Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Voltamos para este primeiro grande capítulo e veja os versículos 7 e 8. Lemos nesses dois versos, "Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém! Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso.”

Quem ama livros com ação, livros com emoção, certamente amará o livro do Apocalipse. Não há absolutamente nenhum livro assim. Ele é carregado com o drama. Está cheio de suspense. Está cheio de mistério, paixão, horror e desastre atrás de desastre. Ele conta, por exemplo, a história vindoura da apostasia da igreja. Conta do colapso da economia mundial. Fala da guerra final do mundo. Conta dos desastres naturais incomparáveis. Conta dos acórdãos finais da ira de Deus. Fala de banhos de sangue, conflito político que abre o caminho para que um governante mundial perverso e infernal assuma. Fala da destruição total do universo inteiro e da condenação de ambos os corpos e as almas das pessoas ao inferno eterno.

É um livro de emoção inacreditável e ainda, surpreendentemente, é um livro de esperança, um livro de alegria e um livro com um final feliz. Vai levar algum tempo para revelarmos a sua história. Vai levar algum tempo para João revelá-la. E então ele nos dá aqui nos versículos 7 e 8 uma visão antecipada das próximas atrações, um breve vislumbre do que o livro trata.

É tudo sobre Aquele que vem, Aquele que vem. É um livro sobre a segunda vinda. Aqui está o grande anúncio, a gloriosa tese, o tema, o coração do livro, no versículo 7 Jesus está vindo. Essa grande verdade resume o livro. Isso condensa o livro em uma afirmação colossal, e, na verdade, engloba os 21 capítulos de João, e em seguida, o capítulo 22 nos leva por todo o caminho para a glória para revelar tudo isso.

Aqui nós temos, no versículo 7, o primeiro oráculo profético do livro. Ele vem após a saudação de abertura. E esse oráculo profético é, “Eis que vem.” É sobre isso que trata o livro. Então aqui pela primeira vez ele diz, “Vejam, prestem atenção.” Por que? “Ele está vindo.” Isto é tempo presente. Percebeu isso? Não diz "Ele virá.” Ele não diz isso. Ele não diz "Ele virá.” Ele diz "Ele está vindo,” e o uso de um no tempo presente destina-se a dar-lhe a sensação de que Ele já está a caminho que o processo da sua vinda já começou.

Esta afirmação "Ele está vindo" na verdade foi retirada de Daniel 7:13 que diz, “Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha com as nuvens do céu um como o Filho do Homem.” E em seguida Daniel 7:14 diz, “Foi-lhe dado domínio.” Então João recebe um oráculo, uma revelação profética aqui que Ele está vindo, que ecoa a promessa de Daniel 7:13.

“Aquele que vem” era um título para o Messias. “Aquele que vem” Aquele que vem. Na verdade, de volta a Mateus, temos uma referência interessante a isso. Vou apenas ler para você. Em Mateus, João Batista estava na prisão e enviou seus discípulos a Jesus. E eles disseram-lhe, “És tu aquele que estava para vir?” Você vê os judeus todos sabiam que Aquele que vem era um título messiânico. Jesus é Aquele que vem. Esse mesmo verbo erchomai ??? que significa "vinda", é usado direta ou indiretamente com referência a Cristo nove vezes no livro de Apocalipse. Sete dessas nove vezes são as palavras do próprio Jesus referindo-se a Si mesmo como "Aquele Que Vem".

Este livro então é sobre a vinda Daquele que vem. E o tempo presente indica-nos que Ele já está vindo para que possamos ter essa sensação de expectativa que leva João a dizer "Veja, ele está vindo" como se quisesse que vivêssimos em expectativa ansiosa. Esse novamente é o grande coração do livro.

Devemos abrir a nossa compreensão acerca da grandeza deste evento como que envolvendo nossos braços em torno de como é importante na Escritura. Deixe-me ver se eu posso ajudá-lo. Diz-se que a profecia ou previsão futura ocupa um quinto da Escritura. Desse um quinto da Escritura que fala da profecia futura, um terço dela refere-se à segunda vinda de Jesus Cristo. Alguns têm calculado que existem mais de 660 profecias gerais, 333 a respeito de Cristo, sendo 109 cumpridas em sua primeira vinda e 224 na Sua segunda vinda. Assim a Bíblia tem muito a dizer sobre a Sua segunda vinda.

Dos 46 profetas do Antigo testamento, menos de 10 deles fala de Sua primeira vinda; 36 deles falam de Sua segunda vinda. Existem mais de 1.500 passagens do Antigo Testamento que se referem, de alguma forma à segunda vinda de Jesus Cristo. Um em cada 25 versículos do Novo Testamento refere-se diretamente à segunda vinda de Jesus Cristo. Para cada vez que a Bíblia menciona a primeira vinda de Cristo, menciona a segunda vinda 8 vezes. Toda vez que a expiação é mencionada uma vez, a segunda vinda é mencionada duas vezes. Jesus refere-se à sua segunda vinda 21 vezes, e mais 50 vezes dizem-nos para estarmos prontos para o seu retorno.

Então este é um tema importante das Escrituras e apenas mencionei esses números a você não para que você se lembre deles, mas para que você tenha um sentimento da amplitude da palavra profética referindo-se à segunda vinda.

Foi curioso para mim que em uma convocação de delegados de Igreja num encontro mundial em Evanston, Illinois, sob a direção do Conselho Mundial de Igrejas foi feita uma pesquisa e descobriu-se que apenas dez por cento dos clérigos protestantes americanos encontraram algum significado na doutrina da segunda vinda. Noventa por cento deles disse que não é significativa.

Francamente, Pedro previu esse tipo de incredulidade quando ele disse, "virão escarnecedores com os seus escárnios, andando segundo as próprias paixões e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda?" Escarnecedores sempre quiseram negar a segunda vinda, porque está ligada ao julgamento e não estão preparados ou dispostos a enfrentar o julgamento de Deus. Mas apesar do que dizem os escarnecedores, a Bíblia deixa claro que Jesus voltará.

Agora, só para lhe dar um pouco de suporte sobre isso, algum embasamento, há muitas coisas nas Escrituras que demandam a volta de Cristo. Não só esta proliferação de profecias. Existem algumas outras questões interessantes que demandam o retorno de Cristo. Deixe-me sugerir algumas para você e você vai seguindo atentamente enquanto vou lhe dizendo.

Primeiro, a promessa de Deus requer que Jesus venha. A promessa de Deus requer que Jesus venha. Por exemplo em Gênesis 49:10, a primeira profecia a respeito do governo do Messias, diz "O cetro não se arredará de Judá, nem o bastão de entre seus pés, até que venha Siló; e a ele obedecerão os povos." Dos lombos de Judá virá Siló, Messias e as nações vão obedecê-Lo. Isso não aconteceu mas Deus prometeu que viria. Se isso não aconteceu da primeira vez quando Jesus veio, tem que acontecer na segunda vez que vier.

No Salmo 2 Deus prometeu que as nações se curvariam a Jesus Cristo e Ele regeria com "vara de ferro". Isso não aconteceu. Tem que acontecer no futuro. Isso não aconteceu em sua primeira vinda. Isso vai acontecer em sua segunda vinda.

Isaías disse que ele seria "o Deus poderoso, o pai da eternidade," esta criança nos nasceu, e o governo estaria em seus ombros." Isso não aconteceu na primeira vez que Ele veio. Ele não exerceu Seu governo. Ele não se tornou o governante. Isso tem que acontecer, então, no futuro.

A Bíblia nos diz em Zacarias que quando Ele vier Ele vai dividir o Monte das Oliveiras e as nações serão reunidas lá e julgadas. A Bíblia nos diz que quando Ele vier Ele trará um reino glorioso. Leia em Isaías. Nada disso aconteceu. Isso não aconteceu da primeira vez. Então vai acontecer na segunda vez.

Números 23 diz, "Deus não é um homem para que minta." Deus diz que isso irá ocorrer, portanto, o Filho de Deus deve voltar para que Ele reine. A promessa de Deus requer a segunda vinda.

Em segundo lugar as palavras de Jesus demandam a segunda vinda. Jesus disse em João 14 que estava partindo mas "vou preparar-vos lugar. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também." Jesus prometeu que quando ele fosse embora Ele voltaria. A promessa de Jesus exige a segunda vinda.

Em Lucas 19 Jesus disse, “Certo homem nobre partiu para uma terra distante, com o fim de tomar posse de um reino e voltar. Chamou dez servos seus, confiou-lhes dez minas e disse-lhes: Negociai até que eu volte. Mas os seus concidadãos o odiavam e enviaram após ele uma embaixada, dizendo: Não queremos que este reine sobre nós. Quando ele voltou, depois de haver tomado posse do reino, mandou chamar os servos a quem dera o dinheiro, a fim de saber que negócio cada um teria conseguido.” E você sabe como continua a historia.

Mais abaixo no versículo 26, “Pois eu vos declaro: a todo o que tem dar-se-lhe-á; mas ao que não tem, o que tem lhe será tirado. Quanto, porém, a esses meus inimigos, que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha presença.” E Jesus estava dizendo "Eu sou esse rei. Eu vou embora. Eu voltarei. Vou verificar o que você fez com o seu privilégio no evangelho. Se você não fez nada com ele eu vou condenar você. Se você exerceu sua fé em mim vou levá-lo à glória comigo." Ele é o Rei que foi embora que vai voltar, voltar para recompensar aqueles que são Seus, voltar para julgar aqueles que O rejeitaram.

O Senhor Jesus enviou um anjo para João. E aquele anjo veio a João enquanto ele escrevia o livro do Apocalipse. E seis vezes para esse anjo Jesus disse "Diga a ele para escrever, Eis que venho sem demora." Jesus prometeu que voltaria. E sua promessa exige a segunda vinda. Ele está vindo porque Deus que disse não pode mentir. Ele está vindo porque o próprio Jesus, que fala somente a verdade, disse assim.

Em terceiro lugar a garantia do Espírito Santo exige isso. Afinal, o Espírito Santo é chamado em João 15:26 o "Espírito da verdade". Em João 16:13 Jesus disse "Ele vai guiá-lo a toda a verdade." Ele vai falar com vocês das coisas a meu respeito. E o que ele estava dizendo era Ele ia inspirar a Escritura. Ele vai se mover sobre os escritores que escreverão a Escritura inspirada. E assim, toda vez que você lê sobre a segunda vinda - 1 Coríntios 1:4-8; Filipenses 3:20-21; Colossenses 3:4; Tiago 5 8; 1 Pedro 1:13; 1 João 3:2-3 etc. - Toda vez que você lê sobre a segunda vinda de Cristo, esse é o testemunho do Espírito Santo enquanto Ele inspira o escritor.

Deus prometeu que viria. Ele mesmo prometeu que viria. E o Espírito Santo prometeu que viria. Ele deve vir porque as promessas da Trindade, a credibilidade da Trindade está em jogo.Em quarto lugar, Jesus deve voltar porque o programa para a igreja o exige. O programa para a Igreja assim o exige. Em Atos capítulo 15, eu só lhe mostrarei uma breve, mas poderosa passagem, Atos 15:14. Paulo e Barnabé vêm trazendo um relatório sobre as conversões de gentios e assim por diante. E então Tiago fala, e isto é o que ele diz, começando no versículo 14. "expôs Simão como Deus, primeiramente, visitou os gentios, a fim de constituir dentre eles um povo para o seu nome." Em outras palavras, Deus tem um propósito, e esse propósito é recolher dentre os gentios um povo para seu nome.

O versículo 15 diz, “Conferem com isto as palavras dos profetas, como está escrito...” e aqui ele cita do Antigo Testamento Ademos e Jeremias “ - “Cumpridas estas coisas, voltarei e reedificarei o tabernáculo caído de Davi; e, levantando-o de suas ruínas, restaurá-lo-ei. Para que os demais homens busquem o Senhor, e também todos os gentios sobre os quais tem sido invocado o meu nome, diz o Senhor, que faz estas coisas conhecidas desde séculos.”

Agora deixe-me explicar o que está acontecendo aqui. Pedro acaba de voltar e ele relatou que Deus está salvando gentios. Paulo e Barnabé, obviamente, sabem e experimentaram isso também. E eles dizem que Deus está tomando um povo, Deus está puxando um povo de todas as nações para Si. E o versículo 11 diz, que eles estão sendo "salvos pela graça do Senhor Jesus" da mesma forma que os judeus. Esta é a igreja. E isso é surpreendente que Deus chamaria um povo dente os gentios .

So James pops up, the half-brother of our Lord, and he quotes a prophecy primarily out of Amos 9:11-12, and he says, “Então Tiago aparece, o meio-irmão de nosso Senhor, e ele cita uma profecia principalmente de Amós 9:11-12, e ele diz: "Bem, não é isso exatamente o que Amos disse, que não só Ele iria reconstruir o tabernáculo de Davi, mas Ele também iria convocar um grupo de pessoas de fora dos gentios? E então Ele traria o reino .”

Sim, o tabernáculo de Davi, ou o reino, a casa de Davi, a casa real, será reconstruída, e será restaurada, e esse é o reino. Mas antes que isso aconteça um povo será chamado. Então, o que você tem é uma sequência aqui: o chamado da igreja; depois disso, você tem o reino; versículo 16: "Depois destas coisas, voltarei, e reconstruirei o tabernáculo de Davi." Isso é exatamente o que o profeta disse.

Assim, a questão é que Deus vai chamar uma igreja. Em seguida, Ele vai voltar e estabelecer o seu reino, e nesse reino todas as nações estarão sob o domínio de Cristo. Nós estamos realmente ainda lá no versículo 14. Vamos voltar a esse versículo chave. Deus está tomando dentre os gentios um povo para o seu nome. "Cumpridas estas coisas -" versículo 16 "voltarei". Assim, o programa para a igreja é chamar a igreja e depois voltar. A igreja, de acordo com Paulo, é como uma virgem esperando por seu marido, Efésios 5:25-27. Primeira Tessalonicenses fala sobre a igreja à espera de ser arrebatada. Assim, o programa para a Igreja exige a volta de Cristo.

O programa para as nações exige, também. E nós não temos tempo para desenvolver totalmente tudo isso, mas o programa de Deus para as nações exige que ele volte. Por quê? Salmo 2 diz que ele tem de voltar e governar as nações. Quer dizer, essa é uma profecia familiar para qualquer estudante da Escritura. Joel 3:2 "Entrarei em juízo contra elas" fala sobre um momento em que o Senhor vem e "reúne todas as nações", e as faz "descer ao vale de Josafá," Isso é futuro.

Mais abaixo no versículo 9, ele fala sobre uma guerra. Ele fala sobre forjar os arados em espadas e "foices em lanças" e ele está falando aqui sobre a grande batalha do Armagedom, "Multidões, multidões no vale da decisão." Está chegando um tempo futuro, uma futura guerra, um futuro julgamento, e durante a guerra, e no momento do referido julgamento, o Messias virá e efetuará Seu grande julgamento.

Na verdade, ele diz em Joel 3:12, "porque ali me assentarei para julgar todas as nações em redor." Esse é dever do Messias. Assim, o programa para o futuro julgamento das nações, o vale de Josafá, no vale da decisão, o julgamento das nações exige que Jesus volte.

Número seis, o programa para Israel exige que Ele volte. Você pode ler o Antigo Testamento - eu nem sequer preciso lhe dar muitos textos - mas você vai encontrar várias vezes no Antigo Testamento que Deus prometeu a Israel um reino. Ele prometeu que o Messias viria e lhes daria o reino. O Messias veio, mas eles não obtiveram um reino. Por exemplo, Isaías 59:20: "Virá o Redentor a Sião e aos de Jacó que se converterem, diz o SENHOR. Quanto a mim, esta é a minha aliança com eles, diz o SENHOR: o meu Espírito, que está sobre ti, e as minhas palavras, que pus na tua boca, não se apartarão dela, nem da de teus filhos, nem da dos filhos de teus filhos, não se apartarão desde agora e para todo o sempre, diz o SENHOR."

Em outras palavras, Deus diz: "Eu virei e eu estou indo para salvar-vos com salvação eterna." Bem, obviamente que não aconteceu com Israel. O Messias não fez isso. A primeira vez que Ele veio eles O mataram, eles O rejeitaram. Mas ele vai voltar outra vez e eles vão crer nele. Jeremias 23:5, "Eis vêm dias, diz o Senhor, diz o SENHOR, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, rei que é, reinará, e agirá sabiamente, e executará o juízo e a justiça na terra. Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará seguro". Bem, você sabe que isso não aconteceu. O Messias virá, os salvará, lhes dará paz, prosperidade, segurança, e um reino.

Filho, Deus Espírito Santo prometeram. O programa que Deus tem preparado para as nações, para Israel, para a igreja, tudo exige o retorno de Cristo. Ele tem que voltar para julgar as nações. Ele tem que voltar para recolher a igreja. Ele tem que voltar para dar o reino a Israel.

Três outros pontos simples. A humilhação exige que Jesus Cristo volte, a humilhação de Cristo exige que Ele volte. Ele veio a este mundo e eles O rejeitaram. Viraram as costas para Ele. Eles O recusaram. Essa não pode ser a forma como a história termina. Não pode acabar assim. Ele virá novamente. Haverá um momento em que Jesus retorna em glória e eles O adorarão.

Em Mateus 26, você sabe da terrível história que está sendo contada nesta seção de Mateus sobre a morte de Cristo. Mas, no meio dela, para conferir com o sumo sacerdote, ouça o que Jesus diz em Mateus 26:63. "Jesus, porém, guardou silêncio. E o sumo sacerdote lhe disse: Eu te conjuro pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus. Respondeu-lhe Jesus: Tu o disseste; entretanto, eu vos declaro que, desde agora, vereis o Filho do Homem assentado à direita do Todo-Poderoso e vindo sobre as nuvens do céu. Então, o sumo sacerdote rasgou as suas vestes" o que ele pensava ser uma blasfêmia. E então eles cuspiram em Sua face. Eles Lhe deram socos com seus punhos.

Jesus disse: "Você não me viu por último. Eu não vou deixar esta saga termine com minha humilhação. Você me verá em poder e você me verá em glória." O mundo, acredite em mim, não viu o produto final de Jesus. É inconcebível para qualquer cristão, para não falar de Deus, que a última visão que o mundo teria de Jesus Cristo seria a de em sangramento, morrendo, criminoso crucificado, com sangue, saliva, e moscas em todo Seu corpo, pendurado nu a céu aberto na Judéia. Não o Filho de Deus. Essa não é a visão final.

Número oito, outra razão porque Jesus está vindo é a exaltação de Satanás que exige isso. Satanás tem uma exaltação temporária. Três vezes nas Escrituras, ele é chamado de "o príncipe deste mundo." Paulo o chama de "o deus deste século." João diz que "o mundo inteiro jaz em seus braços." O escritor de Hebreus diz que tem o "poder da morte" mas Jesus quebrou esse poder. Em 1 João 3:8 diz que Jesus veio para destruí-lo, para destruir o diabo. Ele veio para destruí-lo. Romanos 16:20, "O Deus da paz em breve esmagará a Satanás." Jesus tem que voltar para destronar o usurpador que tomou o trono deste mundo.

E, finalmente, número nove, a expectativa dos santos exige isso. A expectativa dos santos exige isso. A promessa da Trindade exige isso, o programa de Deus exige, a humilhação de Cristo exige, a exaltação de Satanás exige isso, e nossa esperança exige isso. Se temos esperança só neste mundo, somos de todos os homens, o que? os mais miserável. Temos esperança porque sabemos que Jesus está vindo, que há uma vida eterna adiante.

Mas não só isso, não estamos apenas olhando para o céu, nós estamos olhando para Cristo. Ouça Tito 2:11: "Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens, educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente, aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus". Nós estamos olhando para Cristo. Segunda Timóteo 4:8 diz "a todos quantos amam a sua vinda."

Por isso, é fundamental para o evangelho cristão e a fé cristã crer na segunda vinda de Jesus Cristo. A credibilidade da Trindade está em jogo, a integridade do programa de Deus para a igreja, para Israel, e para as nações está em jogo. E o destronamento de Satanás está em jogo, bem como o cumprimento da expectativa e esperança dos crentes.

O livro de Apocalipse vai desdobrar elementos de todos esses nove que atravessamos. Mas toda essa discussão que lhe dei foi apenas para sublinhar a declaração do versículo 7 de abertura, "Eis que" sublinhar a palavra. "vem" Tudo demanda isto. Ele está vindo.

Agora, como João nos dá uma pré-visualização, observe com muito cuidado. Eu vou lhe dar algumas ideias muito simples e diretas. Ele nos mostra a glória disso, que é o primeiro ponto. Tudo que vimos até agora foi apenas a introdução. Aqui estão os pontos que quero realmente que você se concentre. Agora que você sabe que Ele está vindo e tudo exige por isso, em primeiro lugar, a glória disto. A glória de Sua vinda é indicada pela frase "com as nuvens."

Se você estudar a Bíblia, você encontrará nuvens desempenhando um papel importante. Uma nuvem era o símbolo da presença de Deus com o Seu povo no deserto, na peregrinação no deserto. Você se lembra que eles foram conduzidos por uma nuvem durante o dia. Também lembre-se que a nuvem da glória de Deus encheu o tabernáculo em Êxodo 40, quando foi construído. Você também vai se lembrar que, quando o templo foi concluído em 1 Reis 8:10 "A nuvem -" da glória de Deus "- enchia o templo." Você também se lembra em Daniel 7:13 que o "Filho do Homem virá com as nuvens do céu".

Você se lembra quando Jesus subiu o monte e foi transfigurado, você sabe que em Mateus 17:5 basicamente diz que uma nuvem desceu sobre o Filho do Homem naquele monte da glória. Quando Jesus subiu em Atos 1:9, "uma nuvem o encobriu dos seus olhos." E quando Ele vier de novo, Mateus 24:30, Ele virá "nas nuvens do céu."

E assim, aqui nós vemos novamente que vem com as nuvens. Qual é a questão aqui? Bem, isso poderia significar que é uma origem divina. Ele está vindo do céu onde as nuvens estão. Mas eu acho que é mais do que isso. Na verdade, eu nem sequer pensar que a questão aqui seja tanto uma espécie de nuvem terrena. Eu acho que essa é uma nuvem de glória ou nuvens, nuvens e nuvens de glória.

Se você voltar no Antigo Testamento, todo o caminho de volta a Genesis, você lê sobre a glória Shekinah [???], que era luz, luz; chamas, luz brilhante, Deus se manifestando na luz que podia ser vista. Ela também podia ser ouvida porque eles ouviram no Jardim. Diz que eles ouviram Deus movendo-se no jardim. Deve ter sido uma luz brilhante, energizada. Deus é Espírito, e não um corpo. Deus não é um homem, mas ele revelou-Se em algum tipo de luz energizada, em chamas. Era tão poderoso e tão escaldante que ninguém poderia vê-lo totalmente e viver, ele diz em Êxodo 33. Então você pode apenas ver um pouco dele. Tinha que ser velado.

Mas no futuro, quando Cristo voltar, a glória não será velada. A primeira coisa que Deus vai fazer é transformar o universo. O sol sai, a lua sai, as estrelas saem, e todo o universo ficará escuro como breu. E vamos ver isso no livro do Apocalipse. E no universo escuro como breu, a glória vem do céu, a glória de flamejante de Jesus Cristo como um milhão de sóis.

Assim, vemos, então, a glória da Sua vinda. Aliás, você sabe o que provoca essa nuvem? O brilho intenso e flamejante de Cristo, que é a imagem expressa do Pai, que é o resplendor da Sua essência, Hebreus 1 diz isso. E você adiciona a isso 10.000 vezes 10.000, e milhares e milhares, o que significa um número incontável de santos anjos em glória fulgurante, e você adicionar a isso todos os santos glorificados do Antigo Testamento e do Novo Testamento, que estão em robes brancos fulgurantes cavalgando em cavalos reluzentes.

A palavra é leukon [???], que significa "flamejante", e não apenas um plano branco. Você tem um cortejo saindo do céu escuro, preto, e é uma luz indescritível. E quando se diz: "Ele está vindo com as nuvens", isso não significa que Ele vai estar navegando em um pequeno puff branco. De modo nenhum. Assim será essa glória - e, acreditem, há mais detalhes para vir sobre isso.

A segunda coisa que ele apresenta é o escopo da mesma. Versículo 7: "Todo olho o verá." Todos os olhos. Sua vinda será visível para a raça humana, todo mundo, o mundo inteiro. Desta vez não haverá erro. Da primeira vez que Jesus veio a Sua glória foi velada, não foi? Ela foi velada em carne humana. Uma vez no monte da transfiguração, ele puxou o véu e viram a glória fulgurante, e eles ficaram em pânico, Pedro, Tiago e João. Eles estavam cheios de medo. E eles eram crentes. E esse foi apenas um pequeno vislumbre da glória, mas foi velada pela Sua carne humana. Foi coberta. Estava escondida. Quando ele voltar, não será assim. E todos os olhos na face da terra O verão.

E então ele divide isso em dois grupos. "Mesmo aqueles que o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele." Esses são os dois grupos. Você diz: "Quem são eles?" "Aqueles que o traspassaram." Não os soldados romanos. Eles estão mortos há muito tempo. Eles não vão vê-Lo. De quem é que ele está falando? Deixe-me mostrar-lhe de quem ele está falando.

Vá para João 19:37. Eles chegaram, é claro, os soldados, e lhe "abriu o lado com uma lança" versículo 34, "e logo saiu sangue e água." Eles não tiveram que quebrar Suas pernas. Ele já estava morto. Então, versículo 36 diz: "Nenhum dos seus ossos será quebrado", como a Escritura disse, e "veio a morrer." E então outra escritura diz: "olharão para aquele a quem traspassaram". Ao que isso se refere?

Ele está falando sobre a profecia de Zacarias. E quem disse Zacarias que era este grupo que "olharão para Aquele a quem trespassaram"? Zacarias disse que eram os judeus. Seriam os judeus. Zacarias disse que o dia virá em que "olharão para Aquele que trespassaram", e ele quis dizer com isso os judeus. Você diz: "Como você sabe disso?" Porque isso é exatamente o que ele diz. "Eu derramarei sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém, o Espírito de graça e de súplicas, para que eles olhem para mim, a quem traspassaram." Quem perfurou Jesus? Não foram os romanos. Quem foi o responsável por sua morte? . Israel

Veja Atos capítulo 2. Em Atos 2:22, "Varões israelitas, atendei a estas palavras: Jesus, o Nazareno, varão aprovado por Deus diante de vós com milagres, prodígios e sinais, os quais o próprio Deus realizou por intermédio dele entre vós, como vós mesmos sabeis; sendo este entregue pelo determinado desígnio e presciência de Deus" e aqui vem, os homens de Israel "vós o matastes, crucificando-o por mãos de iníquos". Mas você fez isso.. Você usou as mãos dos romanos, mas você fez isso.

Atos 03:14. "Vós" ele está falando aqui para os judeus "Vós, porém, negastes o Santo e o Justo e pedistes que vos concedessem um homicida. Dessarte, matastes o Autor da vida" É isso. São os judeus.

E assim, o que ele está dizendo no versículo 7? Os judeus que o traspassaram, eles O verão. Eles O verão. Agora ouça-me. O que você vai encontrar no livro de Apocalipse é alguns desses judeus foram salvos na época em que Ele vier. Na verdade, há 144.000 deles, 12.000 de cada tribo que são salvos, e eles estão evangelizando o mundo. E haverá outros judeus que serão salvos na segunda metade de um tempo chamado a tribulação, mesmo antes da vinda Dele. E assim alguns que vão olhar para Ele, alguns dos judeus, terão sido salvos por esse tempo. Mas para outros judeus, quando eles O virem, vindo do céu, não terão sido salvos ainda. Mas, naquele momento, eles serão salvos.

Há um período de tempo em que Cristo vem do céu antes do julgamento final, talvez dias, talvez horas, não sabemos em quanto tempo, mas haverá tempo para se arrepender. E eu acredito que para a grande vasta nação de Israel, será o momento da salvação dos judeus, os que estiverem vivos naquele momento.

Volte para Zacarias capítulo 12 e eu só vou desdobrar esta tremenda verdade para você. Zacarias 12:10, "E sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém derramarei o espírito da graça e de súplicas." O que significa isso? Estou indo salvar os judeus. Estou indo salvá-los. "olharão para aquele a quem traspassaram; pranteá-lo-ão como quem pranteia por um unigênito e chorarão por ele como se chora amargamente pelo primogênito." Por que eles vão chorar? Vou lhe dizer porque eles vão chorar. Eles vão chorar por causa do que eles fizeram com o Messias.

Há um dia se aproximando quando Deus salvará a casa de Davi, quando Ele salva os judeus, quando Ele derrama graça e súplicas sobre eles. A palavra "súplica", Ele lhes dá o espírito de arrependimento, pelo qual eles imploraram por perdão. Eles suplicam por perdão. Farei isso por eles, e eles verão Aquele que traspassaram vindo do céu, e chorarão por ele como alguém chora quando perde o seu único filho, e eles vão chorar amargamente como a perda de seu primogênito, porque perceberão o que eles fizeram. Perceberão o seu pecado, e suas lágrimas serão lágrimas de arrependimento".

"Naquele dia”, versículo 11 diz: "será grande o pranto em Jerusalém, como o pranto de Hadade-Rimom, no vale de Megido." Haverá um terrível luto, uma época terrível, muito parecida com o luto no vale de Megiddo, quando o piedoso rei Josias foi morto pelo Faraó Neco, e que está registrado em 2 Crônicas 35. Será um tempo terrível de luto.

O versículo 12, "A terra pranteará, cada família à parte; a família da casa de Davi à parte, e suas mulheres à parte; a família da casa de Natã à parte, e suas mulheres à parte", e Levi, os simeítas, e todos os demais irão lamentar, todas as mulheres lamentarão, e cada família vai lamentar. Todo Israel.

Cristo vem em glória refulgente. Todos no mundo inteiro O verá. Os judeus O verão. Alguns deles serão salvos, mas, neste momento, os que ainda não foram salvos vão chorar em arrependimento e súplica, e eles provarão a graça e perdão de Deus. 13: 1 - isto é tão bonito, "Naquele dia" naquele mesmo dia, quando Ele vier "haverá uma fonte aberta para a casa de Davi e para os habitantes de Jerusalém, para remover o pecado e a impureza". O que Ele fará? Ele vai purificá-los. Ele vai para purificá-los. Que uma verdade maravilhosa! Salvação.

Naquele dia, em um único dia, Deus diz: "Tirarei a iniqüidade desta terra num só dia." E esse é o dia da Sua vinda. Lá atrás em Zacarias 3:9, "tirarei a iniqüidade desta terra num só dia." Você sabe o que significa lamentar, golpear o peito na tristeza, lamentar, chorar? Este é o pranto de arrependimento. Agora marque isso em sua mente. Quando Jesus vier, em glória fulgurante, os judeus se arrependerão, os judeus se arrependerão.

Isaías 25 diz: "Naquele dia, se dirá: Eis que este é o nosso Deus, em quem esperávamos, e ele nos salvará." Uau. Os 144.000 já terão sido salvos. Eles terão evangelizado o mundo, e mais particularmente os judeus, então os judeus ouvirão o evangelho. Eles verão Cristo vindo da glória, e eles baterão em seus peitos, enquanto soberana e graciosamente Deus derrama sobre eles um espírito de súplica e os faz implorar por perdão. Nesse momento, Ele envia uma fonte da limpeza para lavá-los de seus pecados. E acontecerá Romanos 11 onde Paulo diz: "Então, todo o Israel será" o quê? "Salvo." Os judeus O verão, e eles chorarão o choro de arrependimento.

Mas observe o outro grupo que O verá  "E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele." Todas as tribos da terra? Que são elas? Mateus 24:30 nos diz muito claramente. Diz em Mateus 24:30, "Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão" mesma coisa "e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória". Agora, quando eles O virem chegando, eles lamentarão também. Ouça com atenção. No entanto, não será o pranto de arrependimento.

Esses são os gentios. Este é o resto do mundo. A palavra "lamentar" aqui é interessante. É a palavra kopto [???]. Literalmente significa "cortar". Por que eles usam a palavra "cortar"? Porque se trata de uma imagem oriental. Quando as pessoas estavam em profundo desespero, por alguma estranha razão eles cortavam-se. Você conhece pessoas que ainda fazem isso? Não é incomum eu falar com alguém que me diz que eles estavam em desespero terrível, e em seu desespero eles se cortaram.

Em 1 Reis 18:28, os profetas frenéticos e em pânico de Baal, horrorizados porque Baal não estava ouvindo sua orações, "cortavam-se, de acordo com seu costume, com espadas e lanças, até correr o sangue." as pessoas em desespero se cortam. Os orientais faziam isso comumente. E como eu disse, algumas pessoas ainda fazem isso. E assim cortando a si mesmo tornou-se um meio de expressão de lamento.

Quando Jesus vier, os judeus se lamentarão, será um pranto de arrependimento, de acordo com Zacarias. O mundo vai chorar, mas não é um pranto de arrependimento. 9:21: "nem ainda se arrependeram dos seus assassínios, nem das suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem dos seus furtos." Não é o remorso de arrependimento. Na verdade, eles realmente acabam xingando Deus, blasfemando contra Deus, e de forma alguma se arrependendo. Dois grupos, o escopo da vinda de Cristo, todo mundo O verá. Os judeus se chorarão o choro de arrependimento. Os gentios chorarão o choro do julgamento e medo.

Terceiro ponto neste pequeno resumo, a resposta à segunda vinda. A glória vista nas nuvens, o escopo disso visto nas pessoas que a vêem, a resposta a ela, eu amo isso. "Mesmo assim, Amém." Esse é o original “toca aqui” espiritual. João está dizendo, "Sim, é isso aí. Faça isso." Essa é a resposta. Ele usa duas palavras aqui, uma grego e uma hebraica. Nai [???] é uma palavra grega que significa "sim". Amém [???] é uma palavra hebraica que significa "sim". E assim ele toma ambos os idiomas e faz uma afirmação. Ele faz a mesma coisa em 22:20. "Amém. Vem, Senhor Jesus." Sim, faça isso. João é entusiasmado. Esta é a sua resposta. Esta deve ser a nossa resposta.

Finalmente - isto é simplesmente emocionante - você tem de segurar isso. A última característica deste resumo do livro relativo ao retorno de Cristo à terra, é a certeza disto, a certeza disso. E aqui vem no versículo 8, o Senhor Deus diz: "Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso" Eu li alguns comentários - na verdade, eu provavelmente li cerca de vinte comentários esta semana sobre esta seção - e alguns deles dizem:" Nós não sabemos por que este versículo está aqui. Nós não sabemos se há alguma conexão com o versículo 7. Parece que Ele só diz isso e não sabemos se tem algum significado no contexto.

A primeira vez que li isso eu entendi por que estava aqui. Você sabe por que ele está aqui? Porque Deus está dizendo, se você acha que isso não pode acontecer, eu só quero afirmar quem é responsável por este evento e quem Ele é. Então, "diz o Senhor Deus." O orador é o Senhor. Esta, aliás, é sua assinatura da certeza da segunda vinda. Isto é absolutamente magnífico. Deus coloca Sua assinatura nesta profecia, enfatizando três dos Seus atributos, três muito familiares.

Número um, Sua onisciência. "Eu sou o Alfa e o Omega." O que são "alfa" e "ômega"? Primeira e última letra do quê? Do alfabeto grego. O que isto significa? Ouça, um alfabeto é uma forma engenhosa para armazenar e comunicar todo o conhecimento. Quantas letras há em nosso alfabeto? Vinte e seis. Quantas palavras podem ser formadas a partir disso? Um número infinito de palavras a partir 26 letras. É uma coisa muito engenhosa, um alfabeto. E com 26 letras em nosso alfabeto, dispostas em quase infinitas combinações, podemos deter e transmitir todo o conhecimento. Não há combinação de letras fora do nosso alfabeto isso faz algum sentido. Se você lançar alguma coisa louca ali que não funciona com o nosso alfabeto, que não seja familiar e não pertença a ele, é um absurdo para nós. Nosso alfabeto contém todo o conhecimento.

Por que Deus está dizendo: "Eu sou o Alfa e o Omega?" Ele está dizendo: "Eu sou o alfabeto supremo, soberano no qual está contido todo o conhecimento." Isso é o que Ele está dizendo. "Eu sou aleph a taw. Eu sou o Alfa e ômega, sou A a Z." Porque alguém pode chegar e dizer: "Bem, você diz que Jesus está vindo. Bem, talvez você não saiba tudo. Talvez haja algo que possa impedir este negócio que você nem conhece.”

E ele diz:" Olha, eu sou o A e Z. Tenho todo conhecimento. Não há informações, não há conhecimento, não há verdade, não há entendimento, não há sabedoria fora do que eu sei. Quando eu digo que Cristo está vindo, eu estou lhe dizendo que não haverá nenhuma surpresa porque não há nada fora do meu conhecimento. Eu sou o Alfa e o Omega. Eu sei tudo. E uma vez que tenho todo o conhecimento, não há nada que eu não saiba. Não há nada que exista ou que pudesse acontecer para frustrar esse plano porque não há nada que eu não saiba. Não há fatores desconhecidos que poderiam sabotar a segunda vinda.”

O segundo atributo, Ele ressalta, é a Sua onipresença. Ele se identifica como Aquele "que é, que era e que há de vir." Essa é realmente uma declaração surpreendente. Ele não diz: "Eu sou o único que estava lá, que está aqui, e que estaár acolá." Ele apenas diz: "eu era, eu sou e eu serei." Está em aberto. Aqui Deus está afirmando Sua presença eterna. Ele está em toda parte em todos os momentos. Ele sempre foi. Ele sempre será. E ele é. Sua presença não é limitada. Sua presença não é limitada pelo tempo ou pelo espaço.

Alguém poderia dizer: "Bem, você sabe, que você pode saber o que você sabe, porque você sabe o que você sabe sobre os locais onde esteve. Mas pode haver alguns lugares fora do local onde você foi, então pode haver algo lá que você não conhece." E Deus está dizendo: "Eu estou em todos os lugares o tempo todo em todos os momentos, e então não há nada fora de onde estou. Não há nada que possa acontecer antes que eu esteja por perto e não há nada que possa acontecer depois que eu sair porque nunca há um antes que eu esteja lá e nunca há um momento em que eu esteja fora. E quando eu digo Jesus está vindo, está resolvido, porque todos os assuntos, todos os problemas, todas as pessoas, todos os eventos, todos os lugares e todas as realidades por toda a eternidade são visíveis para mim.”

O terceiro atributo é onipotência. No final do versículo 8 Ele diz que eu sou "o Todo-Poderoso." Alguém vai chegar e dizer: "Bem, sim. Talvez Ele seja onisciente e Ele saiba de tudo, e talvez ele esteja em toda parte, e não há nada em qualquer lugar que Ele não esteja plenamente consciente. Mas talvez haja alguém que seja mais poderoso do que ele. E que esse alguém possa derrubar o plano.”

Assim Ele diz:" Se você está pensando isso, lembro a você: 'Eu sou pantokrator [???]" grego “Aquele que te todo poder" Não seria muito bom ter todo o conhecimento e estar presente em toda parte, se você não tem todo o poder, não é? Porque toda essa informação e toda essa observação não significa nada se você não pode controlar o que estava acontecendo. "O Deus Todo-Poderoso", a propósito, é usada nove vezes no livro de Apocalipse.

Ele é o poder supremo. Sim, Ele tem todo o conhecimento. Sim, Ele está sempre e em toda parte presente. E sim, Ele está em absoluto, soberano, e completo controle de todas as coisas. Quando João diz que Ele está vindo, Ele está vindo. E Deus vai garantir isso. E Ele virá em uma nuvem de glória e todo o mundo O verá. Os judeus irão chorar e serem salvos. Os gentios irão chorar e serem destruído. E nossa resposta deveria ser: "Sim, sim, deixe que isso aconteça." E Deus diz: "Acredite em mim, isso vai acontecer." O versículo 7 é verdadeiro porque Deus garante isso por Sua pessoa no versículo 8.

Jesus Cristo, uma vez deixou o céu para vir à terra em humilhação. Ele estará de volta em exaltação. Certa vez, ele deixou o céu para ser morto. Ele vai fazê-lo novamente para matar. Certa vez, ele deixou o céu para servir. Ele vai fazê-lo novamente para ser servido. Certa vez, ele deixou o céu para oferecer a graça. Ele vai fazê-lo novamente para exigir justiça. Certa vez, ele deixou o céu para buscar e salvar. Ele vai fazê-lo novamente para procurar e destruir. A pergunta sempre neste livro é, você está pronto? Ele está vindo.

John Phillips escreve: "Uma das passagens mais comoventes da história inglesa fala das conquistas e cruzadas de Ricardo I, Ricardo Coração de Leão. Enquanto Ricardo estava longe surrando Saladino, seu reino caiu em tempos difíceis. Seu irmão astuto e sem qualquer cerimônia, João, usurpou todas as prerrogativas do rei e abusou do reino. O povo da Inglaterra sofreu, desejando o retorno de seu rei e orando para isso ocorresse muito em breve.

"Então, um dia Ricardo voltou. Ele desembarcou na Inglaterra e marcharam em linha reta para o seu trono. Em meio a essa chegada deslumbrante, muitas histórias são contadas, tecidas nas lendas da Inglaterra. Uma delas é a história de Robin Hood. Os castelos de João caíram como garrafas de boliche. O grande Ricardo reivindicou o seu trono e ninguém se atreveu a ficar em seu caminho. As pessoas gritavam satisfeitas. Elas tocavam constantemente os sinos. O leão estava de volta e eles gritavam: "Viva o rei.”

“E um dia um rei muito maior do que Ricardo vai reivindicar um reino muito maior do que a Inglaterra. E aqueles que têm abusado da terra na sua ausência, e aqueles que tomaram seus domínios, e administraram mal Seu mundo serão todos postos de lado".

E somente aqueles que O amam e dobram os joelhos à Sua soberania, participarão de Seu reino. Vamos inclinar em oração.

Pai, nós te agradecemos por esta visão apressada e ainda assim emocionante da vinda de Cristo. E nós dizemos com João, "Mesmo assim, amém, que isso aconteça." Ao mesmo tempo, Pai, nós oramos para que cada pessoa aqui esteja pronta, pronta, porque se submeteram a Cristo.

Enquanto suas cabeças estão inclinadas apenas por um momento e você está meditando, se você não conhece o Senhor Jesus Cristo, você não está pronto para a Sua vinda. Não há nenhuma garantia que você vá sobreviver ao holocausto de eventos que se seguirão à volta de Jesus, porque a maioria do mundo vai morrer. Não há nenhuma garantia de que você estará entre aquelas pessoas que O verão vindo nos ares.

Mas você foi capaz de ver que, não há nenhuma garantia de que você então se arrependeria, porque a grande população do mundo não tem essa garantia. É por isso que Paulo disse: "Hoje é o dia da salvação." Pedir a Jesus Cristo para salvar você, arrepender-se de seu pecado, abraçá-Lo como Senhor e Salvador é para este momento, por enquanto, para esta noite. Confio que você abrirá seu coração para Ele.

Pai, fale aos corações. Que ninguém esteja despreparado para aquele momento inevitável e todos esses trágicos acontecimentos que antecedem a vinda de Cristo no julgamento. Tem misericórdia de muitas almas e salve-as por causa de Jesus. Amém.

FIM

This sermon series includes the following messages:

< !--Study Guide -->

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

Donation:
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize