimos da última vez - e este é apenas um rápido comentário - eles estão ocupados nos observando. Eles observam a igreja. Lembra que eu disse que eles observam as mulheres para se certificar de que elas estão em submissão? Eles observam o pregador. Eles observam o crente em sua vida. Na verdade Daniel até mesmo chama os anjos pelo nome de "observadores". Em segundo lugar eles revelam a verdade de Deus. Vemo-los nos dias bíblicos, muitas vezes, como agentes pelos quais as Escrituras de Deus são trazidas. Quando Deus escreveu com o dedo no Monte Sinai, na pedra, a lei os anjos em seguida pegaram a lei e a trouxeram a Moisés. Eles são os agentes de entrega da revelação de Deus em muitos casos. Em terceiro lugar, para com os crentes, eles estão ocupados orientando. Vemos em toda a história de Deus os anjos guiando homens de Deus em vários lugares. Um anjo guiou Filipe. Um anjo orientou Cornélio. Um anjo guiou Pedro. Em quarto lugar, eles estão ocupados provendo. Você se lembra quando Elias correu para o deserto e não tinha nada para comer? Um anjo veio e ministrou a ele tocou-lhe e alimentou-o e o nutriu. E assim eles estão observando, revelando, orientando e provendo. E então chegamos a um quinto, e é aqui que começamos esta noite.

O quinto ministério que os anjos têm, como encontramos na Bíblia, voltado para povo crente é o da proteção. Eles estão envolvidos em nos proteger. Eles mantêm o povo de Deus fora do perigo físico. Os anjos estão envolvidos na proteção. Deixe-me dar uma ilustração disso. Abra sua Bíblia em Daniel capítulo 3. Em Daniel 3 - Eu amo essa história, isto é simplesmente fantástico. Nabucodonosor teve um problema de ego – para dizer o mínimo - e ele queria que todos parassem de adorar qualquer outro deus e adorassem a ele. E todo mundo tinha que estar adorando Nabucodonosor, e ele fez uma lei para isso. Bom, houve alguns dentre o povo hebreu que não se importou com isso. E assim eles decidiram que adorariam a Deus. Sadraque, Mesaque e Abede-Nego - você se lembra da história - e eles disseram "Nabucodonosor" versículo 16, "Ó Nabucodonosor, quanto a isto não necessitamos de te responder". Em outras palavras eles disseram, não estamos sequer preocupados com isto. Nós nem sequer temos qualquer ansiedade com todo este negócio, Nabucodonosor. Vamos continuar fazendo o que sempre fizemos.

“Se o nosso Deus, a quem servimos, quer livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo ardente e das tuas mãos, ó rei. Se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a imagem de ouro que levantaste." Bom, Nabucodonosor se encheu de fúria. Ele realmente ficou louco. E eu gosto disso, "A forma de seu rosto mudou." Você sabe o que isso significa? Isso significa que ele franziu o rosto ele estava tão louco. Ah, ele simplesmente ficou furioso. E ele “ordenou que se acendesse a fornalha sete vezes mais do que se costumava." Aqueçam a fornalha, que eles serão jogados dentro. “Ordenou aos homens mais poderosos que estavam no seu exército" - ele estava com medo que houvesse uma luta, então ele recorreu a braços fortes - "que atassem a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego e os lançassem na fornalha de fogo ardente. Então, estes homens foram atados com os seus mantos, suas túnicas e chapéus e suas outras roupas e foram lançados na fornalha sobremaneira acesa. Porque a palavra do rei era urgente e a fornalha estava sobremaneira acesa, as chamas do fogo mataram os homens que lançaram de cima para dentro a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego.”

Os homens que os atiraram dentro da fornalha foram todos queimados até a morte porque o fogo estava muito quente. "Estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, caíram atados dentro da fornalha sobremaneira acesa." Os outros caras estão queimando e eles estão simplesmente lá. "Então, o rei Nabucodonosor se espantou, e se levantou depressa, e disse aos seus conselheiros: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? Responderam ao rei: É verdade, ó rei." Você está certo - três. "Tornou ele e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante a um filho dos deuses." Bom, Nabucodonosor ficou chocado, tanto assim que o versículo 26 diz que, "se chegou Nabucodonosor à porta da fornalha sobremaneira acesa, falou e disse: Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, servos do Deus Altíssimo, saí e vinde! Então, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego saíram do meio do fogo.”

Terrível, não é? "Ajuntaram-se os sátrapas, os prefeitos, os governadores e conselheiros do rei e viram que o fogo não teve poder algum sobre os corpos destes homens; nem foram chamuscados os cabelos da sua cabeça, nem os seus mantos se mudaram, nem cheiro de fogo passara sobre eles." Nada -. absolutamente inalterados. "Falou Nabucodonosor e disse: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, que enviou o seu anjo e livrou os seus servos, que confiaram nele." Você sabe quem era o quarto? Alguns dizem que ele era Jesus Cristo. Com certeza era um anjo - talvez o anjo do Senhor. "Um semelhante ao filho dos deuses" foi o comentário dos pagãos. Um anjo os livrou do meio da fornalha e queimou até à morte as pessoas que tentaram jogá-los dentro.

Deixe-me mostrar-lhe algo mais em Daniel 6. Os anjos ficaram ocupados na vida de Daniel e seus amigos. Desta vez é um rei diferente, Dario, que tem o mesmo problema que Nabucodonosor teve ele, queria que todos o adorassem e a sua religião. Então o versículo 16 de Daniel 6 diz que eles chamaram Daniel, trouxeram e o lançaram na cova dos leões. Bom, o rei mandou fazer isso. "Disse o rei a Daniel: O teu Deus, a quem tu continuamente serves, que ele te livre." Sabe, eu realmente acho que este rei gostava muito de Daniel. E eu acho que ele realmente acreditava no Deus de Daniel, e ele disse: "Não se preocupe com isso Daniel. Eu tive a história do seu Deus relatada para mim e você vai ficar bem. Você vai ser lançado lá e ele vai livrar você." Agora isso é o que é chamado a fé de um pagão, vê? "Foi trazida uma pedra e posta sobre a boca da cova; selou-a o rei com o seu próprio anel e com o dos seus grandes, para que nada se mudasse a respeito de Daniel." E lá está ele na cova. “Então, o rei se dirigiu para o seu palácio"- versículo 18 - "passou a noite em jejum" Não comeu. "e não deixou trazer à sua presença instrumentos de música; e fugiu dele o sono." Ele provavelmente ficou andando de lá pra cá a noite toda, preocupado com Daniel.

"Pela manhã, ao romper do dia, levantou-se o rei e foi com pressa à cova dos leões. Chegando-se ele à cova, chamou por Daniel com voz triste; disse o rei a Daniel: Daniel, servo do Deus vivo! Dar-se-ia o caso que o teu Deus, a quem tu continuamente serves, tenha podido livrar-te dos leões?” Você está aí Daniel? "Então Daniel falou ao rei: Ó rei, vive eternamente! O meu Deus enviou"- o quê? "o seu anjo e fechou a boca aos leões, para que não me fizessem dano". Rapaz, essa é uma história fantástica não é? Como Deus protegeu Daniel? Enviando um anjo - ou anjos, neste caso, talvez.

Os anjos de Deus estão ocupados protegendo os crentes. Veja 2 Reis capítulo 6. E nós aludimos a isso, eu acho que no início do nosso estudo mas vamos olhar para ele novamente. Segundo Reis 6:8. "O rei da Síria fez guerra a Israel" - esse é o versículo 8 - "e, em conselho com os seus oficiais, disse: Em tal e tal lugar, estará o meu acampamento." Então, há uma guerra entre Israel e a Síria, só para estabelecer isso. Versículo 14 "Então, enviou para lá cavalos, carros e fortes tropas; chegaram de noite e cercaram a cidade." "Tendo-se levantado muito cedo o moço do homem de Deus" - versículo 15 - "e saído, eis que tropas, cavalos e carros haviam cercado a cidade; então, o seu moço lhe disse:" este é Eliseu "Ai meu senhor! O que faremos?" Olhe para nós, estamos cercados pelo inimigo, os sírios. E ele disse "Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.” O servo tipo que coçou a cabeça e - "O que você quer dizer com isso?" "Orou Eliseu e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos para que veja. O SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu". O que ele viu? "que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu." Havia todo um exército angelical em volta deles.

Você sabe o que o exército angelical fez? Interessante. Verso 18. "E, como desceram contra ele, orou Eliseu ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. Feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu." Os anjos aparentemente desceram e os feriu com cegueira. Eu não sei se eles fizeram isso assim, de novo, como em Sodoma, no entanto, eles fizeram isso, mas, aparentemente, eles faziam isso com freqüência. Deixaram todos eles cegos e depois os levaram para Samaria onde estariam irremediavelmente fora do território, apenas marcharam com eles para for a de de volta à Samaria. E mais uma vez Deus livrou, Deus protegeu o seu povo. Você diz "Bom, o que dizer no Novo Testamento? Temos ilustrações no Novo Testamento de anjos protegendo o povo de Deus?" Sim. Sem dúvida alguma.

No capítulo 27 de Atos. Agora, você se lembra disso quando nós o estudamos, é um capítulo fantástico. Paulo está no seu caminho para Roma e ele está neste navio e no versículo 14 de Atos 27, diz "Entretanto, não muito depois, desencadeou-se, do lado da ilha, um tufão de vento, chamado Euroaquilão" que é um vento temido no Mediterrâneo - um vento nordeste, se preferir – "e, sendo o navio arrastado com violência, sem poder resistir ao vento, cessamos a manobra e nos fomos deixando levar." Em outras palavras eles deixaram de estar no controle e permitiram que o vento levasse o navio. “Passando sob a proteção de uma ilhota chamada Cauda, a custo conseguimos recolher o bote." Em outras palavras, eles estavam com medo de perder o bote que estava amarrado, e por isso trabalharam muito para mantê-lo firme, e a tempestade estava ficando pior – de modo que "a custo conseguimos recolher o bote" - eles finalmente conseguiram colocar bote a bordo para não perdê-lo - "usaram de todos os meios para cingir o navio". Isto é o que era chamado de amarrar firmemente o navio. Eles jogaram cordas em volta, durante a tempestade, atirando cordas em volta, fixando e apertando com nós, para, literalmente, manter as pranchas juntas, e assim o navio todo não se romperia.

“E temendo"- versículo 17 diz -"que dessem na Sirte" Sirte era um cemitério de navios na costa Norte Africana. Veja, aqui eles estavam na parte norte do Mediterrâneo e este vento nordeste vem soprando, um Euroaquilão, o vento mais temido. Está empurrando eles direto na direção do cemitério de navios para baixo, na costa do norte de África e eles estão tentando segurá-lo todos juntos. "Arriaram os aparelhos" significa literalmente que eles baixaram a engrenagem, baixaram tudo e deixaram ser levados com o vento. "Açoitados severamente pela tormenta, no dia seguinte, já aliviavam o navio.” Eles começaram a atirar a carga para fora. "E, ao terceiro dia, nós mesmos, com as próprias mãos, lançamos ao mar a armação do navio. E, não aparecendo, havia já alguns dias, nem sol nem estrelas, caindo sobre nós grande tempestade, dissipou-se, afinal, toda a esperança de salvamento." No escuro, você vê, sem sol e sem estrelas, não havia nenhuma maneira de navegar e ser conduzido em uma tempestade como esta, eles não tinham idéia do acidente para onde estavam indo.

“Havendo todos estado muito tempo sem comer" - isso é terrível - "Paulo, pondo-se em pé no meio deles, disse: Senhores, na verdade, era preciso terem-me atendido e não partir de Creta, para evitar este dano e perda. Mas, já agora, vos aconselho bom ânimo" – ânimo, homens - "porque nenhuma vida se perderá de entre vós, mas somente o navio." Agora, você descobre isso. Como você receberia essa notícia? "Pessoal, ninguém vai se afogar só vamos perder o navio." Certo. E o que vamos fazer aqui fora sem um navio? Você diz "Como você sabe disso?" Versículo 23 "Porque esta mesma noite" - o quê? - "um anjo de Deus, de quem eu sou e a quem sirvo". E você sabe o que o anjo disse? “Paulo, não temas! É preciso que compareças perante César, e eis que Deus, por sua graça, te deu todos quantos navegam contigo.”

Sabe, enquanto aquele pequeno navio era açoitado no Mediterrâneo por aquele vento, havia uma legião inteira, ou o que seja, de anjos sustentando a tudo e a todos. Deus enviou seus anjos. A incrível história passa a mostrar como eles chegaram a um lugar maravilhoso de desembarque. Eles não podiam acreditar. Em vez de serem levados para o sul eles foram realmente dirigido em direção a seu destino. E eles vieram, todo o navio se desintegrou sobre as rochas, todo mundo caiu nas ondas. Um pouco mais tarde, quando começaram a alcançar a costa, eles verificaram, e cada pessoa solitária estava lá, mas o navio foi totalmente destruído, assim como o anjo havia dito. Os anjos de Deus têm o cuidado de proteger o povo de Deus.

Uma pessoa estava me dizendo uma vez, que eles estavam dirigindo na auto-estrada. E de repente – eles estavam muito cansados, e de repente eles acordaram com um sobressalto e encontraram-se estacionado no lado da estrada. E a explicação foi "Eu não sei como isso aconteceu. Eu adormeci ao volante. A última coisa que me lembro é que estava dirigindo na pista expressa. E depois só me lembro que estava estacionado no acostamento." Você vê? Tem que ser anjos. Da forma como alguns de vocês dirigem, no entanto, deveriam pagar tributo aos anjos. Não adianta dar a eles preocupações desnecessárias. Eles protegem. Sabe, eu penso sobre isso em referência a meus filhos. Você não? Quando percebo que Deus tem Seus anjos que os observam, eu não me preocupo com eles tanto, porque esses anjos podem fazer coisas que eu não poderia fazer se eu estivesse lá. E quando penso sobre aquela experiência que eu contei a vocês, no avião, recentemente, eu não estou muito certo, senão que os anjos não estavam tipo que sob aquelas asas, cuidando dessa coisa.

Tudo bem deixe-me levá-lo para um sexto pensamento, e este é mais ou menos o mesmo, mas um pouco diferente em grau. Os anjos também estão em favor dos crentes livrando-os. E isso não é apenas prevenir de problemas, isso seria manter você fora deles - livrando. Eu amo a história em Atos 5, uma das minhas histórias favoritas em toda a Bíblia porque é mais uma vez a prova do cuidado de Deus para o Seu povo. Bem, veja você, o que acontece é que a igreja primitiva está pregando e está crescendo, e os líderes da comunidade judaica estão ficando muito chateados com a igreja. No versículo 17 o sumo sacerdote, provavelmente Caifás, "Levantando-se, porém, o sumo sacerdote e todos os que estavam com ele, isto é, a seita dos saduceus" - eles eram os ricos - "tomaram-se de inveja". Rapaz eles estavam realmente furiosos com o crescimento dessa nova seita, o cristianismo. Eles ficaram realmente chateados. “prenderam os apóstolos". E como dissemos antes, não era para lhes dar ordens, acredite em mim. "prenderam os apóstolos e os recolheram à prisão pública." Eles jogaram-nos na prisão, a prisão pública, que foi projetada para criminosos.

Agora o que eu amo sobre isto é o versículo seguinte "Mas, de noite, um anjo do Senhor abriu as portas do cárcere e, conduzindo-os para fora, lhes disse: Ide e, apresentando-vos no templo, dizei ao povo todas as palavras desta Vida." Você vê, o que é tão interessante sobre isto é os saduceus eram os que negavam os anjos. É como se Deus dissesse, "Tomem essa, saduceus", enviou um anjo para livrá-los, depois de os saduceus os tinha preso. E este é o tipo de bem ele diz "Tendo ouvido isto, logo ao romper do dia, entraram no templo e ensinavam. Chegando, porém, o sumo sacerdote e os que com ele estavam, convocaram o Sinédrio e todo o senado dos filhos de Israel e mandaram buscá-los no cárcere." Não sabia que eles já estavam no templo pregando. "Mas os guardas, indo, não os acharam no cárcere; e, tendo voltado, relataram, dizendo: Achamos o cárcere fechado com toda a segurança." Essa é uma boa prisão. "Nós fomos lá - tudo trancado.” “e as sentinelas nos seus postos junto às portas." Rapaz, os guardas estavam lá e as trancas eram seguras. O único problema era "a ninguém encontramos dentro." Como é que eles sairam? Sim, o anjo os conduziu para fora.

Os anjos de Deus estão envolvidos no livramento de Seu povo. Isso é emocionante saber. Você nunca pode estar numa situação da qual Deus não possa tirá-lo se é isso que Ele escolhe fazer. Emocionante! Sabe, isso deveria realmente dar ousadia para um missionário. Para entrar em algum lugar onde ele possa estar com um pouco com medo e perceber "Se eu me meter em qualquer tipo de problema aqui e Deus me quiser fora disso, Deus tem todos os Seus anjos a quem chamar para me remover dali.”

Agora, aqui está Pedro em Atos 12 – veja isto - e ele está na prisão novamente por pregar. Atos 12:5, a perseguição está ficando pior, eles mataram Tiago, irmão de João. E agora Pedro está na prisão e oração está sendo feita. Versículo 6, "Quando Herodes estava para apresentá-lo" - Herodes estava para apresentá-lo no dia seguinte, provavelmente para matá-lo - "naquela mesma noite, Pedro dormia entre dois soldados, acorrentado com duas cadeias, e sentinelas à porta guardavam o cárcere." Agora veja só. Ele está em uma prisão de segurança máxima, ele está dentro da prisão, há guardas do lado de fora da porta de sua cela e por dentro ele é acorrentado a dois guardas um em cada braço. Isso é segurança. Veja. “Eis, porém, que sobreveio um anjo do Senhor, e uma luz iluminou a prisão; e, tocando ele o lado de Pedro, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa! Então, as cadeias caíram-lhe das mãos." Os dois guardas dormiam profundamente. O anjo apenas o tocou, as correntes caíram, e o anjo disse: "Cinge-te e calça as sandálias" - coloque seu cinturão e pegue seus sapatos Pedro, vamos embora. "E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Põe a capa e segue-me." Coloque seu casaco, e vamos.

“Então, saindo, o seguia, não sabendo que era real o que se fazia por meio do anjo; parecia-lhe, antes, uma visão." Ele esperava acordar a qualquer momento e estar e estar deitado lá ainda, acorrentado a esses dois guardas. Ele realmente não tinha percebido que era verdade. "Depois de terem passado a primeira e a segunda sentinela, chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade, o qual se lhes abriu automaticamente; e, saindo, enveredaram por uma rua, e logo adiante o anjo se apartou dele. Então, Pedro, caindo em si, disse:" Ele finalmente acordou e percebeu que estava de pé na rua. "Agora, sei, verdadeiramente, que o Senhor enviou o seu anjo e me" - o quê? - "livrou da mão de Herodes." E é claro de lá ele foi para a reunião de oração onde eles estavam orando para ser liberto. E ele bateu na porta e eles vieram até a porta e disseram "Não pode ser você, você está na prisão" e fechou a porta e deixaram-no lá. Grande fé. Certo?

Você vê, um dos ministérios dos anjos é a libertação do povo de Deus. Um paralelo moderno, impressionante, vem da experiência do cristão indiano um famoso cristão indiano com o nome de Sundar Singh. Alguns de vocês devem ter lido sobre ele. Por ordem do chefe lama de uma determinada comunidade tibetana, Sundar Singh foi jogado em um poço seco que tinha uma tampa, justamente com o propósito de jogar nele as pessoas, e ele foi preso e trancafiado. Lá, Sundar Singh foi deixado para morrer. Ele disse que havia muitos ossos e até carne podre, no fundo do poço, de outros que tinham sido colocados lá pelo mesmo motivo. Na terceira noite quando ele tinha clamado a Deus em oração, ele escreveu, ouviu alguém destravar a tampa. E uma voz falou dizendo-lhe para pegar uma corda que tinha sido lançada. Ele fez isso e foi uma alegria encontrar um laço na parte inferior da corda na qual ele poderia colocar o pé, seu braço tinha sido quebrado quando ele foi jogado lá. Ele então foi fortemente puxado para cima, a tampa foi recolocada e trancad,a e quando ele olhou ao redor no escuro para agradecer a seu salvador não havia ninguém.

Quando amanheceu, Singh voltou à cidade em que ele tinha sido preso e começou a pregar novamente. A notícia chegou rápido ao chefe lama que negou que isso pudesse ter acontecido, uma vez que a única chave estava presa em seu próprio cinto.

Como isso aconteceu? Poderia ter sido um dos anjos de Deus. Agora, em casos como este vemos o livramento de Deus. Agora, Deus está ativo fazendo isso. Pense em quão ativo Ele deve ter sido na vida de todas as pessoas em Hebreus capítulo 11. Ou seja, só cuidando dessas pessoas e livrando todas essas pessoas que estão listadas, os heróis, Gideão, Baraque, Sansão, Davi, Samuel - pense em como os anjos devem ter estado ativos naqueles que pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões, apagaram a violência do fogo, escaparam do fio da espada, e et cetera et cetera et cetera et cetera. Pense em como os anjos têm servido o povo de Deus protegendo e livrando ao longo da história. E sabe, os anjos estarão ativos na futura proteção do povo de Deus.

Durante o período de tempo conhecido como a tribulação, depois que o Senhor levar a igreja, Deus tomará 144.000 judeus - de acordo com Apocalipse 7 - 12.000 de cada tribo e os tornará evangelistas. Todo o Israel será salvo, Romanos 11 diz, mas 144.000 deles vão se tornar os evangelistas para pregarem o evangelho. E a fim de se certificar que ninguém ferirá esses evangelistas, Apocalipse 7:1 diz isto, "Depois disto, vi quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra, conservando seguros os quatro ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem sobre árvore alguma.” Agora, observe. "Vi outro anjo que subia do nascente do sol" - subia do leste - "tendo o selo do Deus vivo, e clamou em grande voz aos quatro anjos, aqueles aos quais fora dado fazer dano à terra e ao mar, dizendo: Não danifiqueis nem a terra, nem o mar, nem as árvores, até selarmos na fronte os servos do nosso Deus.”

Aqui vem um anjo e ele os sela. Você sabe por que? Para que não pudessem ser tocados, eles não podiam ser feridos, eles não podiam ser feridos no tempo da tribulação. Eles são os evangelistas de Deus. Eles são missionários de Deus. E o selo angelical preserva-os da morte pelas mãos da besta. É uma marca de identificação, talvez, para os anjos saberem quem são eles, para proteger quando o massacre da tribulação ocorrer.

Mais cedo Paulo citou a você essa bela designação em Isaías 63:9, que descreve como os anjos ajudaram na libertação de Israel do Egito. "Em toda a angústia" - Eu amo isto - "Em toda a angústia deles, foi ele angustiado" Deus olhou para baixo em Israel e toda vez que um israelita era espancado com chicote, durante o processo de fabricação de tijolos, Deus sentiu a dor. Toda vez que um israelita foi esbofeteado no rosto e lançado ao chão, Deus sentiu a dor. Em toda a angústia deles ele foi angustiado. “e o Anjo da sua presença os salvou; pelo seu amor e pela sua compaixão, ele os remiu, os tomou e os conduziu todos os dias da antiguidade." Israel e Egito, e Deus os amou e os tomou em Seus braços, carregou-os e enviou o anjo de Sua presença - que é ninguém menos que o Cristo encarnado, isso é uma teofania - para livrá-los. Deus liberta Seu povo com os seus anjos.

Em sétimo lugar, um sétimo ministério que os anjos têm, é que eles são ativos em responder a oração. Agora eu quero esclarecer isso. Os anjos não respondem a oração; eles simplesmente entregam as respostas. Eles são ativos na entrega de respostas à oração. Por exemplo, acabei de ler para você Atos 12. O anjo que tirou Pedro da prisão, essa passagem começa dizendo, "E havia oração incessante por Pedro." E Deus mandou um anjo em resposta às suas orações. Em Daniel 9, você tem uma coisa muito semelhante a oração, e Deus envia um anjo. Em Daniel 10, você tem novamente a oração e Deus envia um anjo. Em Atos 12, oração pela igreja e Deus envia um anjo. E nós não oramos aos anjos, porque os anjos não têm a independência de exercer a sua própria vontade. Eles são apenas servos. Eles não dão suas própria ordens. Eles não fazem o que querem a qualquer momento. Eles só obedecem a Deus, e a oração que oferecemos a Deus é a única oração que é ouvida. Mas Deus irá ativar os Seus anjos em resposta a essa oração. E eu acho que seria correto dizer "Senhor eu preciso de Teus anjos. Poderia dispoensar alguns? E enviá-los no meu caminho? Para me ajudar a sair deste problema?" Deus respondeu a oração de Sundar Singh que orou por três noites e muito provavelmente um anjo o livrou.

Então o que os anjos fazem para os crentes? Veja, revela a verdade de Deus, guia, provê, protege, livra e traz as respostas à oração. Deixe-me dar-lhe um último. Uma outra coisa que os anjos fazem para os crentes é cuidar deles em sua morte, assistir em sua morte. E nós meio que demos a entender isso, na semana passada, não é? Os anjos ficam ocupados quando você morre.

Reverendo William Kendall morreu em 1 de Fevereiro de 1858. Este mesmo dia, o aniversário de sua morte. Ele morreu com estas palavras dirigidas à sua família "Ora, o céu desceu à terra. Eu vejo os anjos. Eles estão voando por toda a casa." A Sra. Anna Krosen disse que as últimas palavras de sua mãe moribunda foram estas, "Oh Anna eu posso ver os anjos. Você não pode vê-los?" Uma velha carta que eu encontrei dizia assim “Mademoiselle Bernard morreu depois de muito sofrimento. O final foi muito tranquilo e suas últimas palavras foram estas: 'Eu vejo dois anjos vindo para mim.’”

Agora isso é muito empolgante. Venha comigo até Lucas 16 e vamos ver se há apoio para isso na Escritura. Lucas 16 versículo 19 "Ora, havia certo homem rico que se vestia de púrpura e de linho finíssimo e que, todos os dias, se regalava esplendidamente" - homem rico. "Havia também certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas." Lázaro estava sentado lá fora à porta do homem rico, com as feridas escorrendo. E ele era uma pessoa bastante patética, "desejando ser alimentado com as migalhas" isto é, ele queria comer lixo. Ele só andava pelo portão do homem rico para comer lixo do homem rico. Além disso "os cães vinham lamber-lhe as chagas." Agora isso é um personagem muito grosseiro, francamente. Vejam o versículo 22. "E aconteceu que o mendigo morreu." Você diz "Grande coisa." É melhor você acreditar que era um grande negócio. "Esse mendigo foi carregado pelos" - o quê? - "pelos anjos ao seio de Abraão" Aquele homem pode não ter sido significativo a ninguém neste mundo, mas quando ele morreu Deus enviou Seus anjos para levá-lo ao seio de Abraão.

Assim, destas muitas maneiras os anjos ministram aos crentes. Que realidade fantástica, saber que os anjos poderosos ministram em nosso favor. E mesmo no futuro eles ministrarão. Em dias que virão, no futuro, durante o período da tribulação, os anjos irão ministrar aos santos da tribulação, aos cristãos que forem salvos, que forem resgatados durante o período da tribulação, conhecerão o ministério angelical. Quando Jesus voltar Ele diz em Mateus 24:31 "E ele enviará os seus anjos, com grande clangor de trombeta, os quais reunirão os seus escolhidos." Então os anjos vão ser aqueles que reúnem os santos, todos juntos. Os anjos vão ser os que reunirão todos os crentes. E durante o reino durante, durante o reino os anjos vão nos servir novamente. Ele diz em 1 Coríntios 6:2 e 3 que vamos governar no reino. Primeira aos Coríntios 6 - Eu vou ler para você - versículo 2 "Ou não sabeis que os santos hão de julgar o mundo" Versículo 3 "Não sabeis que havemos de julgar os próprios anjos" No reino que virá nós governaremos com Cristo, como co-regentes, como co-herdeiros, e os anjos vão ministrar a nós, os anjos vão nos servir, os anjos vão estar sujeitos a nós. Eles ministram para nós agora; eles vão ministrar a nós no futuro.

Como o crente deve sentir-se em relação aos anjos? Qual deve ser nossa atitude para com eles? Bem, número um, devemos respeitá-los. Afinal eles são servos de Deus e eles são santos. Dois, devemos estimá-los. Bom, eu não sei sobre você, mas eu os estimo mais do que nunca, simplesmente por saber o que eles fazem. Três, eu meio que sinto que devemos seguir o seu exemplo, porque eles adoram a Deus incessantemente e eles incessantemente servem a Deus e nunca há uma pausa em qualquer um desses. Rapaz, isso é um padrão bonito, não é? E enquanto eu posso ser grato e apreciativo, e seguir o seu exemplo, devo acrescentar o seguinte: Nós não podemos adorar anjos pois isso seria pecado. Os anjos não querem a nossa adoração. Ouçam-me. Os anjos adoram a Deus. Eles dão o exemplo para nós, para adorarmos a Deus.

A Escritura proíbe que adoremos anjos. Colossenses 2:18 diz "Ninguém se faça árbitro contra vós outros, pretextando humildade e culto dos anjos." Não deixe que ninguém lhe engane com a adoração aos anjos. Você perderá a sua recompensa. E você sabe, os anjos não quer sua adoração. Eles não querem de forma nenhuma. Em Apocalipse 19:10 João caiu aos pés de um anjo para adorá-lo "E ele me disse 'Olha não faças isso.'" "Levanta-te João. Eu sou teu companheiro -. Adora a Deus." Esse anjo sabia. Anjos não querem adoração. E de novo. "Eu, João" – 22:8 do Apocalipse - "sou quem ouviu e viu estas coisas. E, quando as ouvi e vi, prostrei-me ante os pés do anjo que me mostrou essas coisas, para adorá-lo. Então, ele me disse: Vê, não faças isso; eu sou conservo teu, dos teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus." Duas vezes João fez isso. Duas vezes eles disseram não nos adore.

E assim, os anjos fazem tudo isso para nós e o que eles pedem de nós? Nada - absolutamente nada - exceto que adoremos a Deus. Os anjos são apenas uma extensão do amor de Deus. Eles são apenas uma extensão do cuidado de Deus, apenas uma extensão do poder de Deus, uma extensão da graça de Deus, uma extensão da provisão de Deus. Isso é tudo. E Deus é a glória. Deus é a glória. Não adore anjos; Adore a Deus.

Isso nos leva a uma última categoria apenas brevemente. Anjos ministram a Deus, a Cristo, aos cristãos ou crentes e aos descrentes. O que fazem os anjos para os incrédulos? Como eles operam? Mão única. Uma forma e uma maneira só, a Bíblia define: eles são executores de Deus. Eles estavam envolvidos na destruição desastrosa de Sodoma e Gomorra aquela cidade pecaminosa. Eles ainda foram os executores dos primogênitos. Êxodo 12. Em 2 Reis 19, um anjo matou 185.000 assírios incrédulos em resposta à oração de Ezequiel. Eles são os carrascos de Deus sobre os incrédulos.

Em Atos capítulo 12, encontramos um homem com o nome de Herodes um dos muitos Herodes. Herodes eram uma família de reis. E Herodes estava tão orgulhoso de si mesmo que ele estabeleceu um dia de Herodes. Este foi o dia nacional de Herodes, e ele estava indo para obter a sua glória. Ele estava irritado com o que estava acontecendo politicamente e assim houve algumas políticas nisto. Então, versículo 21 – supunha-se realmente ser o dia de comemoração de César, Cláudio César, mas ele o transformou em o dia de Herodes. “Um certo dia Herodes vestido de púrpura real "- na verdade se você ler Josefo o historiador ele diz vestia-se com prata, estava com o roxo real e em seguida sobre ele tinha um robe prata feita de prata real. Quero dizer ele realmente estava enfeitado para matar. "Ele se sentou no seu trono e ele fez um discurso." Ele realmente se inclinou. Camada sobre camada no anfiteatro cesariano à beira mar, há vestígios de que ainda existe, aplausos, pessoas gritando, quando Herodes se levantou e proferiu seu lengalenga. “e o povo clamava: É voz de um deus, e não de homem!” “Ele não é incrível? Ele é divino este Herodes.”

Mas Deus não estava feliz com ele. "No mesmo instante, um anjo do Senhor o feriu, por ele não haver dado glória a Deus; e, comido de vermes, expirou." Deve ter sido uma cena bastante dramática. Deus enviou o Seu anjo e o feriu e as larvas o consumiram.

Os anjos aparecem nas Escrituras, você vê, em relação aos descrentes de uma única maneira como executores. Por exemplo olhe comigo em Apocalipse por um momento, você pode? A partir do capítulo 6 até o capítulo 19, os anjos de novo e de novo e de novo aparecem como emissários de julgamento.

Capítulo 8, por exemplo, versículo 7, "O primeiro anjo tocou a trombeta, e houve saraiva e fogo de mistura com sangue, e foram atirados à terra. Foi, então, queimada a terça parte da terra, e das árvores, e também toda erva verde" grama verde. "O segundo anjo tocou a trombeta, e uma como que grande montanha ardendo em chamas foi atirada ao mar, cuja terça parte se tornou em sangue." Isto é algum grande meteoro caindo do céu, espatifando-se e poluindo a água. "e morreu a terça parte da criação que tinha vida, existente no mar, e foi destruída a terça parte das embarcações. O terceiro anjo tocou a trombeta" - no versículo 10 - "e uma estrela caiu do céu, e esta atingiu a água fresca a poluiu, e muitos morreram por causa das águas amargas. Um quarto anjo tocou a trombeta e uma terça parte do sol foi atingido, uma terça parte da lua, uma terça parte das estrelas.” E você sabe o que isso fará? Isso irá acabar com o calendário, com as estações, com as marés, tudo um caos. Mais uma vez, disse o anjo - se você acha que isso é ruim, voando pelo céu - no versículo 13 - "Ai! Ai! Ai dos que moram na terra, por causa das restantes vozes da trombeta dos três anjos que ainda têm de tocar!.”

E o capítulo 9 "Um quinto anjo tocou a trombeta e uma estrela caiu do céu, o abismo se abriu e veio para fora todos os demônios" e assim por diante ele vai. E ele só continua assim com os anjos vindo em atos de julgamento, atos de tomar a terra dos ímpios. Terrível, terrível julgamento. Você tem o desdobramento das taças da ira no capítulo 16 enquanto os anjos derramam essa fase final do julgamento que atinge tão dolorosamente. Diz que "O anjo derramou a taça e sobrevieram úlceras malignas e perniciosas" – 16:2 - "caiu sobre os homens." Outro anjo derrama sua taça "no mar, e este se tornou em sangue como de morto, e morreu todo ser vivente que havia no mar." E um terceiro anjo derramou - no versículo 4 - "nos rios e nas fontes das águas, e se tornaram em sangue" e assim por diante. O quarto anjo derrama, no versículo 8 "sobre o sol, e foi-lhe dado queimar os homens com fogo." O quinto anjo derramou sua taça "e os homens remordiam a língua por causa da dor que sentiam" feridas, coisas terríveis que ocorreram fisicamente, e que continuam e continuam assim.

Você vê, os anjos são instrumentos de julgamento de Deus sobre os ímpios. Em 2 Tessalonicenses capítulo 1 versículo 7 diz o seguinte, "e a vós outros, que sois atribulados, alívio juntamente conosco." Um cristão pode descansar, mas ouça o resto "quando do céu se manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder" - fazendo o que? - "em chama de fogo, tomando vingança contra os que não conhecem a Deus e contra os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus. Estes sofrerão penalidade de eterna destruição, banidos da face do Senhor e da glória do seu poder." Chegará o dia em que Jesus Cristo será revelado do céu com seus anjos poderosos, em chamas de fogo, tomando vingança. Os anjos são instrumentos da ira de Deus e Seu julgamento. Para com o incrédulo é isso que os anjos fazem. Os anjos não orientam os incrédulos. Eles não os protegem. Eles não os livra. Eles não os observa. Eles não os entrega, na morte, à presença de Deus. Eles não entregam orações respondidas. Tudo o que fazem é esperar até o momento em que serão enviados para realizar o julgamento.

Em Mateus 13:41 "Mandará o Filho do Homem os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüidade e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes." Isso é o que os anjos fazem. Eles são carrascos de Deus sobre os ímpios, aqueles que rejeitam o adorável Senhor Jesus Cristo. Em Mateus capítulo 25 versículo 41 "Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda" - que são os incrédulos - "Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." E passarão sua eternidade com os anjos caídos, aqueles que se rebelaram contra Deus. E este julgamento vai ser realizado, de acordo com o versículo 31, por meio do Filho do homem e todos os Seus santos anjos. E novamente nós os vemos no papel de execução.

É uma coisa trágica pensar sobre as opções que alguém tem, que ou você recebe o ministério de anjos que é dad aos crentes ou o ministério dos anjos para os incrédulos. Mais cedo ou mais tarde todo mundo vai receber a atenção dos anjos. Certo. E cada um de nós escolhe qual o ministério que receberá: o cuidado dos anjos ou a execução. Se você optar por Jesus Cristo, crer Nele e recebê-Lo como seu Salvador os anjos são seus para lhe observar, revelar, guiar, proteger, prover, livrar, trazer respostas à oração e levar você para o céu. Se você optar por rejeitar Jesus Cristo eles vão lançá-lo no inferno. Eles são os executores de Deus.

Você diz "Bom, se os anjos tivessem uma escolha, o que eles prefeririam fazer?" Ah, eu acho que isso é fácil. Veja Lucas 15. Eu não acho que os anjos gostem do ministério do julgamento, de forma alguma. Ouça Lucas 15:8 "Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma, não acende a candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontrá-la?" Que mulher não procuraria por ela? "E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido." - Versículo 10, veja - "Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante"- de quem? - "dos anjos de Deus por" - o quê? - "um pecador que se arrepende." Qual os anjos preferem fazer? Será que cuidar de você ou ser o carrasco de Deus? Isso é fácil. "há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.” Vamos orar.

Pai, vimos tanto em tão pouco tempo neste estudo para abrir nossos corações e nosso entendimento a esta dimensão particular do Teu cuidado para conosco. E como somos gratos. Como estamos emocionados que Tu enviastes os Teus anjos em nosso favor. Ao mesmo tempo Senhor estamos muito, muito cientes do fato de que há pessoas que não sabem e não experimentam esse maravilhoso ministério dos anjos que é dado para aqueles que são filhos de Deus. A única coisa que realmente experimentam é o terror e o juízo que os anjos trarão no dia da execução. Pai, nós oramos que não haja ninguém em nosso meio, esta noite, que não abriu seu coração a Jesus Cristo, que não reconheceu Jesus como Senhor e Salvador, que os anjos possam ser expedidos imediatamente sob seu cuidado. Que possa haver alegria na presença dos anjos de Deus nesta noite porque algum pecador se arrepende e se volta para Cristo.

Somos tão agradecidos, Pai, que Tua maravilhosa graça tornou possível para nós evitar a execução dos anjos e desfrutar de seus cuidados. Oramos para que ninguém saia esta noite sem experimentar, em primeira mão, esse amor, esse perdão e essa salvação que só Tu podes dar, e a promessa desse cuidado que Teu exército celestial presta para nós. Abençoa-nos ao terminarmos, enquanto compartilhamos juntos os poucos momentos que restam. Em nome de Cristo.

FIM

This sermon series includes the following messages:

Please contact the publisher to obtain copies of this resource.

Publisher Information
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Playlist
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

Donation:
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize