Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Veja comigo Efésios, capítulo 6. Novamente nesta manhã, eu não vou continuar a nossa série em Efésios simplesmente porque nós simplesmente vamos dar uma pequena pausa nas próximas semanas. Eu não quero começar o capítulo 6, versículo 10 em diante até que nós possamos fazer isso como uma unidade. Ela é a parte da armadura do Cristão, merecendo a nossa atenção concentrada. Ao invés de começarmos, pararmos e voltarmos para ela novamente, eu prefiro esperar até a Páscoa passar e então nós podemos entrar nela com todos os nossos esforços.

Assim, nesta manhã, eu quero usar Efésios 6:10 ao 12, que é o nosso próximo texto, apenas como um ponto de partida para alguns pensamentos que eu penso serem essenciais para nós hoje. Uma vez por ano, eu tenho essa sensação de que eu preciso falar especificamente sobre questões que envolvem o futuro da Igreja Grace. Esse texto, conforme eu estava lendo e orando a respeito do que o Senhor gostaria que eu compartilhasse com vocês nesta semana, estabeleceu o tom para mim. Você perceberá no versículo 10 de Efésios 6, que é o próximo texto do nosso estudo, “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”. Nós pararemos por aqui.

Eu estava lendo e dizendo a mim mesmo que essa é realmente a forma de terminar o livro de Efésios porque o que o apóstolo Paulo está dizendo é: se você é um verdadeiro Cristão, como está definido no capítulo 1, capítulo 2 e capítulo 3, e se você está vivendo de acordo com o que está definido nos capítulo 4, 5 e 6, então você pode ter certeza de uma coisa: você vai se deparar com o inimigo. É impossível viver da forma que Efésios esboça sem ter conflito com Satanás. É impossível.

É por isso que ao dizer tudo isso, ele diz, “a última coisa que você precisa saber é que você tem que ser forte. Você precisa colocar a armadura de Deus porque você está em uma guerra espiritual”. É uma guerra. Eu me lembro quando eu vim pela primeira vez na Igreja Grace, me sentindo como se eu estivesse na lua de mel. Após alguns anos, eu sentia como que se não houvesse tanta aventura. Parecia mais trabalho. Eu tinha que produzir todos esses sermões, prega-los no domingo e começar tudo de novo na Segunda. Como eu não tinha nada guardado, eu estava falando para vocês tudo o que eu sabia. Eu estava me apressando para me manter em pé, e aquilo era trabalho.

A alguns anos atrás, eu acordei e percebi que isso não era uma lua de mel e nem um trabalho. Isso é uma guerra. Nós estamos em uma batalha. É uma guerra. É essencialmente isso que Paulo está dizendo aqui. Se nós estamos, como Efésios 4:1 diz, “andando de modo digno da vocação que fomos chamados”. Se nós estamos andando em humildade e unidade, e não em vaidade da nossa mente como os Gentios. Se nós estamos nos revestindo do novo homem. Se nós estamos andando em amor; não em cobiça. Se nós não estamos embriagados com vinhos mas cheios do Espírito.

Se nós não estamos cantando as canções do mundo mas os salmos, hinos e canções espirituais; se ao invés de sermos orgulhosos e individualistas, nós estamos nos submetendo uns aos outros; se nós estamos nos submetendo como esposas devem aos seus maridos como ao Senhor; se os maridos estão amando as suas esposas como Cristo amou a igreja; se as crianças estão obedecendo os seus pais e se os pais estão cuidando e criando os seus filhos nas coisas de Deus; se os empregados e os patrões têm um relacionamento bíblico, com um impacto cheio do Espírito, então, acredite em mim, nós iremos contra o sistema. Nós iremos contra a maré.

É exatamente isso que está acontecendo em nossa sociedade. Eu recebi uma ligação nesta semana da rede de televisão CBS. Eles gostariam que eu fosse lá por uma hora e debatesse com uma mulher feminista da Organização Nacional das Mulheres. Nós estamos ficando conhecidos no mundo. Não apenas pelas coisas que nós acreditamos mas pelas coisas que as pessoas acham que nós acreditamos. Eu tenho recebido trechos praticamente todos os dias de alguém do país que separou um artigo a respeito de nossa igreja, interpretando errado o que nós somos ou o que nós estamos tentando dizer de uma forma ou outra, preocupados se eu estou ficando louco.

Porém, o ponto que eu estou fazendo é que nós começamos a nos posicionarmos contra algumas coisas no mundo. Nós sempre fizemos isso. Isso porque o nosso tamanho, o nosso impacto e as grandiosas bênçãos de Deus fizeram com que tudo isso se tornasse algo que o mundo não pode mais ignorar. Assim, nós estamos começando a criar ondas no mundo. Isso é algo animador, mas pode acreditar, quando Deus começa a abençoar a igreja, Satanás começa a atacar a mesma igreja. Se você acha que você veio para a Grace aqui para se estabilizar em seu ninho aqui, em algum lugar, ficando bem confortável, você está errado. Eu penso que nós estamos prestes a sermos testados, talvez de uma forma que nós nunca fomos testados antes.

A Bíblia fala a respeito do crente sendo um soldado. Eu penso que isso está certo. Paulo disse a Timóteo, “como soldados que toleram durezas”; isso significa “sofrer”. Eu realmente sinto que pelo fato de Deus nos abençoar, ele está requerindo muito mais de nós. Você sabe que o mundo presta atenção nesta igreja. Isso é incrível para mim. Eu recebo correspondência todos os dias de países estrangeiros, de pastores de todo país que você possa imaginar nesse globo. Eu recebo cartas regulares de pastores que estão em lugares obscuros na Índia, em lugares em outras partes do Oriente, da Europa, da América do Sul, da África do Sul, da parte principal da África, da Nova Zelândia e da Austrália.

E isso continua e continua, dizendo, “nos diz o que você está fazendo na sua igreja. Como e por que Deus está abençoando? “ Então eu vejo não apenas os olhos dos pastores e das igrejas do mundo, mas também os olhos da mídia, das pessoas que estão nos vendo, do mundo não regenerado prestando atenção em nós. E Deus está fazendo algo maravilhoso; e eu confio e oro para que isso seja para a Sua glória. Porém, todas as vezes que isso começa a acontecer, nós precisamos ser avisados.

Eu penso no apóstolo Paulo, na mesma cidade de Éfeso. Ele foi para Éfeso e coisas incríveis aconteceram. Eu foi para a cidade e começou a pregar a Palavra de Deus na sinagoga, “e alguns endureceram os seus corações”, ele diz em Atos 19, “mas outros creram e os que creram deram ouvidos a ele”. Ele ensinou ali, mas finalmente, os outros que eram antagônicos àquilo o expulsaram da sinagoga. Então, ele foi para a escola de Tirano, e ficou ensinando ali por dois anos, todos os dias, provavelmente da uma da tarde até as cinco por dois anos inteiros. O texto diz que grandes coisas aconteceram, milagres foram feitos pelas mãos do apóstolo Paulo, e as pessoas que estavam envolvidas em incríveis cultos de magia começaram a queimar os seus livros de magia. Houve uma revolução.

Os rapazes que venderam os pequenos deuses de prata que faziam parte do comércio não poderiam mais fazer isso. As pessoas estavam se tornando iconoclastas. Elas estavam destruindo os seus ídolos e a cidade estava em um grande caos, com Atos 19 dizendo “a palavra de Deus crescia poderosamente e prevalecia”. Aquela grande igreja de Éfeso que foi fundada por Paulo, sendo guiada por Aquila e Priscila e finalmente por Timóteo e Apolo, conhecia os melhores homens, as melhores circunstâncias e a maior história. Mesmo assim, quando eles começaram a se moverem, Satanás começou a atacar, e ele começou a atacar de uma forma muito sutil pois esse sempre é o seu plano.

Você sabe que eu acredito em Efésios 3:20, “Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja”. Eu creio que Ele deseja glória na sua igreja e eu creio que ele recebe glória ao permitir que a igreja, através do seu poder, faça coisas além do que nós podemos sonhar, e eu penso que Deus deseja que nós caminhemos além de onde nós estamos agora. Eu penso que nós estamos apenas começando a ver o que Deus faria quando um grupo de pessoas é completamente comprometido a andar o caminho digno de andar, quando um grupo de pessoas está completamente comprometido a viver o tipo de vida que Efésios 4, 5 e 6 pede.

No entanto, assim que isso começa, Satanás se opõem a isso. Nós vemos isso em todo o nosso redor. Você volta para o Antigo Testamento, por exemplo, e você vê Deus enviando o seu anjo em Daniel, capítulo 10, e um demônio impedindo que o anjo cumpra o seu propósito divino. Deus então precisou despachar um anjo maior, um anjo mais forte para acabar com o demônio e enviar o seu anjo no seu caminho. Você verá em Judas 9, Miguel, o arcanjo, em uma luta contra Satanás a respeito da posse do corpo de Moisés. Satanás está tentando impedir Miguel de tomar o corpo de Moisés para Deus.

Portanto, existe uma luta espiritual grandiosa e nós estamos envolvidos nisso. Efésios 6:12, “Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”. Assim, nós estamos engajados neste tremendo conflito, e é por isso que eu digo que é uma guerra. Eu penso que o cristianismo americano se tornou muito presunçoso, contente e quase subcultural; ao invés de confrontar, nós temos caminhado com o sistema, tentando acomoda-lo. Nós acreditamos que nós podemos ganha-los nos tornando como eles.

Porém, o oposto é verdade. Nós precisamos ir contra o sistema. Bom, nós precisamos estarmos cientes do fato de que Satanás irá atacar. Tiago, capítulo 4, diz, “resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. 1 Pedro, capítulo 5, versículos 8 e 9, Pedro diz, “sede sóbrios e sede vigilantes”. Por que? “O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo”. Em outras palavras, Satanás estará lá. Resiste-lhe. Seja sóbrio. Seja vigilante. Preste atenção. Preste atenção e saiba o que ele está fazendo.

2 Coríntios 2:11 diz, “para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios”. Em Atos, capítulo 20, Paulo estava conversando com aqueles mesmos líderes da igreja de Éfeso, e ele disse o seguinte, “Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles”. Então ele diz, “Eu sei tão bem como eu sei meu nome. Eu sei tão bem como eu sei que o sol irá nascer amanhã que, assim que eu sair, virão lobos de fora e falsos mestres de dentro”. “Portanto”, versículo 31 de Atos 20, “por três anos, noite e dia, não cessei de admoestar, com lágrimas, a cada um”, ele diz. Parte do ministério é um ministério de admoestação.

Quando Deus tem nos abençoado como ele tem feito, quando Deus tem multiplicado a sua audiência como ele tem feito, e Deus está nos usando para criar um caminho nesse mundo mal, então, acredite em mim, Satanás virá atrás de nós, e nós precisamos estar prontos, e nós precisamos colocar a armadura, mas primeiro, nós precisamos entender o seu ataque. Nós precisamos entender a sua estratégia. Nós não queremos ser ignorantes das suas maquinações.

Como que Satanás nos ataca? Bom, para responder isso, eu gostaria que você fosse para Apocalipse, capítulo 1. Teve algo interessante que aconteceu comigo certa vez. Eu entrei em um quarto. Eu fui chamado para onde uma garota estava cheia de demônios, e eles tinham diferentes vozes. Eles usaram a boca dela para falar, mas a voz não era dela. Foi algo incrível porque havia algo terrível acontecendo naquele quarto e essa garota jogou uma mesa e estava arranhando e quebrando um monte de coisa.

Quando eu entrei pela porta, de repente, ela bateu na cadeira e olhou para mim com um olhar neurótico. Com uma voz que não era dela, pois eu conhecia a voz dela, a voz disse, “Tira ele daqui. Ele não. Tira ele daqui”. A minha reação foi de animo, porque eu estava feliz em saber que aqueles demônios sabiam do lado de quem que eu estava. Eles sabem. Acredite em mim.

Eles me conhecem. Eles conhecem esta igreja e eles sabem o que Deus está fazendo aqui. Eles buscarão parar isso; e a forma que eles buscarão impedir isso ou tentar impedir isso é através de você porque a igreja é apenas uma coleção de links como uma corrente e somente tão forte como o seu link mais fraco. Satanás irá atacar. Como que ele ataca? Eu acredito que o Senhor nos mostra isso nas cartas de Apocalipse 2 e 3.

Eu creio nas cartas às igrejas, as sete igrejas da Ásia Menor, a primeiro que é Éfeso, e então a outras que nasceram literalmente da igreja de Éfeso. As outras seis também são da Ásia Menor. Eu creio que o Senhor nos dá um insight de como Satanás ataca a igreja, e pelo menos uma vez por ano eu gosto de avisar a igreja nesse sentido.

Agora, vamos estabelecer a cena ao olharmos para Apocalipse, capítulo 1, versículo 9. John, o amado apóstolo está na ilha de Pátmos; ele foi exilado por causa de sua fé, e é aqui que Deus lhe dá as maravilhosas visões e nestas visões ele vê o que Deus quer revelar a respeito de sua igreja. Agora, você notará no versículo 10 que João diz, “Eu estava em espírito”, e com isso eu penso que ele quer dizer que ele está em uma posição de receber revelação do Espírito “no dia do Senhor”. Isso seria no Domingo. “E ouvi por detrás de mim, grande voz, como d trombeta, dizendo Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último; o que vês escreve em livro e manda às sete igrejas na Ásia” – Ásia Menor. “Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia”.

Agra, o Senhor tem uma palavra para estas sete igrejas. O mais interessante é que estas são sete igrejas históricas e reais, porém elas também são protótipos de igrejas que existem nem todos os períodos da história da igreja, porque cada uma delas tem uma característica específica pela qual o Senhor fala. Existem igrejas em todas as eras, incluindo hoje, que poderiam ser classificadas como igrejas de Éfeso, igrejas de Esmirna, igrejas de Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia ou igrejas de Laodicéia. Assim, elas não são apenas igrejas históricas, embora elas sejam isso, mas elas apresentam para nós um protótipo para outros períodos da história.

Agora, note a cena no versículo 12. “Voltei-me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete candeeiros de ouro”. O que são os sete candeeiros de ouro? O versículo 20 te diz no final que os sete candeeiros de ouro são as sete igrejas. Portanto, aqui está a visão de João. Ele vê um candeeiro que simboliza cada uma das igrejas e o candeeiro está incandescente, aceso. A igreja é para ser a luz do mundo, não é? Ela deve ser o lugar que brilha na escuridão. Assim, aqui elas estão, as sete igrejas da Ásia Menor, cada uma sendo representadas por um candeeiro.

No meio dos sete candeeiros “um semelhante a filho de homem”. Esse é Jesus Cristo, e ele está se movendo em sua igreja, ele está se movendo através da igreja. Ele está vestido com uma roupa até o pé. Além disso, veste como essa era usadas por sacerdotes, profetas e reis; assim, a consumação de todos esses elementos em Cristo. Ele estava cingido à altura do peito com uma cinta de ouro. “A sua cabeça e cabelos eram brancos como alva lã” – falando a respeito de sua santidade e sua pureza – “os olhos, como chama de fogo”, buscando e penetrando.

Assim, aqui está o Senhor e nós o vemos com um traje real, de profeta e sacerdote, e nós o vemos em branco, conforme ele simboliza a pureza, com seus olhos buscando e penetrando conforme ele avaliava a igreja. “os pés, semelhantes ao bronze polido, como que refinado numa fornalha”. Por que? Porque ele precisa julgar a sua igreja as vezes. Pedro mesmo disse. “o julgamento começa na casa de Deus”. E nós também vemos que “a sua voz, como voz de muitas águas”; uma voz grande, e om autoridade.

Ele tinha em sua mão direita sete estrelas. Os que elas são? O versículo 20 te diz. “as sete estrelas são os anjos ou os ministros das sete igrejas”. Assim, em sua mão direita estão os ministros, e ele se move pelas igrejas avaliando, perscrutando, penetrando, examinando as igrejas, se aprontando para rescrever às sete igrejas. A sua avaliação está no capítulo 1. O resultado está nos capítulos 2 e 3. Assim, ele começa, João começa, com as cartas no capítulo 2.

O que o Senhor diz a estas igrejas? Bom, amados, deixe-me dizer, existem sete cartas absolutamente incríveis. Cinco delas, marque isso, são admoestações. Para as outras duas igrejas não existe admoestação. À igreja em Esmirna e Filadélfia, aparentemente não precisava de nenhuma admoestação. A igreja em Esmirna era uma igreja perseguida. A igreja na Filadélfia era uma igreja ativa, que evangelizava e ganhava almas. Me parece que aquelas duas eram preservadas de forma maravilhosa.

Quando uma igreja é perseguida, ela tende a manter a pureza porque toda impureza que sai. Você não está prestes a identificar com uma veste onde você será perseguido a não ser que você esteja levando a coisa a sério, não é? Assim, a perseguição tem uma forma de purificar assim como o evangelismo, porque desde que o seu coração está se direcionando para o mundo, e desde que você esteja ativamente alcançando os perdidos, você tende a ser mais voltado para fora do que para dentro. E a igreja da Filadélfia, a igreja com as portas abertas, e a igreja de Esmirna, a igreja que estava sofrendo com uma grande oposição, eram igrejas abençoadas; porém, as outras cinco necessitavam de profundas admoestações.

Existe uma progressão dessas cinco admoestações. Elas começam com uma situação que parece ser muito muito tranquila e elas se tornam tão agressivas ao ponto de apostatarem, com uma igreja que praticamente não é uma igreja. Existe algo descendente que nós temos visto em muitas igrejas ao longo da história.

Conforme eu olho para a igreja Grace e leio estas cinco admoestações como eu fiz nesta semana, eu estou muito ciente de que a mesma coisa poderia acontecer conosco como aconteceu com milhares, milhares e milhares de igrejas ao redor do mundo. Você começa bem. Você começa como a igreja de Éfeso começou e então vem a queda e depois não sobra mais nada. Eu já estive em auditórios neste país que comportam 4000 pessoas, e em um domingo de manhã há 150 liberais lá na frente. Eu vi isso. Eu tenho visto Deus escrevem “Icabode” em muitas coisas e em muitas igrejas, mas eu não quero que isso aconteça.

Nós estamos falando a respeito de colocar uma arquibancada aqui. Nós acabamos de adicionar mais de 200 assentos atrás porque a cidade nos deu permissão. Então nós começamos a falar a respeito de colocar uma arquibancada e um prédio de ensino e todas essas coisas que me animam muito, mas somente se eu souber que aquela arquibancada será ocupada por pessoas que escutarão a Palavra de Deus, e que aquele prédio seja o ocupado por crianças, jovens e adultos que amarão ao Senhor Jesus Cristo com todo o seu coração, alma, mente e força. Se esse não for o caso, eu não estou interessado, e eu quero fazer o possível para te admoestar porque eu creio que Satanás gostaria de transformar este lugar em uma pedreira com nada além de pedras.

Assim, nós precisamos ser avisados a respeito do que? Vamos ver. Em primeiro lugar, o que atacou a igreja em Éfeso. Eles abandonaram o seu primeiro amor. Eles abandonaram o seu primeiro amor. Isso é o suficiente para fazer uma pregação toda sobre isso. Veja o versículo 1, “Ao ano da igreja em Éfeso escreve: Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de outro”. Este é filho do homem. Aqui está Jesus Cristo escrevendo para a sua própria igreja. Isso não é a opinião de alguém. Esse é Cristo.

Ele diz no versículo 2 a eles, “Conheço as tuas obras”, e era uma história fabulosa em Éfeso. Havia uma história incrível ali. Como eles literalmente conduziram a cidade para a confusão e para o caos. Eles haviam subvertido um sistema de religião. Esse pequeno grupo de crentes que começaram nesse meio como se eles fossem uma ilha de pureza em um mar de iniquidade conseguiu infiltrar e purificar partes daquela cidade ao ponto de barrarem os sistemas religiosos mais complexos daquela época. Aquele pequeno grupo de pessoas teve um início incrível, e quem melhor para começar aquilo do que Paulo? E quem poderia pensar em um pastor melhor do que Apolo que era o maior proclamador da Palavra de Deus, com uma das melhores habilidades de oratória que já existiu? E Timóteo que os ensinou as mesmas coisas que Paulo ensinou. Eles tiveram essas pessoas como líderes, e elas estavam trabalhando na igreja.

Eu conheço o seu “kopos”, ele diz, a uma dura obra ao ponto de suar. Vocês realmente se esforçam. Você são envolvidos; vocês trabalham; vocês têm paciência; vocês têm “hupomone”, vocês são capazes que aguentar tempos difíceis e olha, estar em Éfeso não era um lugar fácil. O centro de adoração de Diana, uma das sete maravilhas do mundo, o templo era uma grande bagunça. Haviam milhares de eunucos, milhares de sacerdotisas prostitutas, cantores, flautistas, tudo criando uma histéria de música, orgia, bebedice, loucura e mutilação sexual. Isso chegou a tal ponto de Heráclito dizer que a moralidade das pessoas daquele templo era menor do que a dos animais.

Que a pregação de Paulo afetou aquele lugar de tal maneira que as vendas dos ídolos caíram e uma revolta começou. Eles eram uma tremenda igreja. Eles tinham perseverança no meio daquele lugar muito difícil. E ele diz não somente isso mas que “eles não podem suportar homens maus”. Você não pode suportar aqueles que são maus, ele diz. Você está lidando com o pecado. Você não tolera o pecado por um minuto. Quando alguém vem e eles estão fazendo o mal, você lida com isso. Você é intolerante de pecadores.

Veja o versículo 6. Ele diz, “Tens, contudo, a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio”, e aparentemente os nicolaítas eram o resultado de um indivíduo chamado Nicolas que foi um homem que expunha imoralidade sexual. Alguém disse de Nicolas, “ele se entregou para o prazer como um cabrito”. Seja o que foi aquilo, e nós não temos muita certeza, me parece que veio daquilo. Nós sabemos que isso tem a ver com um comportamento licencioso, lascivo, imoral, mal, de fornicação.

E ele diz, “Você odeia isso. Você tem obras. Você está labutando. Você é paciente. Você não tolera o pecado”. E no versículo 2 ele diz, “Você até mesmo pôs à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são”. Em outras palavras, “você lida com falsos mestres, você tem um padrão bíblico, você tem uma confissão de fé, você tem uma teologia, e você mede os homens por isso. Você é doutrinariamente sólida. Você está lidando com o pecado. Você está trabalhando duro”.

Isso parece uma grande igreja, e ele diz no versículo 3, repetindo, “e tens perseverança”. Você tolerou coisas no passado, e você se saiu bem, e “suportaste provas por causa do meu nome”. Veja. Esse é o maior motivo por qualquer coisa que um Cristão faz. “por causa do meu nome”. A glória de Deus foi o motivo deles, o maior motivo em todo o universo. Você até mesmo tinha o motivo certo. Você estava servindo a minha glória, o meu nome, e você trabalhou e não falhou.

Que bela igreja – doutrinariamente sólida, ocupada em desmascarar os falsos mestres, disciplinando aqueles que estavam pecando. Eles realmente estavam funcionando bem, mas eles tinham uma falha fatal, e quando você volta para o versículo 14 do capítulo 1, você vê que os olhos de Cristo são como chamas de fogo. Eles perscrutam e penetram; e os olhos que perscrutam e penetram de Jesus Cristo encontraram uma falha fatal no versículo 4, “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor". Essa era uma igreja onde o amor morreu. Ortodoxia e atividade sem amor.

Quando eles leram isso, isso deve ter acertado eles como um relampado porque ninguém acha que ele ama mais a Deus do que os ortodoxos, os fundamentais, os evangélicos. E mesmo assim, a sua definição de amor não era a de Deus. Eles erraram na coisa básica que Jesus disse a Pedro três vezes. “Pedro, antes de falar para você cuidar das minhas ovelhas, eu preciso te perguntar outra coisa. Pedro, você me ama? Pedro, você me ama? Pedro, você me ama? Se você disser que sim, então apascente as minhas ovelhas”. Por que? Porque você não pode ser efetivo para Deus estando longe de amar ao Senhor com todo o seu coração, alma, mente e força.

E como vocês sabem, pessoal, eu posso ver esse problema em potencial na igreja Grace. Nós temos muito; nós estamos envolvidos em tantas coisas que se torna fácil para nós tirarmos o nosso foco da pessoa de Jesus Cristo. Nós perdemos o amor, e de repente, nós estamos satisfeitos com a atividade. Não é assim.

Essa é uma das maiores igrejas em toda a história e mesmo assim os olhos penetrantes do Senhor encontraram essa falha fatal. Eles tinham entregue os seus corações calorosos pela ortodoxia fria. Eles estavam se tornando aqueles que simplesmente faziam um ministério bíblico. Porém, não havia nenhuma paixão ali. Eu admoesto vocês a respeito disso e eu me admoesto. Desde os presbíteros e a equipe pastoral até aqueles que estão nos visitando. Se nós chegarmos em um lugar onde o que nós fazemos é uma ortodoxia sem amor, esse é o primeiro passo e então Satanás já colocou um pé dentro.

E você não quer saber quais são os outros passos, mas vocês descobrirão. Quando você vem a um lugar onde a lua de mel acaba e você não sabe o que fazer com amor transbordante para com Jesus Cristo, você está em problema. Veja a sua vida. O entusiasmo por Cristo está ali ou se foi? É uma descrição justa de sua vida cristã dizer, “Bom, eu meio que faço. Eu não tenho o mesmo amor que eu costumava ter”. Se você ama qualquer coisa neste mundo mais do que o seu amor por Jesus Cristo, então você perdeu o seu primeiro amor. Você mesmo, a sua família, o seu lazer, dinheiro, sucesso – qualquer coisa – você perdeu. Se a lua de mel terminou em sua vida como foi com Éfeso, nós estamos em um sério, sério problema. Se vo6e está servindo ao Senhor Jesus Cristo nesta igreja como um ato ortodoxo ao invés de uma paixão de amor por Ele, então você perdeu. Você perdeu, tudo.

Você diz, “bom, o que eu faço se eu me sinto desse jeito? “ Versículo 5, três coisas. Lembre-se. Lembre-se. É incrível. Defeitos espirituais normalmente vêm do esquecimento. Defeitos espirituais normalmente vêm do esquecimento, então ele diz, “Lembra-te”. Você se esqueceu de como era? Lembre-se de como era antes do amor se esfriar. Lembre-se do calor, daquela chama, da alegria e da animação. Lembre-se.

Em segundo lugar, se arrependa. “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te”. É uma queda que você conhece. Não amar o Senhor teu Deus com todo o teu coração, alma, mente e força e o seu próximo como a ti mesmo. Não ter o primeiro amor por ele e pelos outros. Não tem aquele primeiro amor é a queda da qual você precisa se arrepender.

Preste atenção. Se a primeira reação que você tem para com um crente é algo além de amor, você perdeu o seu primeiro amor. Se a primeira reação que você tem para com Jesus Cristo é qualquer coisa além de um amor consumado, você perdeu o primeiro amor e você precisa se arrepender. E então ele diz a terceira coisa. Lembre-se, arrepende e repita, “faça as primeiras obras”. Volte a ser como era antes. Se é uma ortodoxia mecânica e fria, volte onde tudo começou. Volte para os seus joelhos. Volte para o Livro. Volte a testemunhar. Volte a congregar. Volte a orar. Volte a compartilhar e adorar ao Senhor. Fique perto do fogo; é isso que ele está dizendo.

Você sabe o que aconteceu em Éfeso? Eles não fizeram isso. Eles não se lembraram, não se arrependeram e não repetiram. Então o versículo 5 diz o que aconteceu, “Se não, venho a ti e moverei do seu lugar o candeeiro, caso não te arrependas”. A igreja em Éfeso morreu, deixou de existir. Uma igreja grandiosa, evangélica, ortodoxa, histórica e monumental deixou de existir porque perdeu o seu primeiro amor.

Existe uma segunda coisa que precisamos saber. Versículo 12 do capítulo 2. Nós pulamos a igreja de Esmirna porque essa foi a igreja perseguida que não recebeu admoestação. “Ao anjo da igreja em Pérgamo escreve: Estas coisas diz aquele que tem a espada afiada de dois gumes”. Esse é o Senhor, e a espada é a espada do julgamento que sai da sua boca como em Apocalipse 19 e Hebreus, capítulo 4. Ele diz, “Conheço as tuas obras” versículo 13, “o lugar em que habitas, onde está o trono de Satanás, e que conservas o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha testemunha, meu fiel, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita”.

Pare aqui. Ele diz, “Pérgamo, eu sei tudo sobre você. O meu olhar que perscruta e penetra revela todas estas coisas. Eu conheço as tuas obras. Eu sei que você está envolvido. Eu sei que você é ativa. Eu sei que algo está acontecendo, e eu sei que você está onde o trono de Satanás está. Você está em um lugar difícil”. E olha, Pérgamo era uma cidade dura. Você sabia que Pérgamo era o centro de adoração do imperador, o centro de adoração de Cesar?

Você sabia que lá foi o centro de adoração de Zeus, o grande deus – alguns dizem o maior deus de todos os sistemas de deidades – e que na cidade de Pérgamo, eles haviam construído um enorme altar a Zeus na forma de um trono, e alguns acham que o trono de satanás, mencionado no versículo 13, é uma referência ao altar de Zeus, o maior e mais famoso altar do mundo.

Por outro lado, Pérgamo tinha o seu próprio deus chamado Asclépio. Ele foi o deus de Pérgamo que era associado com a cura, o deus da cura. Ele sempre foi associado com serpentes, e em Pérgamo, eles tinham um templo e uma escola de medicina. Você ainda vê uma serpente no símbolo do médico e isso vem da mitologia grega, de Asclépio, o deus da cura. No templo, eles tinham serpentes não venenosas por todo o chão, e as pessoas que estavam doentes entravam e se deitavam lá para que aquelas serpentes rastejassem sobre elas e onde elas passavam as pessoas eram curadas.

Olha, era difícil estar em Pérgamo. Era difícil ser um pequeno grupo de Cristãos no meio de uma sociedade terrivelmente pagã. Portanto ele diz, “Conheço o lugar em que habitas, onde está o trono de Satanás, e que conservas o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha testemunha, meu fiel, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita”. É difícil, mas deixe-me falar algo, pessoal. Viver em uma cidade difícil, estar em um ambiente difícil, viver em um momento duro do mundo pelo nome de Jesus Cristo. Olha, não há motivo para abaixar o padrão mesmo assim. Isso não os muda. Mesmo assim, eles são os mesmos.

Deus diz, “Eu sei que é difícil ali. Isso não muda os padrões. Eu sei que é difícil. Isso não muda nada. Mesmo que você tem perseverado, sendo martirizado, e trabalhado duro para o Senhor, mesmo você tendo guardado o seu nome”, versículo 14, “Eu tenho algumas coisas contra você”. O que é?

“Pois que tens aí os que sustentam a doutrina de Balaão, o qual ensinava a Balaque a armar ciladas diante dos filhos de Israel para comerem coisas sacrificadas aos ídolos e praticarem a prostituição”. Deixe-me dizer o que é isso. Balaão conseguiu fazer com que os filhos de Israel se casassem com pagãos e que praticassem idolatria. O que Ele está dizendo aqui é: eles estão comprometidos com sistemas pagãos. O problema da igreja em Pérgamo era que eles estavam se comprometendo com o mundo.

Eles estavam se misturando em casamento. Eu não sei se isso realmente estava acontecendo, se haviam mesmo Cristãos casando com não Cristãos. É muito provável que isso estava acontecendo. Mas a igreja em Pérgamo começou a namorar o mundo. Eles começaram a flertar com as coisas mundanas.

Eles estavam violando 2 Coríntios 6, “Que comunhão tem a luz com as trevas. Que comunhão tem Cristo com o Maligno? “Eles deveriam “sair do meio deles, serem separados e não tocar em coisas impuras”, mas eles eram uma igreja mundana. Eles precisavam deixar o mundo entrar. Eles deixaram o mundo entrar. Eles estavam fazendo o que o mundo queria que eles fizessem. Eles estavam imitando o mundo.

É incrível para mim, e eu tenho falado isso para vocês por muitos meses. É incrível para mim como a igreja de Cristo nos Estados Unidos hoje está saindo com tudo para imitar o mundo. Elas fazem isso de diversas formas. Se a visão do mundo a respeito da família muda, a igreja se acomoda a isso. Se a visão do mundo com relação a mulher muda, a igreja se acomoda a isso. Se a visão do mundo do homossexual muda, a igreja se acomoda a isso, e nós entramos em tudo o que o mundo faz. Nós queremos nos identificar com isso. É chocante. Simplesmente chocante. A igreja se torna materialista porque o mundo é materialista. A igreja se torna preocupada como entretenimento porque o mundo está preocupado com entretenimento. E para te dar uma ilustração disso, algo que eu estava lendo nesta semana. Você sabia que nos últimos dez anos, embora exista um aumento estável no número de pessoas nascidas de novo, existe uma queda correspondente no número de membros de igreja? Isso porque as pessoas não estão indo às igrejas.

Nesse artigo que eu li na semana passada, que foi muito informativo, ele dizia que existe um aumento no que é conhecido como igreja eletrônica – existem muitos que esse é o motivo principal pelo qual as pessoas não se identificam com a igreja local. Eles sentam na frente da televisão e a igreja vem até eles. Eles não precisam se arrumar, sair de casa, tudo está perfeito. É outra parte – veja bem – da fantasia. A TV é uma fantasia, e o nosso mundo deseja viver nessa fantasia. Você vai para casa e você senta ali e aquela igreja é a igreja perfeita.

A música é inacreditável. É inacreditável. Orquestras, pessoas com grandes vestes e excelentes cantores, tudo aqui com luzes, ângulos de câmeras, e tudo de mais. O pregador está perfeitamente em ordem, ele entrega o sermão e ali está, a igreja fantasia, e você nunca se senta ao lado de ninguém que você não gosta, ninguém fala e te atrapalha, e você não precisa achar um lugar para estacionar. É glorioso. Você, de vez em quando, manda um dinheiro por peso na consciência e eles te dizem que você está ganhando o mundo ao fazer isso, e eles te enviam algo de plástico para você pendurar na parede a fim de provar qual sacrificial você é. É realmente algo triste.

Então você sabe o que acontece? Um escritor diz que a igreja eletrônica é construída a base do entretenimento. A igreja eletrônica imita as coisas do mundo que a igreja sempre condenou. A igreja eletrônica inevitavelmente transparece apenas como uma mera expressão da religião cultural, imitando os valores e atrações, e amarrando os mesmos valores e sucessos que nós como Cristãos professamos rejeitar. As pessoas não querem ir. E as únicas igrejas que conseguem competir com isso são igrejas grandes como a nossa. A pequena igreja não consegue.

Martin Marty, que sabe usar bem as palavras, acredite em mim, descreve o fenômeno da igreja eletrônica da seguinte forma, “Na noite de Sábado, o senhor e a senhora Religião Invisível obtêm a sua alegria do homem de palitó rosa, de camiseta pomposa, e da mulher que se parece uma celebridade, conversando entre si cobertos de uma imitação autobriográfica de pessoas nascidas novamente. No domingo de manhã, os espectadores se alegram conforme o artista do Espirito Santo caricia os microfones entre as fontes enquanto um líder carismático e altamente profissional entretém eles.

“Eles deveriam desligar aquilo tudo e ir até o final da rua onde há uma congregação de crentes verdadeiros, pecadores, corais fora do tom, pessoas comuns e suadas, pessoas que eles não gostam mas devem amar, pastores normais que pregam a graça junto com o discipulado. Pedidos de mordomia que não são rebuscados. Nunca. Quase nunca. Como a igreja eletrônica, você me lembra, pelo menos prega a Cristo, isso pode fazer algum bem; então deixa ela. Deixe que os seus membros paguem por isso, mas deixe que a igreja saiba o que está acontecendo, não distraída pelas ofertas de graça barata ou a linguagem da cruz sem o carregar da cruz”.

São coisas bem diretas. Vamos viver no mundo real, não é pessoal? Este é o mundo verdadeiro em uma igreja verdadeira. A igreja é tão legal e tão confortável em seu comprometimento com o mundo que ela cai na fantasia e então no versículo 15 ele diz, “Tu tens os que da mesma forma sustentam a doutrina dos nicolaítas”. O que aconteceu em Pérgamo? Pérgamo decidiu que eles poderiam andar pelo mundo. Ele poderiam trazer um pouco do mundo para dentro e fazer um pouco das coisas do mundo da forma do mundo e permitir a imoralidade do versículo 15, e eles estariam bem.

Um presbítero me disse que dois presbíteros e suas esposas trocaram de esposas na igreja em que ele estava no passado. Eles acharam que eles não deveriam fazer nada a respeito disso. Isso poderia chatear a congregação. A igreja tolera o pecado e abre mão um pouco. A mensagem ainda é a mesma, e nós pregamos a Cristo. Mesmo assim, a transgressão começa a corroer como cupins na fundação e por isso ele diz no versículo 16, “Arrepende-te; e, se não, venho a ti sem demora e contra eles pelejarei com a espada da minha boca”.

Veja. Você sabe como Satanás ataca a igreja? Primeiro, é muito sutil. Nós perdemos o nosso primeiro amor. Depois, de repente, nós começamos a comprometer com o mundo porque a coisa mais fácil de leva-lo a essa transgressão é a falta de amor por Deus. Se você realmente ama a Deus e você ama ao Senhor Jesus Cristo com todo o seu coração, alma, mente e força, o seu desejo acima de todas as coisas será manter a sua honra absoluta. Certo? Para fazer isso, você não pode se envolver com o sistema. Porém, assim que você esfria o seu amor, então se torna mais fácil para cair nas ciladas do sistema. Além disso, você vai amar algo, e se não for Deus, você acabará amando o que está em sua volta.

Há uma terceira igreja que eu gostaria de mencionar para você. A igreja de Tiatira, versículo 18. “Ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Estas coisas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés semelhantes ao bronze polido”. Ele está sondando, penetrando e vindo em julgamento; e isso soa muito bom. “Conheço as tuas obras, o teu amor, a tua fé, o teu serviço, a tua perseverança e as tuas últimas obras, mais numerosas do que as primeiras”. Você está ficando cada vez melhor nisso.

Aqui nós temos uma igreja que está realmente funcionando. Eles são ativos, e eles estão conseguindo fazer tudo. Se a igreja em Pérgamo se casou com o mundo, a igreja em Tiatira está celebrando o seu aniversário de casamento. Essa é uma igreja que tolera o pecado. Éfeso perdeu o seu primeiro amor. Pérgamo se comprometeu com o mundo. Tiatira tolera o pecado. As comportas foram abertas e o pecado está ali. Versículo 20. Apesar de todas as suas obras, de todo o seu amor, de todo o seu serviço, de toda a sua fé e paciência, e todas essas coisas, e isso até mesmo aumenta, “Eu tenho algumas coisas” – além disso, isso não está nos manuscritos gregos. “Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos”.

Você sabe o que a igreja fez? Eles tiveram todas essas coisas boas, amor, serviço e fé, mas eles permitiram que a igreja se tornasse vítima de um falso profeta. Eles simplesmente permitiram que o pecado entrasse e fizesse a festa. Eles eram pessoas cometendo fornicação. Parece a igreja de Corinto, não é? Além disso, aquela também deixou de existir. Porém, aqui está uma mulher que está seduzindo e envolvendo eles em uma idolatria daquela época – e eu já falei antes – a idolatria daquelas eras da história envolvia atividade sexual. Portanto, aqui estão estas pessoas tendo um ótimo tempo, se envolvendo com a sujeira e o lixo do mundo.

Sabe, pessoal, existe mais coisa acontecendo na Igreja Grace do que eu acho que já aconteceu no passado, mas nós não estamos buscando tolerar isso mais do que nós fizemos no passado. É muito raro um casal vir para o aconselhamento pré-nupcial e você perguntar, “Vocês já dormiram juntos? “ e eles responderem não. Isso está se tornando algo raro. Esse é um mundo muito mal e cruel em que nós vivemos, e as pessoas são atraídas pelo pecado se elas não estiverem cientes do que está acontecendo, e elas não constroem as suas defesas e andam no espírito. Mas eu vou te dizer algo, nós não vamos tolerar isso mais do que nós já toleramos.

Nós temos muito mal ao nosso redor por virtude no número de pessoas, mas a nossa tolerância por isso está mais presente do que nunca. Porém, essa igreja começou a permitir isso e Deus até estava paciente, versículo 21, “Dei-lhe tempo para que se arrependesse”. Deus até deu um pouco de tempo para se arrependerem, “Ela, todavia, não quer arrepender-se”. Então ele diz, “Eis que a prostro de cama”. Ela gosta tanto de cama que eu vou coloca-la em uma cama. Ela deseja cometer fornicação, então eu vou colocar ela em uma situação de fornicação. E o versículo 23 diz que aquela será uma cama de morte. “Matarei os seus filhos com morte”. É isso que eu vou fazer. Seja quem for aquelas pessoas que estão escutando essa Jezabel, elas são consideradas suas crianças, e ele diz, “Matarei os seus filhos com morte”. Será uma cama de morte. Eu as colocarei em uma cama – uma cama de morte. As igrejas olharão e dirão, “eu sou aquele que sonda mentes e corações, e vos darei a cada um segundo as vossas obras”.

Veja, o Senhor julgará esta igreja, amados. Não pense que você pode ser um crente e escapar de Deus e da sua disciplina. Nem um pouco. A cama da depravação será trocada por uma cama de morte. Pois eles cometeram adultério; eles cometeram adultério, de acordo com o versículo 22. Por que? Porque o crente está casado com Cristo. Se envolver com ídolos e atividade sexual é uma forma de adultério. E eu te digo, ele fala para a igreja que tolera pecado, “é melhor você se arrepender”. É melhor você mudar. Se você não se arrepender, final do versículo 22, “Eu te matarei com a morte”.

Agora, para aqueles de vocês que não estão envolvidos nisso, no versículo 24 ele diz, “Outra carga não jogarei sobre vós; tão-somente conservai o que tendes, até que eu venha. Mas para aqueles que são maus, eu trarei julgamento”. Aqui está a igreja que tolera o pecado. Amados, existem muitas igrejas que fazem isso. Eles simplesmente não querem lidar com o pecado. Eles simplesmente não querem confrontar ninguém. Eles dizem, “Você quer dizer que você disciplina as pessoas na sua igreja? “ Nós fazemos isso sim. Porque a Bíblia nos diz para fazermos isso. “Ah, nós não queremos nos meter nisso porque nós podemos...” Você está vendo? Tolerando o pecado. Se comprometendo com o mundo.

E isso continua caindo. Você começa com a perda do amor, e daqui a pouco, quando você não ama mais o Senhor, você está disposto a ficar comprometido. Você compromete um pouco aqui e daqui a pouco essa sua atitude se transforma em toler6ancia e então o pecado invade a igreja e você sai dessa situação como a de Tiatira para o próximo capítulo. Versículo 1, você está na igreja de Sardes e essa é uma igreja que está contente com os programas. De repente, a vida foi embora. Uma igreja que tolera o pecado se torna uma igreja degenerada e morte, e Ele diz, “Conheço as tuas obras”, versículo 1, “que tens nome de que vives e estás morto”.

Uma igreja morta; um cadáver. Você sabia que Sardes era uma das maiores cidades do mundo antigo? Na verdade, o seu maior rei foi Creso, e quando nós queremos dizer que alguém é realmente rico nós dizemos que eles são ricos como Creso. Aquela igreja, ou, aquela cidade, era literalmente um sinônimo de riqueza. Aquela cidade deixou de existir. Aquela igreja deixou de existir. A igreja porque foi uma igreja degenerada e morta.

Somente algumas coisas funcionando. Versículo 2, “Sê vigilante e consolida o resto que estava para morrer”. Eles estavam ou mortos ou prontos para morrer. Tudo o que restava para eles era a forma, como a rima de um antigo marinheiro, defuntos comandam o barco, mortos remam, e homens mortos guiam o barco. A coisa estava caminhando, funcionando – mas todos estavam mortos.

Isso acontece quando a igreja se torna um grupo de atividades, uma série de programas. Você tem as suas classes, os seus pequenos grupos, as suas atividades para as crianças, aos jovens e adultos, e todos estão muito ocupado, a coisa está caminhando e as pessoas estão vindo. O problema é que ali não tem nenhuma vida. Deus não está ali. “Icabode” está escrito. A glória se foi.

A sequência é fácil de ver. Você perde o primeiro amor. A perda desse primeiro amor cheio de paixão e consumidor faz você começar a se relacionar com o mundo. Você se relaciona com o mundo e o pecado entra com tudo. Com isso, você começa a se render ao pecado e a tolera-lo, e quando o pecado toma completamente a igreja, então a vida espiritual é sufocada. O que você tem no final é uma igreja morta. Como Sansão, você está se movendo. Você só não tem nenhuma força. Você é uma vítima.

Assim, ele diz no versículo 3, “Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, guarda-o e arrepende-te. Porquanto, se não vigiares, virei como ladrão, e não conhecerás de modo algum em que hora virei contra ti”. Ele diz que existem “em Sardes, umas poucas pessoas que não contaminaram as suas vestiduras e andarão de branco junto comigo, pois são dignas”. Ainda existem algumas. Essa igreja mal está aguentando. Poucas são as que estão morrendo e poucas pessoas sobraram. Isso começou em Éfeso, uma igreja tremenda; ela começou perdendo o seu primeiro amor, e agora – restam poucas e é desse jeito que a coisa acontece. Poucos aguentam, os quais suas vestimentas são brancas; apenas algumas.

Você sabe qual é o próximo passo? O próximo passo na decadência da igreja vem quando Satanás ataca com seu golpe final no versículo 14 do capítulo 3, a igreja de Laodicéia. O nosso Senhor avisa a igreja que abandona o seu primeiro amor, a igreja que se envolve com o mundo, a igreja que tolera o pecado, a igreja que está feliz com todas as suas formas, rituais, organização e programas, e por último, Ele admoesta a igreja que é a igreja apóstata. A igreja que não é igreja, Laodicéia.

“Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Estas coisas diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente!” O que o nosso Senhor quer dizer aqui é o seguinte: frio significa indiferente ao evangelho, não salvo e não interessado; nem preocupado. Nada hipócrita. Sem nenhum pretexto – não salvo, não movido e desinteressado.

Eu gostaria que você fosse assim, ou que você fosse quente, crendo, salvo, redimido, mas você não é quente e nem frio. Você é morno e isso é pior do que tudo. Isso significa brincar de Cristianismo. Essa é a hipocrisia que deixa Cristo enjoado, e então ele diz, “Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca”. Para o frio, ele prega através dos seus mensageiros. Os quentes Ele abraça. Os mornos ele cospe da sua boca. Eles são os hipócritas, e essa é a igreja hipócrita, a igreja mentirosa, a igreja que não é igreja.

Esse é o liberalismo hoje. É isso que nós temos no mundo hoje, revestido de Cristianismo, que nega a Bíblia, nega a divindade de Jesus Cristo, e nega todas as grandes coisas da fé Cristã dizendo que ainda são igrejas cristãs. Essa é a igreja dos humanistas, e quando você pergunta para eles, “Me fale sobre a sua igreja”, o que eles dizem não é, “Bom, nós estamos vendo a Palavra de Deus prevalecer. Nós estamos vendo pessoas redimidas. Nós estamos vendo Deus tocar vidas”.

Não, eles dizem, “Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma”. Olhe para nós. Nós temos sucesso. Nós temos uma grande organização e nós temos muito dinheiro. Existem igrejas enormes pelo mundo, grandes denominações, sistemas religiosos enormes, que entram dessa categoria. Eles têm todo esse dinheiro e todas as coisas e parafernálias mas eles são apostatas e eles serão vomitados da boca do Senhor.

Ele disse para eles no versículo 17, “nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu. Aconselho-te que de mim compres outro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas”. “A fim de que vejas”. Portanto, ele está na verdade dizendo para eles, “Eu não acho que vocês estão com a avaliação certa”. Ele diz, “A quantos eu fileo” – a quantos eu fileo – A quantos eu estendo a mão em grande preocupação, eu repreendo e disciplino: Sê, pois, zeloso e arrepende-te”.

Agora, você vê sobre o que o nosso Senhor Jesus Cristo nos admoesta? A igreja pode cair no poço da apostasia. A igreja de Éfeso deixou de existir porque ela perdeu o seu primeiro amor, e então a igreja facilmente se envolveu com o mundo. As vezes, me incomoda que as pessoas não vem simplesmente para estudar a Palavra de Deus ou apenas para orar. Você precisa entreter as pessoas, e eu sinto isso. “a sabe, nós acabamos de ter essa grande produção, e todos estariam aqui”. Mas se nós dissermos que nós vamos estudar a Palavra de Deus, nós teremos poucos fieis. Assim, o que a igreja faz muitas vezes é começar a adotar isso, e nós começamos a entreter santos, imitando o mundo; isso é comprometer.

E então existe a igreja que tolera o pecado. A igreja que casou com o mundo. A igreja que estava satisfeita com as suas riquezas matérias e que na verdade não tinha nada. A igreja morte. Todas essas coisas são ataques de Satanás. E amados, aqui ele traz coisas para nos prevenir disso. Uma delas é a igreja da Filadélfia. Essa é a igreja da Filadélfia, versículo 7 do capítulo 3, “Estas coisas diz o santo” – que – “o verdadeiro, aquele que tem a chave de Davi, que abre, e ninguém fechará, e que fecha, e ninguém abrirá”.

Como eu amo isso. Ele diz, “Eu abri a porta para você alcançar o mundo. Essa é a porta que está aberta e desde que a igreja permaneça comprometida em passar por essa porta e levar Jesus Cristo ao mundo, não importa o que acontecer, até mesmo se a sinagoga de Satanás estiver ali, até mesmo se tempos de tribulação vierem, isso não afetará a igreja”.

Ouçam, amados. Evangelismo nos preserva. Ele nos tira de nós mesmos. Ele nos ajuda a ir além de nossas inibições. Ele crucifica o orgulho. Então, existe uma pequena igreja no capítulo 2, a igreja de Esmirna, “Eu conheço as tuas obras, e tribulação e pobreza; uma igreja pobre e com tribulações”. Eles estavam sendo blasfemados. Ele disse, “Não temas. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida”. Amados, se nós formos confrontadores do mundo e recebermos o que vier, se formos agressivos para ganharmos pessoas para Cristo, nós podemos ficar ao lado de Esmirna e Filadélfia e não cairmos nas ciladas daquelas outras cinco igrejas. Deus nos ajude a sermos admoestados a respeito de como Satanás ataca.

Vamos orar. Pai, nós sabemos que o julgamento deve começar na casa de Deus. Nos ajude, Pai, a sermos admoestados e atentos. Senhor, preserve esta igreja apenas para a tua glória a fim de que é possa ser uma testemunha continua de Tua graça. Nós temos visto muitas igrejas ao nosso redor morrer, muitas desaparecerem. Senhor, esse não é o nosso desejo. Isso não lhe traz glória.

Deus, nos ajude a sermos fieis, a mantermos aquele primeiro amor, nunca nos comprometendo com o mundo, nunca tolerando o pecado, nunca substituindo a realidade com a forma, o programa, a função e a organização, nunca sermos cheios com aqueles que são enganadores mornos. Nos ajude a sermos reais. Faça o teu trabalho em nosso meio. Conforme Tu moves e arruma aqueles candeeiros, que o nosso possa ser um que brilhe fortemente para a tua glória. Em nome de Jesus. Amém.

This sermon series includes the following messages:

Please contact the publisher to obtain copies of this resource.

Publisher Information
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

Donation:
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize