Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Como eu disse no início da nossa comunhão esta manhã, a ceia do Senhor, eu acredito que seja o mais maravilhoso, o mais santo, o mais exclusivo ato de adoração já comprado pelo sangue a igreja de Jesus Cristo pode experimentar. É santo de muitas maneiras. É santo porque é uma memória santa da cruz. O pão fala do Seu corpo e o cálice fala do Seu sangue, e eles apontam para a cruz onde Seu corpo foi crucificado e Seu sangue foi derramado. E por isso é sagrado por causa da sua memória. Mas, mais do que isso, a mesa do Senhor é sagrada porque é uma comunhão presente com o Cristo vivo. Ele nos encontra aqui. O apóstolo Paulo diz "o cálice que bebemos e o pão que partimos, não é o corpo e o sangue do Senhor, Jesus Cristo?" Nós literalmente temos comunhão com ele aqui. E, em terceiro lugar, é sagrado, creio eu, porque Jesus disse em Lucas 22:19 e 20: "Fazei-o". E por isso é sagrado porque é um ato de obediência. E a obediência é uma coisa sagrada e santa.

E assim a mesa do Senhor é especial. Venho à mesa do Senhor sempre que possível. E muitas vezes na minha vida tomei as coisas mais comuns em minha mão, e no meu coração se tornam símbolos do corpo e do sangue de Jesus Cristo porque isso é muito significativo para mim. E, no entanto, quando penso nisso, que muitos raramente ou nunca, por longos períodos de tempo, chegam à mesa do Senhor, assim como há muitos que nunca são obedientes no batismo. E acho que minha abordagem sempre foi boa, talvez eles sejam simplesmente ignorantes, eles não entendem a importância da mesa do Senhor, ou eles não entendem a importância do batismo. Eles não sabem o que é dar um testemunho público em obediência ao ato de batismo. Eles não sabem o que é ter comunhão com Jesus Cristo e o corpo, e celebrar a cruz. Eles são simplesmente ignorantes. E eu acho que eu também disse a mim mesmo: "Talvez eles sejam apenas desobedientes, talvez eles apenas estejam agindo de forma carnal". Mas ultimamente, pensei em outra coisa, e essa é a mensagem que quero compartilhar com você nesta manhã .

Tenho pensado ultimamente que, se alguém não tem desejo de testemunhar no batismo e se alguém não tem comunhão na mesa do Senhor, talvez não seja pelo fato de serem um cristão fraco, talvez seja porque não são cristãos. Pensam que são, mas não são. E você? Você é cristão? Você diz: "Bom, eu sou cristão. Eu creio. Eu tomei uma decisão por Cristo." E acredite, há muitas pessoas que apontam o passado para comprovar o cristianismo ou a salvação. E a Bíblia nunca aponta para o passado; A Bíblia nunca fala sobre uma decisão no passado. Você é realmente um cristão? Você diz: "Bom, eu vim a Jesus. Convidei Jesus para entrar em minha vida." Isso é o suficiente? Deixe-me mostrar-lhe uma coisa. Todos sabemos que o capítulo 11 de Coríntios fala sobre comunhão. Agora, deixe-me apenas lembrá-lo brevemente disso. I Coríntios capítulo 11 no versículo 27. "Por isso, aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor.

Agora isso é bastante forte. Eu vou lhe dizer uma coisa. Você sabe o que é pior do que nunca chegar à mesa do Senhor? chegar à mesa do Senhor quando você não merece estar lá, isso é pior. Porque fazer isso é comer e beber indignamente e ser culpado do corpo e do sangue do Senhor. E assim o versículo 28 diz: "Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice; pois quem come e bebe sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si." É muito sério vir à mesa do Senhor. É sério para um crente vir à mesa do Senhor enquanto desfruta do pecado em sua vida. É sério para um cristão vir à mesa do Senhor, onde ele não se arrepende de tudo e deseje acima de tudo justiça e santidade e se afaste de qualquer pecado conhecido. É sério. Mas o que é ainda mais sério é chegar à mesa do Senhor e beber indignamente porque você não é cristão.

Paulo convoca a um exame em outra passagem, e eu quero que você perceba isso. É o último capítulo de II Coríntios, capítulo 13 no versículo 5, e quero que você note o que diz. Segunda Coríntios 13:5, apenas a primeira frase, "Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé", provar, é o que ele está dizendo, "provem a si mesmos." Você diz a alguém "Você é um cristão?" "Sim". "No que você baseia isso?" "Bom, há tantos anos atrás eu tomei uma decisão." Isso não significa nada. A Bíblia nunca comprova a salvação de ninguém com base no passado. É sempre com base no presente. E se você não tem a prova evidente de salvação real em sua vida agora, há uma possibilidade muito real de que você não é um cristão, não importa o que aconteceu no passado. Então, examine-se, para ver se você está na fé. Prove-se a si mesmo.

Você diz: "John, como faço isso? Como eu sei se sou realmente cristão? Eu acredito que sou." Talvez você tenha sido batizado. "Eu vou à igreja. Eu acho que sou cristão." Veja comigo no capítulo 5 de Mateus e descubra. Quando Jesus entrou cena, os judeus já haviam decidido sobre o estilo de vida era o correto. Eles já haviam construído seu próprio código. Eles já haviam desenvolvido seu próprio sistema, e eles o tinham muito bem definido, que isso era o que era ser santo. E era tudo externo. Era tudo auto justiça e obras.

E Jesus veio e quebrou essa coisa, e Ele disse: "Quero dar-lhe um novo padrão para viver. Quero dar-lhe um novo critério pelo qual você avalia se você é redimido ou não. Quero dizer a vocês como um cidadão do reino realmente vive." Você quer provar a si mesmo. Aqui está a prova. Você pegue a sua vida esta manhã e deixe o Espírito de Deus compará-la com os fatos do sermão do monte e o resultado será um exame, o resultado final será se você é cristão ou não. Aqui está o padrão, e a chave para isso é uma palavra. Agora observe isso. É a palavra justiça. Essa é a chave.

Jesus está dizendo no Sermão do Monte, se você é filho do Rei, se você realmente se converteu, se você realmente pertence a Deus, se você realmente foi redimido, a característica de sua vida será a justiça. E há muitas pessoas que afirmam ser cristãs e você procura por muito tempo para encontrar qualquer justiça em suas vidas. Alguém me disse na semana passada que há uma senhora em nossa igreja que diz que ela é cristã, e desde que ela é cristã, ela viveu com um homem que não é seu marido. E I Coríntios 6 diz: "Os adúlteros não herdam o Reino dos céus." Por quê? Porque esse é um estado constante de injustiça. E a conversão é caracterizada pela justiça.

Veja no versículo 20; este é o versículo-chave de todo o sermão. Capítulo 5, versículo 20. Jesus diz: "Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus". Ouça, eles iam ao templo todos os dias , pagavam os dízimos, eles jejuavam, eles oravam, eram fenômenos religiosos, se você quiser. E Ele diz, eu não me importo com tudo isso, a menos que sua justiça, esse é o requisito mínimo, exceda isso, você nunca entrará em Meu reino. Você vê a justiça é a condição sine qua non; a justiça é a questão; a justiça é aquilo que nos separa como convertidos, e justiça é simplesmente uma palavra longa para viver corretamente, viver sob os padrões de Deus, viver pela definição de Deus.

Em II Timóteo 2:19 diz: "O Senhor conhece os que lhe pertencem". E quem são eles? São aqueles que apartam-se "da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor". Em Tito 1 no versículo 16, ele diz: "No tocante a Deus, professam conhecê-lo; entretanto, o negam por suas obras; é por isso que são abomináveis, desobedientes e reprovados para toda boa obra." Em outras palavras, a profissão de fé não significa nada, a não ser que haja obediência ali, a não ser que haja justiça, a não ser que haja santidade, a não ser que se afaste da iniqüidade. Deus tem todo o direito de esperar isso. E ouvi um colega dizer o outro dia, e ele estava pregando, e ele disse: "Não é maravilhoso que você possa vir a Jesus Cristo e você não precisa mudar nada por dentro ou por fora". Isso é uma mentira do inferno. Melhor haver uma transformação.

Em II Coríntios 5:17 é bem resumido, "E, assim, se alguém está em Cristo, é" o que? - "nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." I João Capítulo 1, versículo 9 diz que os cristãos estão confessando constantemente seus pecados. Ser justo nesse sentido, justiça prática, não significa que você nunca peque. Isso significa que você lida com isso quando o faz. Você confessa, você se afasta disso, você se arrepende disso, você o despreza e odeia isso. Você não gosta disso. Significa ... no capítulo 2, João diz: "Se você realmente me ama, você manterá isso ... você manterá meus mandamentos e, por isso, sabemos que o conhecemos, quando fazemos o que Ele nos manda". Mais adiante capítulo 2, ele diz: "Um verdadeiro crente será aquele que amará seu irmão, aquele que odeia que seu irmão está nas trevas até agora". Além disso, ele diz: "Se alguém ama o mundo, o amor do Pai é não está nele ". E Tiago colocou dessa forma: "Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." Mais adiante, no Capítulo 3, ele diz: " Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus".

Agora, o que estou dizendo? Estou dizendo o seguinte. Deus diz que, se você for realmente salvo, haverá justiça, haverá santidade, haverá uma nova abordagem para a vida. Você cometerá pecado, sim, mas você verá uma frequência decrescente do pecado, e quando o pecado aparecer, você vai desprezá-lo e você o odiará como Paulo, em Romanos 7, e você vai confessar, você vai se afastar dele e você irá arrepende-se e você terá fome e sede pelo que é certo, você obedecerá, você amará seu irmão e odiará o sistema maligno do mundo. É assim que é, se você é realmente salvo. Você não pode dizer "Bom, eu sou um cristão", e sai dançando sua valsa no mesmo caminho antigo em que você estava. Prove, você diz que você é um cristão, prove isso.

Acho que talvez eu não esteja mais contente com apenas dizer se você afirma ser um cristão, você deve ser, e se você tomou uma decisão em algum lugar em uma reunião ou uma conferência, ou você caminhou pelo corredor até à frente, ou entrou em uma sala de perguntas ou alguém levou você através de um pequeno livro, ou seja o que for, tudo bem, você está bem. Eu não acho que esse seja o critério bíblico para a salvação. O critério bíblico para a salvação é o agora, como está a sua vida agora. E acredite em mim, amado, e digo isso com uma dor no meu coração, tenho certeza de que há muitas pessoas, e digo isso, muitas pessoas na Grace Church que não são cristãs. Nós não sabemos isso e talvez elas nem sequer enfrentam isso. Você diz: "Quais são os padrões?"

Vejamos Mateus 5 a 7, Sermão do Monte. Agora, eu quero que você veja os critérios. Jesus se senta e nos ensina os princípios de viver em Seu reino. E aqui é onde começa. "Bem-aventurados os pobres em espírito -" versículo 3 - "porque deles é o reino dos céus". E o grego enfático é indicado aqui. Tão apenas, tão somente, mais ninguém além deles. Em outras palavras, as únicas pessoas que entram no reino são aquelas que estão quebrantadas em seu espírito, aquelas que enfrentam sua falência espiritual, aquelas que se vêem como pecadoras, aquelas que sabem, por dentro, que não podem trazer nada a Deus. Elas são atingidas pela pobreza em termos de seu próprio espírito. Elas não têm nada com que possam contar. Elas não têm esperança para si mesmas, pobres de espírito.

E o resultado é, no versículo 4, "elas choram -" E, novamente, enfaticamente - "e somente elas serão consoladas". As únicas pessoas que de fato receberam a salvação, diz ele, as únicas pessoas que já vieram ao Seu reino, são pessoas que são quebrantadas por seus pecados e que choram por pecado. E então, no versículo 5, são pessoas que são esmagadas na mansidão, elas herdam sozinhas a terra, elas são simplesmente cidadãs do reino. E o resultado de tudo isso quando você está quebrantado em espírito, triste e esmagado pela mansidão, versículo 6, é que você terá fome e sede de justiça e somente eles serão fartos.

Ouça, se você não veio a Jesus Cristo quebrantado sobre seu pecado, se você não veio a Jesus Cristo, literalmente, aniquilado nas profundezas de seu ser sobre sua pecaminosidade, se você não lamentou por sua pecaminosidade, se você não tem fome e sede de justiça mais do que qualquer outra coisa, há uma boa probabilidade de você nem ser um cristão. Esse é o critério que nosso Senhor dá. Em primeiro lugar, Ele diz que haverá uma entrada adequada no reino. É aí que Ele começa o Sermão do Monte. Um cidadão do reino pode ser determinado por seu próprio altruísmo, pelo desprezo de si mesmo, seu próprio senso de inadequação e falência e insignificância.

Há muitas pessoas que vêm a Jesus porque acham que Ele gostaria do que eles têm. Nós também lidamos com isso. Nós dizemos: "Não seria ótimo se tal e tal famoso se tornasse um cristão porque, rapaz, o Senhor poderia ... -" Ele não precisa disso. O que faz você pensar ... você acha que ele precisa de sua capacidade, além de seu poder? Não senhor. Se você não vem a Jesus nos termos Dele, então você não vem de forma alguma. E termos Dele são quebrantamento, choro, mansidão e fome e sede de justiça. E quem são esses cidadãos do reino? Versículo 7. Eles são misericordiosos, são puros de coração, são pacificadores, são perseguidos, são injuriados.

Você quer saber de uma coisa, se você vier a Cristo, quebrantado, contrito, chorando, com fome e sede de justiça, e, aliás, é o único caminho a seguir, não acredito que alguém seja um cristão e que não se arrependa do pecado. Você pode ter tomado uma decisão há anos. Essa não foi sua salvação se não envolvesse isso. E, anos depois, você voltou ao Senhor quebrantou seu pecado, esse foi o momento em que isso se tornou real, esse foi o momento em que você entrou no reino. E você viverá desse jeito o resto de sua vida, amará a justiça e odiará o pecado. Uma das características de um cristão é quando ele despreza essa coisa. Ele odeia isso; não é o que ele quer. É o pecado que nele está que faz isso, e ele odeia. E quando você chegar a esses termos, o Senhor torna você misericordioso, e Ele faz você ter um coração pacificador. E você tenta viver assim no mundo e eles nunca poderão suportar você.

Então, o que acontece? No versículo 10, você é perseguido; verso 11, você é injuriado. Você tem todo tipo de coisas falsamente arquitetadas contra você. Mas está tudo bem, seja feliz. Por quê? Porque você é um cidadão do reino. Agora, a primeira coisa que quero que você veja, então, é que se você é realmente um cristão, você vem nesses termos, chorando pelo pecado. Agora, a segunda coisa, examine-se a si mesmo. Se você é cristão, não somente a entrada do reino será nesta condição, mas seu testemunho também será diferente. E é isso que Ele trata no versículo 13. Você é o sal da terra. E então, no versículo 14, você é a luz do mundo.

Agora ouça o que vou dizer, se você é realmente um cristão, seu testemunho será claramente decisivo e facilmente distinguível do resto do mundo. Isso é o que Ele está dizendo. Você vê o mundo como uma carne em decomposição; está apodrecendo. E você sabe que o sal é um conservante, e estamos aqui no mundo para preservar contra a decadência e a destruição do mundo. É por isso que a tribulação é tão horrível; quando a igreja se for, o sal está fora. E estamos aqui para preservar essa coisa, e nos distinguirmos do mundo. Somos uma agência de preservação no meio de uma civilização decadente e arruinada. E devemos ser um facho de luz em uma colina e devemos ser sal que tem seu sabor. Em outras palavras ele está dizendo que não só você está no caminho certo, mas você vai dar o testemunho que é facilmente e claramente distinguível do resto do mundo.

E o seu testemunho? É muito evidente para todos à sua volta que você é diferente, ou você faz o que todos fazem? Você está agindo de modo correto na vida com todos os outros? Quando você se tornou cristão isso mudou algumas coisas em sua vida? Se não, então nada aconteceu. Nada aconteceu. Nosso Senhor vai além. Ele diz que outra coisa que caracterizará alguém como Seu filho do reino é a obediência. Versículo 17 "Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir”. “Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra. Aquele, pois, que violar um destes mandamentos, posto que dos menores, e assim ensinar aos homens, será considerado mínimo no reino dos céus; aquele, porém, que os observar e ensinar, esse será considerado grande no reino dos céus.” E então ele continua dizendo “se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus”.

O ponto é este. Se você for realmente salvo você será obediente. Você será obediente. Haverá atos de obediência. A lei de Deus será algo que você deseja. Novamente, Romanos 7, Paulo ansiava em fazer a lei de Deus, tinha fome de fazer a lei de Deus, ele se deleitava com a lei de Deus, amava a lei de Deus, embora o pecado sempre estivesse puxando-o. Então examine-se a si mesmo. Você realmente foi salvo? Você veio chorando por seu pecado? Você entrou quebrantado em seu coração maligno? Examine-se a si mesmo. Você é claramente distinguível do resto do mundo? Examine-se. Você está obedecendo a Deus? A grande fome do seu coração é fazer a vontade dele? Ele vai mais longe; Se você realmente foi convertido você pensará diferente. Isso mesmo. Ele fala sobre o pensamento correto no versículo 21 e seguintes. Vocês vêm os judeus fazerem coisas externas. Eles simplesmente não conseguiam lidar com a coisa interna. E assim o Senhor diz a eles "Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; e: Quem matar estará sujeito a julgamento". Mas ele diz, quero dar um passo adiante e levar para o interior e dizer que você não deveria ter pensamentos ruins em seu coração contra ninguém.

Em outras palavras, uma criança do Meu reino não é alguém que simplesmente seja um não-assassino. É alguém que dentro de Seu coração não deseja machucar ninguém e Ele empurra a coisa toda para a dimensão interior. Se você é realmente um filho do reino você terá um coração diferente. Ezequiel 36, o Senhor diz quando você for redimido, "Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne". E além disso ele diz no versículo 27 "Ouvistes que foi dito: Não adulterarás". Mas deixe-me levá-lo para seu interior, você nem deveria desejar. Você não deveria olhar para ninguém desse jeito; você não deveria ter esse tipo de pensamento.

Em outras palavras, um cidadão do reino é diferente. E quando alguém diz: "Bem, eu sou cristão. Eu só tenho problemas nessa área ", e eles continuam a ser adúlteros ou continuam mantendo relações sexuais ilícitas, ou continuam sendo homossexuais, ou continuam em alguma coisa desse tipo, eu sempre vou para I Coríntios 6 e digo que esse tipo de as pessoas não herdam o reino dos céus. Você não veio a Cristo nos termos dele. Você veio nos seus, e eles não conseguem. Até que você esteja quebrantado sobre essas coisas, até que você chore ao ponto de derramar lágrimas ansiando por justiça, você nunca saberá o que é a verdadeira redenção.

Além do pensamento correto, ele diz que, se você é realmente um filho do reino, você terá palavras certas, não só pensamento correto, mas uma conversa correta. E no versículo 33, ele fala sobre isso. Ele continua falando sobre perjurar, e sobre praguejar e que sua comunicação deve ser sim, sim e não, não. Em outras palavras, ele vai sair bem, porque "da abundância do coração", o quê? - "a boca fala". E, assim, nosso Senhor está dizendo: se a sua vida está ansiosa pela justiça, isso resultará em obediência. E a obediência significa que você pensou corretamente, e quando você abre a boca, as palavras corretas sairão. E quando você age, versículo 38, as ações subsequentes serão corretas. Você não irá revidar, em vez disso, você será amável e se alguém lhe pedir um, você lhe dará dois. No versículo 43, você amará seu próximo. E depois, você ainda amará seu inimigo. Você ainda vai amar os cobradores de impostos. Na verdade, no versículo 48, ele diz que esta é a idéia inteira, seja como Deus, Ele ama seus inimigos.

Você vê a questão? Prove-se a si mesmo. Não me diga que você é cristão porque há cinco anos você caminhou para a frente pelo corredor da igreja. Não me diga que você é um cristão porque uma vez que você assinou um cartão. Não tente dizer a Deus que você é um cristão porque foi para a frente em uma reunião, entrou em uma sala de oração, falou com um conselheiro e não diga a você mesmo que é cristão porque algum conselheiro disse que você era um cristão, porque ele também não sabia. O pior que você pode fazer com alguém é falar com eles sobre Cristo e quando eles fizerem uma oração e convidarem verbalmente a Cristo em sua vida, então, fazê-los sentar-se lá e assegurar-lhes que eles são realmente salvos, porque você não tem nenhuma idéia se eles são. Isso é obra do Espírito Santo. Ele é quem concede a segurança. E ele a concede pelo testemunho interno, Romanos 8, e pela exibição externa de obras que o provam, porque a fé sem obras é o que? Morta.

Você sabe que um dos legados que tivemos do tipo de evangelismo que aconteceu em nosso país é que acreditamos que a salvação está ligada a uma decisão. Mas a segurança da salvação não tem nada a ver com a decisão no passado. Isso tem a ver com o que está acontecendo no presente. Jesus colocou isso dessa maneira em João 8, "Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos". É sempre a continuação; está sempre presente. Então, nosso Senhor diz: Se você é realmente um filho do reino, você vem da maneira certa, chorando pelo pecado, e sua vida é totalmente diferente, distinguível do mundo. E você se caracteriza pela obediência, pelo pensamento correto, conversa correta, pelo comportamento correto.

Ele vai ainda mais longe. Os motivos corretos, o tipo certo de expressão religiosa. O tipo certo de adoração como podemos chamar isso. Quando você adora a Deus, no capítulo 6, é real, não é como os hipócritas que tocam uma trombeta e vêm, oram para fazem um desfile. Ele fala sobre os hipócritas cuja religião é falsa. A sua é real e, quando você ora, ora corretamente. Você ora, Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome. Ele está dizendo se algo realmente mudou em sua vida, sua religião não é falsa. É real. Suas orações não são como as orações dos hipócritas; são orações verdadeiras. E seu jejum não é um jejum para exibição pública. É um jejum reservado que ninguém nunca sabe a respeito.

Então ele diz, você obedece, você tem pensamentos corretos, palavras certas, atos corretos, adoração certa e relações corretas também. Você não vai amar o dinheiro, versículo 19 do capítulo 6, e eu estou apenas falando para você da coisa toda aqui. Ele diz que você não vai acumular para si tesouros na terra. Você não vai ficar pendurado em servir ao dinheiro, porque você não pode servir a Deus e ao dinheiro. Não diga que você é um servo de Deus quando toda a sua vida está inclinada a ganhar dinheiro. Esses dois são incompatíveis. Você está tentando ser um amigo do mundo e um amigo de Deus, e você não pode fazer isso. Se você é amigo do mundo, você é o inimigo de Deus. Se você ama o mundo, o amor do Pai não está em você. Ele está dizendo que os cidadãos do meu reino têm uma relação correta com o dinheiro.

Então, no versículo 25 a 34, ele diz, no Capítulo 6, eles têm uma relação correta com as coisas materiais. Eles nem sempre estão preocupados com o que eles vestem ou com o que eles comem ou onde devem dormir porque sabem que Deus cuidará disso. Deus lida com tudo isso. Versículo 31, "Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas". Se você é filho de Meu reino, você sabe que Deus, o Pai, cuida disso. E assim você tem uma relação correta com o dinheiro e com as coisas materiais, e você tem até mesmo uma relação correta com as pessoas, diz o Capítulo 7. Você não se apressa em julgar mal as pessoas. Você não sairia por aí dando uma de piedoso quando tem problemas na sua própria vida. Então você vê que o Senhor está realmente estabelecendo algumas coisas básicas, não é mesmo?

Ele está dizendo que você quer saber se você é cristão. Como você veio a Cristo? Você veio apenas dizendo: "Ei, Jesus, se você pode me dar uma vida feliz, eu vou aceitar." Como você gostaria de ter uma vida feliz? Como você gostaria de ter uma vida abundante? Tenho um plano maravilhoso para a sua vida. Quer saber de uma coisa? Deus tem um plano terrível, miserável e horrível para a sua vida, fora de Cristo, e você só vem a Ele nos termos dele, e não nos seus. Então você é quebrantado e contrito, quebrado por sua pecaminosidade, e Ele o transforma imediatamente e dá um novo coração e você se torna diferente. Você é sal e você é luz e você está em uma colina e o mundo pode vê-lo, e você é distinguível se você é realmente um cristão. E sua vida é caracterizada por uma fome de justiça, o que significa que você vai querer obedecer mais do que qualquer outra coisa. E isso resultará no pensamento correto, na conversa correta, na atuação correta, no tipo certo de adoração e no tipo certo de relacionamentos. E sabe, imediatamente alguém diz: "Bom, quem pode viver assim?" Bom. Estou feliz que você tenha chegado a esse ponto. Porque você não pode. Quer saber de uma coisa? Isso tudo é impossível.

Eu posso ilustrar isso ao olhar para Mateus 19. Mateus 19, versículo 23, Jesus acabou de falar com o rico, o jovem governante rico, disse-lhe para vender tudo o que tinha e distribuir aos pobres e, em então, viesse e O seguisse. E o jovem rico amou seu dinheiro mais do que amou Jesus, então ele pegou seu dinheiro e se foi. Agora observe o que Jesus diz. "Em verdade vos digo que um rico dificilmente entrará no reino dos céus. E ainda vos digo" agora ouça esta declaração "que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus". Agora, deixe-me perguntar-lhe algo, pode um camelo atravessar o fundo de uma agulha? Você diz: "Bom,, você não entende, essa é a porta da agulha." Essa não é a porta da agulha. Isso é exatamente o que isso significa. É mais fácil para um camelo atravessar o fundo de uma agulha do que um homem rico ser salvo.

Você diz: "Isso é impossível." É exatamente isso que o Senhor esperava que você dissesse. Versículo 25: "Ouvindo isto, os discípulos ficaram grandemente maravilhados" Agora, se ele estivesse falando sobre um portão de agulha, eles não ficariam maravilhados - "e disseram: Sendo assim, quem pode ser salvo?" Eles sabiam que Ele estava dizendo que um homem rico não pode ser salvo. Foi o que ele disse. Jesus os viu e disse-lhes: Eu acho que vocês entenderam a mensagem, rapazes: "Isto é ..." o que? - "impossível aos homens". Com Deus tudo é possível.

O que ele estava dizendo? Só isso. O padrão é impossível. Ninguém, em tempo algum poderia ser salvo, mas com Deus é possível. Você vê o que Ele está tentando dizer. Não temos os recursos por conta própria. Não podemos fazê-lo. E é por isso que você deve estar pronto para remover esse fardo e se lançar na misericórdia de Deus, e o homem rico não estava disposto a fazê-lo. Ele estava disposto a subir no vagão religioso carregando sua bagagem de materialismo, e ele não conseguiu continuar com isso. Era como tentar atravessar o fundo de uma agulha com um camelo com córcova, Impossível. Esse é o ponto principal. A única maneira em que alguém entra no reino é quando ele percebe que não pode, e se desnuda e volta para Mateus 5:3, quebrantado de espírito, chorando e com fome e sede de uma justiça que é absolutamente impossível para ele alcançar .

Você diz: "Mas, a maioria das pessoas não quer atender a essas condições." Você está certo. A maioria das pessoas quer ir para o céu da maneira deles. Então eles querem continuar com todas as suas tralhas. Eles são como um sujeito indo em uma viagem com quatro malas. Elas são o mundanismo, o pecado, Satanás e ele mesmo, e eles querem entrar. E eles estão dizendo: "Jesus, eu quero a felicidade que você vai me dar. Quero dizer fora do inferno. Aqui estou." Há uma estrada para eles, aliás, volte para Mateus 7:13 e deixe-me mostrar-lhe. Mateus 7:13. Agora, você vê os discípulos neste momento, juntamente com a multidão, provavelmente estão dizendo para si mesmos: "Rapaz, com esses padrões, quem vai entrar? Quem é salvo? Quem se qualifica? Ouça isso: "Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição". E veja isso. "e são muitos os que entram por ela)." Por quê? Você pode entrar com toda a sua bagagem; é um portão largo. Essa coisa enorme, você simplesmente passa com todo o lixo que deseja lá. Todas as suas obras e auto justiça, e "Vou fazer isso do meu jeito, e eu quero Jesus, mas eu quero as outras coisas também".

Como o sujeito que estava dizendo que ele era um cantor em Las Vegas. E então ele foi salvo, e ele continuou sendo cantor em Las Vegas. Parece-me que você está tentando entrar no portão estreito com uma pilha de bagagens. Você sabe que o portão estreito e o portão largo são diferentes nesse sentido. Versículo 14, "porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela." Ouça, é um caminho difícil. E a palavra significa literalmente um caminho comprimido. Você não pode fazer malabarismos com esse lixo desse jeito. Em primeiro lugar, você não pode atravessar o portão estreito. Você já tentou passar com quatro malas por uma catraca? Não dá pra fazer isso. Não pode ser feito, veja. Você não pode entrar dessa maneira. Você deve deixar todo o lixo, você deve entrar desnudado e nu.

Agora eu quero que você perceba alguma coisa. O caminho largo que vai para a destruição não é o caminho para o inferno, não. Pessoal ... não são pessoas empilhadas no caminho do inferno. Este é o caminho para o céu, só que é a estrada errada. Eles pensam que vai para o céu. Todos estão entrando na estrada de Jesus. Esta é a estrada mais ampla. Você não precisa deixar nada, você não precisa viver diferente, você não precisa pensar diferente, você não precisa fazer nada. Tudo o que você precisa fazer é dizer que tomei uma decisão. Ou fui batizado, caminhei pelo corredor da igreja, fui para a frente, eu assinei um cartão quando eu era criança. Minha mãe me ajudou. E você pode obter todo o seu lixo e pilha certinhos. A única coisa é que é uma estrada ampla que leva à destruição. A parte triste é muitos deles, muitos. E estreito é o portão, e a única maneira que você pode conseguir é deixando seu pecado, Satanás, eu e o mundo. E estreito ou apertado é o caminho que leva à vida, e poucos há que o encontrem.

Ouça. Na Grace Church existem esses poucos, mas também existem os muitos, aqueles que estão na estrada errada. Você está naquela estrada e você tem todo o seu mundanismo, toda sua autojustiça, todo esse outro lixo. Você nunca cortou o cordão com o mundo, nunca cortou o cordão com seu estilo de vida maligno, nunca mudou sua própria abordagem de autojustiça para com Deus. Você ainda acha que são as boas obras e você vai conseguir. E eu direi que você está no caminho largo e você virá algum dia para o portal do céu, e, como John Bunyan diz, "para descobrir que há uma entrada para o inferno dos portais do céu". E você quer saber de uma coisa? Muitas pessoas ficam assim porque é fácil, e há muitas pessoas que vendem ingressos para ela. Você sabe disso?

Na verdade, fala sobre eles na seção seguinte. "Acautelai-vos dos falsos profetas", diz o versículo 15. O que eles estão fazendo? Eles estão tentando levá-lo para o caminho largo. Eles estão tentando levá-lo da maneira mais fácil. Você não precisa mudar nada. Apenas pule e leve Jesus, vê. Mas você sabe o que vai acontecer quando chegar ao fim dessa estrada? O versículo 21 nos diz. "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?" Você vê isso, isto é, toda a multidão, na estrada, no caminho largo, você vê a palavra "muitos" no versículo 13. Muitos estão assim. E então, no versículo 22, e quando os muitos finalmente chegaram, eles dizem: "Senhor, Senhor, não fizemos todas essas coisas?

Nós somos o grupo da igreja lá embaixo, Senhor, estávamos envolvidos no ministério de libertação. Estávamos pregando. Fizemos trabalhos maravilhosos." "Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade". Eles vão dizer, "Senhor, Senhor". Você vê que haverá muitas pessoas que não descobriram até o final que estavam na estrada errada. E acho que é por isso que estou lhe dizendo o que estou lhe dizendo. Você não pode fazer isso. Quer dizer, não se acalme para dormir. Poucos a encontram porque poucos estavam dispostos a seguir os termos de Deus, vê?. E então Ele dá uma ilustração para fechar.

Agora, se você quer saber como isso funciona, ele diz, deixe-me contar uma história sobre um homem sábio, versículo 24, que construiu sua casa sobre uma rocha. "e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha". Agora há um sujeito que veio nos termos de Deus, e ele estava sobre a rocha e ele construiu sua casa. Ele construiu essa casa sobre a rocha e ela permaneceu de pé, versículo 26: "E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica," isto é a desobediência, "será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia.”

Ouça, esse sujeito construiu uma casa tão bonita. Rapaz, sua religião parecia ótima. Ótimas laterais, grandes janelas, grandes paredes, o telhado super, uma fabulosa casa religiosa. "Ah, nós profetizamos e expulsamos demônios. Nós fizemos e acontecemos ... Ah Senhor, Senhor veja o que fizemos". A única coisa é que ele nunca entrou nos termos de Deus, então o fundamento era areia, e quando a chuva caiu e as enchentes surgiram e os ventos sopraram e bateram na casa, ela caiu e grande foi a sua ruína. Você vê o que Ele está dizendo. Que desastre, chegar ao momento do julgamento e despertar subtamente para a única coisa que lhe espera que é o Inferno, porque você nunca chegou nos termos de Deus. E, então, repito a vocês, amados, examinem-se, se vocês estão na fé; provem-se. Estas são as condições de Deus.

Vamos inclinar nossas cabeças. Lembro-me das palavras de Isaac Watts: "Quão desamparada a natureza culpada repousa, inconsciente de sua carga; O coração inalterado nunca pode ascender à felicidade e a Deus. A vontade perversa, as paixões cegas nos caminhos da ruína se afastarão, Razão degradada nunca pode encontrar o caminho estreito e seguro. Pode estar debaixo de um poder Divino, a que o teimoso subjugará: 'Cabe a Ti, Todo-poderoso Salvador,a Ti, formar o coração de novo. Muda esses miseráveis corações nossos e dá-lhes a vida divina, então nossas paixões e nossos poderes, Senhor Todo-Poderoso, sejam Teus".

Pai, nós pedimos que você nos transforme. Para quem está em nosso meio esta manhã, que está contando com uma salvação que é inválida, que eles sejam abalados por essa confiança. Destrua tal segurança. Mova-os para o lugar da confissão, para que eles venha nos Teus termos, dizendo adeus ao eu e ao pecado, a Satanás e ao mundo, para abraçarem a Tua santidade, sem a qual nenhum homem a verá. Então, Pai, acolhe-nos com Tua graça e misericórdia. Obrigado pelo nosso tempo de adoração hoje. Estamos ansiosos para compartilhar novamente esta noite na alegria do testemunho daqueles que receberam um novo coração. Oramos em nome de Cristo. E todos disseram Amém.

FIM

This sermon series includes the following messages:

Please contact the publisher to obtain copies of this resource.

Publisher Information
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Playlist
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

Donation:
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize