Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Bom, eu estou esta noite feliz por um pouco de tempo extra porque eu tenho muito em meu coração que eu quero dizer ao longo de nossa série sobre as origens. No domingo passado comecei a conversar com vocês sobre a questão das origens e hoje à noite quero continuar na segunda parte sobre a questão da criação e o evangelho. Como eu disse a última vez, a questão das origens é absolutamente crítica para todo o pensamento humano, o comportamento humano e a vida humana. É a base da nossa existência. É a base do nosso propósito. É a base do nosso destino. Sem uma compreensão correta das origens não há nenhuma maneira de compreender a nós mesmos. Não há nenhuma maneira de entender a nossa terra, nosso universo ou o sentido último de qualquer coisa.

E há apenas duas opções quando se trata de origens. As duas opções são: existe um Deus Criador, ou não existe. Essas são as duas únicas opções. Não quer é um Deus Criador ou não existe. Se não existe, então tudo é um implausível. impossível irracional resultado do acaso. E a equação que eu lhe dei na semana passada é, "ninguém vezes nada é igual a tudo." Se por outro lado há uma inteligência criativa, se existe um Deus Criador, então a criação é compreensível. É possível, é plausível é racional. E até mesmo os cientistas que deixaram a sua marca no mundo científico, aqueles que pensam de forma honesta e fazem confissões honestas sobre as origens, irão dizer-lhe que deve haver uma inteligência criativa. Mesmo Einstein disse isso.

Recentemente o conhecido cientista que ensina na Universidade de Lehigh, na Pensilvânia, escreveu um livro chamado A Caixa Preta de Darwin. Ele é um cientista. Ele não é um cristão. Mas ele diz, com efeito, rapaz. O ardil é longo. Não há explicação para este universo para além de um criador inteligente. Essa é a única coisa que faz algum sentido. Darwin explicou o universo puramente na base da aparência externa. Mas quanto mais a ciência se aprofunda, é forçada à conclusão de um Deus Criador. Por trás deste complexo universo há um ser incompreensível, inteligente, poderoso e eterno que fez tudo. Essa é a única coisa que faz sentido. Na verdade a evolução de qualquer forma não faz sentido.

Agora a questão é, se este universo é produto de um Deus Criador com uma quantidade infinita de inteligência e poder, como não conseguimos saber nada sobre esse Deus? Como podemos saber quem Ele é e como Ele criou? Bom, só há uma resposta, e essa é que só podemos saber sobre Ele e como Ele criou se Ele escolher nos dizer. Essa é a única maneira que podemos saber. E Ele escolheu? Sim ele escolheu. Na verdade, Ele revelou um total de 66 livros de auto-revelação pessoal. E incluída, nessa revelação em que Deus se revelou, está a instrução muito clara sobre como Ele criou o universo.

Por exemplo no Salmo 19 o salmista escreve estas palavras familiares "Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite.". Em outras palavras, dia e noite, tudo no universo fala de um Deus Criador. "Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som." Em outras palavras, é uma revelação silenciosa mas é uma revelação que é inconfundível. Basta olhar para a criação, olhar para o universo, olhar para os céus e sua extensão e tudo o que ele criou durante o dia e durante a noite, e é claro. Ele diz "por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo." Todo mundo no globo pode olhar ao redor e ver a evidência criativa de um Deus Criador.

O salmista passa a falar sobre o fato de que Ele fez o universo criado "Aí, pôs uma tenda para o sol, o qual, como noivo que sai dos seus aposentos, se regozija como herói, a percorrer o seu caminho. Principia numa extremidade dos céus, e até à outra vai o seu percurso; e nada refoge ao seu calor." Ele escolhe aquele corpo, aquele corpo celestial de grande extensão do universo, aquele corpo celeste que mais domina nossa vida, aquele que está mais próximo de nós em termos de uma estrela, o que tem o maior impacto sobre nós, aquele que nos afeta, o sol, o inconfundível. E ele diz sobre o sol, que o sol segue o seu percurso de uma extremidade do céu à outra, de modo que em nenhum lugar do universo criado seu calor não é sentido. Isso é uma das coisas que a ciência tem descoberto nos tempos modernos, que o sol está em órbita. Falamos sobre o sol como o centro do nosso sistema solar e tudo que orbita em torno dele, mas você precisa saber que a ciência descobriu que o próprio sol tem uma órbita e essa órbita vai de uma extremidade do espaço infinito para o outro. O sol está se movendo e arrastando todo o nosso sistema solar com ele. Não é fixo mais do que as coisas que giram ao seu redor são fixas. Assim, o salmista diz que você pode olhar para cima, você pode olhar para o universo, olhar para a criação e ela lhe dá o testemunho em alto e bom som da glória de Deus, da majestade de Sua inteligência, do caráter maciço do seu poder para criar tudo isto.

Em Hebreus capítulo 1, indo para o outro extremo da Bíblia, lemos que, "Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo." Hebreus 1 diz que Deus fez o mundo. O Salmo 19 diz que Ele fez o universo. Hebreus 1 diz que Ele fez o mundo. A única maneira que vamos saber disso é se Deus nos disser. Somos naturais. Deus é sobrenatural. O natural não pode compreender o sobrenatural. Então por nós mesmos não podemos encontrar a Deus, não podemos descobrir Deus. Estamos trancados em um mundo no tempo-espaço. Não podemos rastrear fora dele para a eternidade e compreender o que é incompreensível. As únicas coisas que sabemos sobre Deus são aquelas que Ele nos disse, e é por isso que Ele nos deu a Bíblia.

Primeira Timóteo 3, 2 Timóteo 3, desculpe, diz palavras familiares que nos são familiares. "Toda a Escritura é inspirada por Deus" 2 Timóteo 3:16. "Toda a Escritura é inspirada por Deus." Deus a soprou, de modo que é a Sua Palavra. Segunda Peter 1, "sabendo, primeiramente, isto: que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação; porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo." A única fonte de conhecimento que temos sobre Deus é a Bíblia, e a evidência externa de Deus na criação. Nós podemos saber sobre Deus pela criação; não podemos conhecer a Deus a não ser através das Escrituras. Podemos saber que Ele criou quando olhamos para a criação em torno de nós. É razoável supor que havia um Criador. Mas não podemos saber como Ele criou sem que tenha revelado a nós. Assim podemos saber algumas coisas através do que os teólogos chamam de revelação natural. Mas para realmente conhecer Deus, como Ele criou, como Ele opera e como Ele salva, temos de ter a revelação especial que é a Bíblia e a Bíblia somente.

Agora com isso em mente, volte a Gênesis capítulo 1. Quando Deus começou a Bíblia como Sua auto-revelação, Ele começou no início. Ele começou com um relato das origens. Ele começou dizendo como ele criou o universo. Versículo 1 de Gênesis 1 diz, "No princípio criou Deus os céus e a terra." E então Ele prossegue no capítulo 2 versículo 4 com uma descrição precisa e exata de como Ele criou o universo. Agora este é o lugar onde Gênesis começa. Mas não termina aí. Genesis é um livro de origens. Para mostrar o quão importante Genesis é deixe-me dizer-lhe a gama de origens que são encontradas na revelação deste livro.

Agora, a palavra genesis, aliás, significa origens, começos. E no livro de Gênesis você encontra muitos inícios e muitas origens. Primeiramente, e já notamos isso, você encontra a origem do universo. Gênesis 1:1 é único em toda a literatura, toda a ciência e toda a filosofia. Todos os outros sistemas da cosmogonia explicam o universo, seja em mitos religiosos antigos ou modelos científicos modernos, começa com a matéria eterna, ou energia eterna de alguma forma. Só o livro de Gênesis começa com Deus eterno. Genesis então é o livro da origem do universo.

Em segundo lugar, em Gênesis encontramos a origem da ordem e complexidade. A observação universal do homem de seu mundo é que é é um mundo ordenado. Ele funciona com regras fixas e é profundamente complexo. Ordem e complexidade não surgem espontaneamente. São sempre gerados por uma causa anterior, programada para produzir ordem e complexidade simultaneamente. E no livro de Gênesis encontramos Deus, que programou a ordem e complexidade em seu universo. Também encontramos em Gênesis a origem do sistema solar. No meio deste vasto universo sem limites Deus criou um sistema solar. A Terra, assim como o sol, a lua, os planetas as estrelas do céu, foram trazidos à existência pelo Criador e nos é dito que Ele criou todos eles.

Em quarto lugar, o livro de Gênesis nos fala sobre a origem da atmosfera e hidrosfera. A terra é equipada exclusivamente com um grande corpo de água líquida e uma extensa cobertura de mistura gasosa de oxigênio-nitrogênio, sendo que ambos são necessários para a vida. Estes nunca apareceram em quaisquer outros corpos celestes ou em quaisquer outros planetas, e são explicados apenas pela criação especial de Deus para proporcionar um ambiente para a vida humana.

Também encontramos em Gênesis a origem da vida, as maravilhas do processo reprodutivo. A complexidade quase infinita, programada no sistema genético de plantas e animais, é inexplicável além da criação especial por uma grande, sobrenatural e poderosa inteligência.

Em sexto lugar, e certamente central, Gênesis nos conta sobre a origem do homem. O homem é a entidade mais altamente organizada e complexa no universo. O homem é a ilustração suprema da ordem e complexidade. Ele não possui apenas inumeráveis, estruturas químicas e físicas, nas capacidades maravilhosas de vida e reprodução, mas além dessa parte física do homem, existe uma natureza que pode contemplar entidades abstratas de beleza, amor e adoração, que é capaz de entender e pensar sobre seu próprio significado. É a auto-consciência que singularmente identifica e separa o homem do resto da ordem criada. O registro verdadeiro da criação do homem é dado apenas em Gênesis.

Em Gênesis você encontra também a origem do casamento. A instituição universal e estável notável do casamento e do lar, uma cultura monogâmica, patriarcal, social, é definida e descrita em Gênesis como tendo sido ordenada pelo Criador. E a poligamia, o infanticídio, o matriarcado, a promiscuidade, o divórcio, o aborto, a homossexualidade e todas as corrupções, desenvolvidas mais tarde após a queda, corrompendo a ordem inicial de Deus.

Você também encontrará no livro de Gênesis a origem do mal. A origem do mal físico e moral no universo é explicado em Gênesis como uma espécie de intrusão temporária no mundo perfeito de Deus, permitido por Deus como uma concessão ao princípio da liberdade humana e da responsabilidade, e também para manifestar-Se como Redentor dos pecadores bem como Criador. Você encontra, em nono lugar, no livro de Gênesis, a origem do julgamento sobre o mal. Todas as formas de ira de Deus são postas em movimento e ilustradas em Gênesis.

Além disso, o número dez, no livro de Gênesis, você encontra a origem da salvação pela graça através da misericórdia de Deus e um substituto. Isso está tudo em Gênesis e ele começa a mostrar como Deus é misericordioso para com Adão e Eva em não matá-los, mesmo que merecessem morrer por seus pecados. E então Deus se desenvolve um sistema de sacrifício animal que ilustra um substituto que irá tomar o lugar dos pecadores, que é um ato de misericórdia e graça da parte de Deus. O plano da redenção apontando para Cristo é ainda referido quando o livro do Gênesis fala sobre a semente da mulher, sendo essa a semente plantada por Deus em Maria; o Messias, o Salvador.

É no livro de Gênesis que encontramos a origem da linguagem. Sabe, uma das coisas que os evolucionistas mordem o tempo todo, e eu estava lendo na Newsweek desta semana, é como você vai de macacos para o homem, não apenas fazendo alguma transição física, mas desenvolvendo a linguagem. Como você vai do grunhindo e de fazer barulhos incompreensíveis, para a fala humana. A Newsweek estava tentando apresentar um artigo para responder a isso, e foi simplesmente bizarro, sem sentido e inacreditável. O abismo entre a tagarelice instintiva e irracional dos animais, e a comunicação inteligente ,abstrata e simbólica do homem é absolutamente e completamente intransponível por qualquer processo evolutivo. E o livro de Gênesis não só explica a origem da linguagem em geral - isto é, Deus é um Deus que se comunica e Ele criou alguém à sua própria imagem que assim poderia se comunicar - mas Genesis também nos diz, não apenas como foi dado ao homem por Deus a capacidade de comunicar, mas como tantas línguas decorreram a partir do julgamento de Deus na Torre de Babel. Isso está em Gênesis também.

Você encontra em Gênesis número 12 a origem do governo, o desenvolvimento de sistemas organizados de governo humano para a manutenção das estruturas sociais ordenadas, por meio de sistemas de lei e punição. Você encontra em Gênesis a origem da cultura. Você encontra aqui coisas como a urbanização, o desenvolvimento da metalurgia, música, agricultura, pecuária, escrita, educação, navegação, têxteis e cerâmica. Tudo isso começa no livro de Gênesis. Você encontra em Gênesis a origem das nações, e isso está relacionado, é claro, mais uma vez, com a Torre de Babel, como Deus pega uma raça e a espalha por todo o mundo. Essa é a única fonte que você vai encontrar de como temos tantos povos diferentes espalhados por toda a terra com línguas e culturas diferentes.

Você encontra no livro de Gênesis a origem da religião. Tanto a religião verdadeira como as falsas religiões aparecem, em primeiro lugar, no livro de Gênesis; sistemas organizados de adoração e conduta. A origem da característica única do homem, da própria consciência do homem e sua capacidade de compreender um Deus e estruturar um sistema de resposta ao Deus que ele acredita que existe. Isso tudo aparece em Gênesis.

Você também encontra, significativamente, o número 16 na minha lista, a origem do povo escolhido Israel, que era o canal para a revelação de Deus a todo o mundo. Israel foi o povo de Deus, por meio de quem Ele deu a sua revelação, e por meio de quem veio sua aliança salvadora, em Gênesis 12, a Abraão.

Agora quando você fala sobre as origens você vai ter que voltar para Genesis. Este é um livro de origens. E deixe-me alinhá-lo novamente com o que eu disse no último Dia do Senhor. Ou você acredita em Genesis ou não. É simples assim. Ou você acredita no que Gênesis diz sobre todas essas origens ou você não acredita. E que incluiria se você acredita ou não no relato da criação em Gênesis 1 e 2. E se você não acredita no relato de Gênesis, então eu só eu tenho que lhe dizer você não tem esperança de chegar à verdade. Você não vai encontrá-la. Cientistas não convertidos não vão descobri-la. Ou você acredita em Genesis ou não.

E o que é realmente intolerável é dizer que você acredita na Bíblia mas não apenas no relato da criação. Você acredita em Genesis, você acredita sobre a origem do pecado, você acredita sobre o capítulo 3, talvez. Ou talvez você não tem certeza sobre isso porque você realmente não acredita que houve um Adão real e uma Eva real. Você tem um pequeno problema, porque Jesus disse, "Como em Adão todos morrem assim em Cristo todos serão vivificados" e houve um verdadeiro Cristo, então você pode ter certeza de que houve um verdadeiro Adão. Mas apenas no caso de você não acreditar em um Adão real, talvez você não tenha ido até o capítulo 6, talvez você só acredite no Dilúvio. Bem talvez você não acredite que, talvez você acredite quando a Torre de Babel é descrita mais tarde no capítulo 11, ou talvez você não acredite nisso. Talvez você não acredite até que Abraham aparece no capítulo 12. Muito ridículo, não é mesmo? Quem é você para ficar sentado julgando a Escritura?

Sabe, eu nunca vou ser pego na armadilha de tentar provar a você que Genesis é verdade, pela ciência. Eu vou apenas proclamar o que Gênesis diz e deixar que a ciência dobre seu joelho para essa explicação. Como você verá, ela vai fazer isso. Tudo o que você pode saber sobre como Deus criou é pelo o que Ele disse. Isso é tudo o que você pode saber. E se você não acredita no que Ele disse sobre a criação, que tipo de precedente você estabeleceu para o resto da Bíblia?

E sobre o final? Sabe como toda a história da redenção termina? Você sabe como toda a história da humanidade termina? Termina de acordo com 2 Pedro, quando o Senhor descria universo; eu gosto de usar essa palavra. Os elementos desfarão abrasados. Há algum tipo de, literalmente uma implosão, como a estrutura nuclear, a estrutura atômica do universo, literalmente, totalmente, volta-se contra a sua existência, e leva-o de volta para fora da existência quando Ele descria, Quando os elementos se derretem como com um calor fervente naquele tipo de holocausto nuclear que encerra a história humana.

E imediatamente depois disso diz no Apocalipse que Ele cria um - o quê? Um novo céu e uma nova terra. Deixe-me perguntar-lhe isto, você crê que Ele pode fazer isso? Ou será que vai levar muitos bilhões de anos de processo evolutivo para para se chegar ao novo céu e à nova terra? Será que vai levar bilhões de anos para evoluir o novo céu e a nova terra, ou você realmente acredita que Deus pode ser capaz de fazer isso apenas por decreto, apenas fazendo a declaração e chamando-o à existência? Se você acredita nisso então qual é o seu problema em Gênesis? Se Deus pode destruir todo o universo em uma fração de segundo, se Ele pode dissolver a coisa toda, se Ele pode fazê-la cambalear no tempo da tribulação, e renovar-la durante o tempo do reino, e depois descriá-la totalmente no fim dos mil anos, se ele pode fazer tudo isso então eu não sei por que você tem um problema com Ele criando tudo em seis dias. Você vê, as implicações de rejeitar o relato de Gênesis são profundas.

E ouça-me, porque o que eu vou dizer é muito importante. Não é necessário rejeitar a criação de seis dias. Não é necessário. Temos cedido território à evolução sem causa. A ciência não sabe de nada. Ciência não prova nada que contradiga uma criação em seis dias, nada. Na verdade a ciência, à medida que avança, faz suas próprias alegações de evolução ridículas e mais ridículas o tempo todo. Você sabe - ter uma perspectiva sobre isso é muito importante - nós cedeu aos cientistas muito tempo e é hora de parar. Se você quer fazer algumas leituras sobre isso, compre o livro de Philip Johnson, Darwin Colocado à Prova; ele simplesmente devasta as perspectivas científicas. Cristãos que literalmente aceitam as descrições científicas das origens, e saem de um viés evolucionário como se de alguma forma eles fossem provados, e de alguma forma a Bíblia vai ter que encarar aquele momento, porque uma criação de seis dias não é cientificamente possível; isso simplesmente não é verdade. Mas os resultados são surpreendentes.

A Faculdade de Mestrado por exemplo é membro da Christian College Coalition. É uma coalizão de faculdades cristãs em toda a América das quais existem cerca de 110 faculdades. Das 110 faculdades cristãs da coalizão, seis, que conhecemos, acreditam na criação, no Gênesis; seis das 110 faculdades cristãs. Isso é uma fração pequena pequena. E a maioria dos líderes cristãos, a maioria dos educadores cristãos, permitiram que os ensinamentos da evolução, em um grau ou outro, fossem adicionados à Bíblia; Eles tipo que encontram evolução entre os versículos de Gênesis. A maioria dos líderes cristãos aceitaram o fato de que o universo tem bilhões de anos de idade.

No entanto, claramente, a partir das palavras da Escritura, Deus criou o universo em seis dias literais. E os líderes cristãos não podem negar que isso é o que ele diz, porque isso é o que diz. Você pode traduzi-lo da maneira que quiser, tudo vem à tona. A palavra yom significa dia e você tem seis deles. Mas eles acreditam que de alguma forma, os cientistas provaram que a idade da terra deve ser de bilhões e bilhões e bilhões de anos de idade. Assim, eles acreditam que você tem que voltar para Genesis e corrigi-lo. E assim fazendo, permitiram que a autoridade da Bíblia destruída, certo? É uma coisa séria. Se as palavras da Bíblia significam seis dias, e você conclui, mas a assim chamada ciência diz que não é verdade, então a ciência está certa e a Bíblia está errada. Agora se você não pode confiar nas palavras de Gênesis, quando você vai começar a confiar na Bíblia? É uma acusação triste da igreja, não é mesmo? E os humanistas até mesmo usam a transigência dos líderes cristãos para promover sua causa, para minar o cristianismo. E o que temos é um tipo de cristianismo hoje que perde seus absolutos em Gênesis 1. Isso é triste.

Os líderes cristãos podem não dar o aval, é claro, para a evolução humanista. Eles diriam "Sim há um Deus e Deus de alguma forma está envolvido no processo evolutivo." Isso é chamado de evolução teísta às vezes chamado de criacionismo progressivo, um termo desenvolvido por Russell Mixter no departamento de ciência da Wheaton College, alguns anos atrás. Mas eles diriam "Não, existe um Deus e Deus está, de certa forma, incluindo-se em pontos da evolução teísta". Diz, "Deus lançou isso e começou com isso." O criacionismo progressivo diz, "Ele salta ao longo do caminho mas ainda levou milhões e milhões e bilhões de anos para que isso acontecesse." Essas pessoas chamam a si mesmas crentes em Deus. Elas provavelmente diriam eles acreditam na Escritura. Mas não querem para permitir uma criação em seis dias. Isto levanta imensos problemas, imensos problemas.

Aqui está um deles, eu não vou dar-lhe tudo, mas aqui está um apenas que me parece um problema sério. Se o homem é criado no final do processo evolutivo, se é um processo evolutivo naturalista, ou é um processo evolutivo teísta, lançado por Deus, que alguns cristãos pensam que têm de afirmar a fim de prestar homenagem à ciência, ou se é uma visão criacionista progressiva, onde Deus injeta-se ao longo do caminho, o problema que você tem é que a evolução é um processo - ouça com atenção - a evolução é um processo por natureza, de morte. É um processo conhecido como a sobrevivência, do que? - Do mais apto. É um processo de violência. É um processo de derramamento de sangue. É um processo de sofrimento. É um processo de doença. É um processo de morte à medida que a ordem sobe mais e mais e mais alto até chegar ao homem.

Agora aqui há um problema sério. Você não tem o homem até bilhões de anos e quando o homem surge ele é perfeito, ele é sem pecado e não há tal coisa como a morte. A morte nem sequer entra em cena até que o homem cometa - o que -? Pecado. Como você pode ter a morte antes da queda? Você não tem sequer uma terra amaldiçoada. Todo o registro do Gênesis está em sua cabeça. Se houve todos os tipos de morte nesses bilhões de anos de processo evolutivo, então o que o pecado fez ao mundo que não tinha sido feito? E como poderia Deus que olhou para este negócio evolutivo todo, quando ele finalmente chegou em sua conclusão no homem, e disse que ele o viu e olhou para ele e Ele disse que era bom? Como Deus poderia dizer isso? Você vê, então o pecado de Adão e a maldição da morte não tem sentido, porque houve morte por milênios e há bilhões de anos; isso apenas retrai todo o registro bíblico. Porque o que você tem em Gênesis é um mundo perfeito, até que o homem é confrontado com a serpente e cai em pecado, e Deus amaldiçoa o universo e em seguida vem a morte, a doença, o sofrimento, a violência, o derramamento de sangue, e não antes. Evolução não faz sentido nessa perspectiva.

Você sabe, os cristãos vão chegar lá, você sabe, e eles vão dizer, "Rapaz, nós somos contra o aborto, somos contra a homossexualidade, somos contra Jack Kevorkian porque ele está assassinando pessoas, somos contra a eutanásia, somos contra o genocídio e você sabe nós somos contra os males morais da nossa sociedade, etc. etc. etc." Por que somos contra essas coisas? você pode me dizer por quê? Por que somos contra essas coisas? Dê-me uma razão. Aqui está porque eles são proibidos na Escritura. Não é verdade? A única razão pela qual nós somos contra o aborto é porque Deus é contra ele. Como sabemos disso? Porque está na Palavra de Deus. A razão pela qual somos contra o homossexualismo, o adultério etc. etc. é por causa da Bíblia. Você vê, nós permanecemos na Escritura. Mas o problema é que não querem ficar nas Escrituras, em Gênesis. Então, nós nos equivocamos se a Bíblia é ou não uma autoridade em tudo. O que você acha que o mundo observador pensa sobre nosso compromisso com a Escritura? Muito seletivo, não é mesmo? E novamente digo que tal capitulação à evolução é completamente desnecessário. Nada exige evolução. Na verdade a evolução não pode acontecer. Não pode acontecer.

Deixa-me dizer-lhe porquê. Agora, novamente, eu quero dar um aviso. Eu não sou um cientista, e eu tenho que lhe dizer que eu realmente trabalho duro para tentar entender essas coisas. Vou fazer o meu melhor para torná-lo compreensível para vocês. Eu li alguns livros de um homem chamado Dr. A. E. Wilder-Smith, que tem uma longa lista de letras após seu nome. Ele é um cientista. Agora, apenas para dizer o quanto eu fui nesta leitura, eu li seu livro de capa a capa chamado A Alternativa Científica à Teoria Evolucionária Neo-Darwiniana. Agora, este é um livro muito técnico, e eu não recomendo que você vá tentar encontrá-lo porque você não vai realmente desfrutar dele ao lê-lo. Você apenas tem que tipo que fazer apenas um exercício, em que você é como que forçado a fazer, se você vai fazer o que eu vou fazer. Mas deixe-me destilá-lo para você a tese do livro. A. E. Wilder-Smith neste livro demonstra o absurdo da evolução com base em uma grande realidade, e essa grande realidade é a informação codificada no DNA de organismos vivos. Você pegou isso? Todo organismo vivo tem nele DNA. DNA é o material genético e nesse material genético, em todos os seres vivos, é um código, e é um código operacional. E esse organismo vivo, se você está falando de um celula, ou se você está falando sobre um homem adulto e tudo mais, toda essa operaão de todos os seres vivos é dependente dessa informação codificada. E ouça isso, cada coisa viva diferente tem um código completamente diferente.

Darwin não tinha idéia sobre isso. Não havia nenhum estudo genético quando escreveu seu Origem das Espécies. Ele não sabia nada sobre o DNA. Ele não sabia nada sobre cromossomos. Ele não sabia nada sobre a genética. Não existia como uma ciência. Ele estava apenas descrevendo o que ele pensou que ele estava vendo. Foi tudo de acordo com a aparência, e nada mais. Se Darwin estivesse vivo hoje, e tentasse vender o seu negócio hoje, ele nunca iria decolar; ele não iria acreditar. Ele mal acreditava em seu próprio ponto de vista. Ele certamente não teria acreditado em um dia como o nosso quando temos esta capacidade incrível, para ir com microscópio eletrônico no DNA e ver as informações codificadas em organismos vivos. Todo o reino da genética, Wilder-Smith aponta, é tudo sobre a informação, armazenamento e recuperação; era totalmente desconhecido para Darwin. Todos os seres vivos, se você está falando antes que estas flores fossem cortadas, eles eram seres vivos esta é azul, esta é rosa, e esta é laranja, etc., porque há informações, há informações no DNA, na genética, que faz com que isso aconteça. Isso é um código de informação em todos os seres vivos.

Foi descoberto, nos últimos anos, que os programas genéticos de digamos, organismos biológicos superiores, consistem em cerca de mil milhões de bits de informação. Mil milhões de bits de informação em um organismo vivo; e essa informação que está codificada nesse organismo vivo, determina a natureza, o crescimento, o desenvolvimento, e a morte de milhares de milhões de células nesse organismo vivo. Agora quem, francamente em sã consciência, poderia acreditar que tais máquinas extremamente complexas, que é o que os organismos vivos são, armazenam e recuperam a informação precisa para atender a milhares de milhões de células, diagnosticam defeitos e os reparam e se reproduzem, todos desenvolvidos aleatoriamente, por acaso a partir do nada? É absolutamente idiota.

A grande questão a questão que está trazendo para baixo a evolução, é o estudo da origem da informação; é chamada de teoria da informação. De onde a informação vem? De onde é que o código vem? Um macaco tem um código de macaco, e o DNA, os cromossomos e a genética apenas continuam fazendo o macaco se comportar como um macaco. Não há nenhum código lá para virar o macaco em um homem. Não há tal coisa como saltar de sua espécie.

Bom, eles tem ficado animados na ciência. Wilder-Smith fala sobre isso como faz alguns outros escritores que li, quando eles entraram em polímeros, e eles estavam olhando para algumas coisas dizendo, "Bom, talvez esses polímeros são as coisas transitórias, eles parecem um pouco incomuns, eles são um pouco fora do normal. Talvez fossem as transições". E quanto mais tempo eles estudaram isso, mais eles perceberam que eram apenas os elementos da informação codificada fazendo trabalhos de reparação, porque havia algum motivo para reparar. É por isso que era um pouco incomum, pois estvam reparando danos no organismo vivo. E depois, polímeros não eram formas de transição de forma alguma; eles eram apenas informações codificadas no DNA que você não via até que houvesse uma necessidade de reparar alguma coisa. É incrível.

De onde esta informação genética vem? De onde veio? Não poderia evoluir do nada. É muito preciso. Wilder-Smith diz o seguinte, "O chamado gradualismo de Darwin postulava, em última análise, que todas as formas de biologia eram derivadas de uma única célula simples que por uma série ininterrupta de pequenas mudanças gradualistas deu origem a uma corrente ininterrupta de passos, desde a célula original até o homem E a biologia era estritamente contínua." Isto é simplesmente inacreditável. E somente um homem no tempo de Darwin, que não conhecesse a genética, nunca chegaria a tal afirmação, porque se uma coisa unicelular, que ouvisse isto, se transformasse em homem, então toda a informação codificada necessária para executar aquela única célula, e para executar tudo a partir de então, em todo o caminho, incluindo o homem, tinha que estar na célula original. E se não for na célula original, então de onde ele vem? Essa é a questão. É ridículo. Eles sabem que toda a informação codificada para executar todos os seres vivos no universo não está contida em uma ameba unicelular. O que está contido em uma ameba unicelular é o código para uma ameba unicelular.

Wilder-Smith continua e diz, "Havia um grande aspecto da realidade sobre o qual Darwin e de fato toda a sua epopeia não sabia nada. Estou me referindo à ciência moderna da teoria da informação; pois se um tipo primitivo de ameba se desenvolver até um primata, essa célula primitiva terá que reunir todo tipo de novas informações sobre como fazer os rins, os fígados, os corações de quatro câmaras, o cerebro e o cerebelo". É só vai ter que, enquanto essa coisa unicelular continua, só vai ter que coletar informação; de onde?

Se a lei da entropia é verdade, e é - essa matéria está quebrando as coisas estão ficando piores - como as coisas podem estar ficando mais complexas e mais ordenadas simultaneamente? Wilder-Smith diz, "Para a síntese de tais sistemas de entropia reduzida como por exemplo um cérebro primata requer todos os tipos de informação sólida e real que nem a matéria de que a ameba primitiva consistia nem a célula de ameba intacta contida. Da mesma forma a matéria inorgânica terá de reunir um grande número de pedaços de informação holística antes de poder sintetizar uma ameba".

Então ele diz, o que quer que tenha sido o que começou a primeira ameba, qualquer coisa inanimada, começou a primeira ameba, teria que ter coletado informações para fazer isso acontecer. Vou lhe dar uma ilustração; talvez ajude você um pouco. Você já leu sobre o fato de terem clonado coelhos e depois eles clonaram ovelhas? Você diz, "Isso, isso é um triunfo evolutivo?" Não, você sabe o que isso prova? Isso prova que há uma inteligência externa para fazer isso. Você pode ter uma ovelha e colocá-la em uma caneta e dizer "Hum ... mutação!" Você pode colocar, você pode colocar as ovelhas lá e dizer, sabe, você pode, "Por favor, haja um clone." Mas aquela ovelha não vai ter uma ovelha clonada a menos que uma inteligência, uma inteligência superior neste caso, um cérebro humano, a compreensão genética funcione a partir do exterior para produzir isso. Esse é um exemplo clássico de por que a evolução não pode acontecer. É clássico. Sempre que queremos criar algo que está, no mínimo sentido, fora da ordem natural é preciso um cérebro humano inteligente para invadir esse nível de vida. Tem que vir de for a, porque a informação não está no sistema de código.

É exatamente como Deus opera. Você não pode ter evolução. Primeira Coríntios 15 diz que "uma é a carne dos homens, outra, a dos animais, outra, a das aves, e outra, a dos peixes" e é assim que é. E tudo é determinado pelo código genético e eles não se cruzam e saltam sobre esses limites.

Wilder-Smith escreve ainda, "Supondo que a forma primitiva original de vida era uma espécie de ameba, uma espécie de ameba, onde se obteve o número quase infinito de informações necessárias para ser armazenado em seu sistema de armazenamento e recuperação de DNA? Para transformar a célula tipo ameba de um mamífero, um primata, um polvo, ou uma abelha, são necessários novos bits de informação holística. Nem a célula tipo ameba primeva, nem a matéria inorgânica, de que ela é construída, contém informações tão altamente especializadas e holísticas que seja necessário transformar da alegada ameba em, digamos, um macaco antropóide. [É legítimo supor que tais quantidades incríveis de informação surgiram]. É legítimo supor que tais quantidades incríveis de informação surgiram espontaneamente do nada por pura casualidade?" Absolutamente ridículo.

Eu mencionei esta manhã que desci ao deserto de Sonora, esta semana, para passar um pouco de tempo com meu pai, e minha irmã decidiu nos transportar para o deserto lá e sair com alguns naturalistas, investigar sob rochas, observar cactus e coisas assim. E eu sempre fico fascinado com a criação de Deus, e tenho visto o deserto muito na minha vida porque sempre vivi no Ocidente ou na maioria das vezes. Mas fui apresentado a algumas coisas que eram realmente incríveis, por esses naturalistas. Você sabe, eles viraram uma pedra e saiu um lagarto e eles me deram toda a ecologia de como eles se comportam. E de outra rocha com um pequeno par de pinças surgiu um escorpião e eu, eu aprendi mais sobre um escorpião, em cinco minutos, do que toda minha vida até ali. Mas aprendi uma coisa: que eles sobrevivem por canibalizar outros escorpiões, e é assim que eles sobrevivem. E falaram sobre como a picada deles funciona; eles falaram sobre todos os detalhes. Depois fomos em frente para ver um cacto saguaro. E um cacto do saguaro, há uma ecologia inteira dessas coisas que é incrível. Eles pensam que vivem 800 anos. Eles não sabem ao certo porque nenhum botânico vive tempo suficiente para ver um ao vivo e depois morrer. Então você sabe é uma espécie de suposição. Mas eles passam por estas coisas incrível, essa coisa é incrível. Suas agulhas cruzam como este porque há ventos fortes na medida em que lá o único lugar no mundo que cresce no deserto de Sonora. E as agulhas que crescem fora deles, como fazem em cactos, cruzam entre si e isso neutraliza o vento para que não os expluda. É uma ecologia maravilhosa. Há lenda, também, na verdade uma das lendas. Você já viu um cacto do saguaro? Alguns dos braços sobem. E eles dizem que o tronco principal de um cacto de saguaro é representativo do homem e os outros ramos são representativos de suas esposas. E se eles crescem para cima, ele teve uma vida muito ordenada e esposas atenciosas, mas se eles vão em todas as direções o pobre rapaz teve um momento muito difícil. Bom, quero dizer que isso é só lenda. Mas, colocando de lado a lenda, quando eles começaram a definir a ecologia desta coisa, a complexidade desta coisa, como ele retém a água e como cria essas ranhuras, como ele produz uma flor incrivelmente linda no pico de cada ramo uma vez por ano, e ele morre queimado ao sol. Eles nos levaram para uma árvore paloverde, a árvore com os menores folhas de qualquer outra árvore na face da terra. E que precisa desesperadamente de água, e eles as encontraram, veja só, com uma raiz principal de 91 metros abaixo da superfície do solo, embora a árvore seja de apenas um metro e oitenta de altura. Ecologia incrível, complexidade incrível em todas estas formas de vida.

E eles estavam passando por tudo isso, tudo isso. Então eu pulei e disse "Posso dizer uma coisa?" E fiz a eles este discurso basicamente que estou fazendo a vocês, sabe, cada um destes organismos vivos no universo tem o seu próprio código. Como ele conseguiu esse código? De onde veio? Ele teve que vir de uma mente divina que fez tudo. Ouça isto, quando Deus criou, Ele criou tudo e codificou tudo. Só para ter uma idéia da vastidão de sua inteligência, surpreendente, surpreendente. Tudo demonstra a marca de Deus.

E então Wilder-Smith em seu livro, gosta de falar sobre um sujeito chamado Von Neumann, Von Neumann, na verdade um cientista alemão. Von Neumann definiu essas máquinas vivas (máquina referindo-se a um organismo vivo), e ele disse que a coisa surpreendente sobre organismos vivos, ouça isso, é que eles são auto-produtores, auto-sustentáveis e auto-reparáveis. Isso é o que é conhecido como uma máquina por Von Neumann, auto auto-produtor ou auto-reprodutor, auto-sustentável e auto-reparável. E ele aponta em seu livro que nunca fomos capazes de construir uma máquina como essa.

Você conhece alguma máquina como essa? Você conhece algum computador que tenha pequenos computadorizinhos? Você conhece algum computador que sustenta a sua própria vida e se auto-repara? E sobre um carro? Você conhece algum carro que faz isso? Von Neumann destacou que se pudéssemos fazer uma máquina complexa o suficiente para reproduzir-se e sustentar-se seria sempre em condições precárias devido à sua complexidade. Portanto não poderia manter-se com a responsabilidade de auto-reparação. Nós nunca criamos uma máquina como essa, mas cada organismo vivo é apenas isso, auto-produtor, auto-sustentável auto-reparável. Isso é incrível? Essa é a mente de Deus. Não me diga que isto é o acaso. A devoção cega ao acaso é um ato de desafio contra a razão e mais importante ainda contra a revelação e mais importante ainda contra o próprio Deus.

Douglas Kelley diz no mínimo pode-se notar que todo o edifício da teoria evolucionária é cada vez mais visto como uma fé e não como uma ciência empírica objetiva e seus fundamentos são trêmulos.

De acordo com Michael Denton - ele escreveu um livro chamado A Teoria em Crise - ele diz, "Não pode haver dúvida de que depois de um século de esforços intensivos os biólogos não conseguiram validar em qualquer sentido significativo. O fato é que a natureza não foi reduzida a um continuismo que o modelo darwiniano demanda, nem tem a credibilidade do acaso como a agência criativa da vida fosse assegurada." Na verdade – essa é a citação final - na verdade, é justamente o oposto. Quanto mais a ciência aprende sobre a espantosa complexidade, quanto mais a ciência aprende sobre a harmonia, quanto mais a ciência aprende sobre o design, quanto mais a ciência aprende sobre a inteligência do universo, mais a ciência confessa que tem de haver um criador inteligente.

E novamente Douglas Kelley diz "Agora, na natureza do caso estamos lidando aqui com uma situação única, o surgimento do universo espaço-temporal por uma fonte transcendente que de acordo com as Escrituras, ouça isto, Falou e trouxe à existência a partir do nada senão pela palavra de Seu próprio poder." Humm, que poder, que complexidade, que ordem, que inteligência! Você sabe, uma ciência razoável, uma ciência razoável, deve sugerir que um criador sobrenatural, inteligente e poderoso tinha que estar lá e ainda está. Mas embora a ciência deva reconhecer que por ser a única explicação razoável saber quem Ele é e saber como Ele criou, a ciência deve dobrar o joelho à Escritura e ao Deus das Escrituras.

A nossa única fonte de conhecimento é a Bíblia, a Bíblia. A evolução é um ato de fé, fé irracional. A criação é um ato de fé, fé revelacional. Eu não sei sobre você, mas eu creio na Bíblia e eu creio na Palavra de Deus. A evolução é a seita religiosa do século XX que nega a razão e nega revelação. A criação é o culto ao verdadeiro Deus em perfeito acordo com a razão e a revelação. Então eu volto para onde eu comecei. Ou você acredita em um Deus eterno, ou você acredita em matéria eterna ou na energia eterna ou numa ameba eterna; nada entre eles nada entre eles. Ou você é um materialista que acredita na eternidade da matéria ou você é um sobrenaturalista que acredita na eternidade de Deus. Essas são as duas únicas opções que existem.

O que acontece a um mundo que rejeita o Criador e o substitui pela materia? O que acontece a um mundo que substitui o Deus Criador com o tempo sem rosto do acaso, da matéria, da energia? O que acontece? William Provine da Universidade de Cornell afirmou claramente, abre aspas, "As implicações da ciência moderna são manifestamente incompatíveis com a maioria das tradições religiosas. Não existem leis inerentes, ouçam isto, morais ou éticas, nem existem princípios orientadores absolutos para a sociedade humana. O universo não se preocupa com nada para nós e não temos nenhum sentido último na vida" fechar aspas. Isso mesmo. Se nós somos apenas o resultado do acaso, nada importa. Não há um padrão moral, não existe um padrão ético; tudo o que lhe resta é tragédia e desespero. Se este universo é o resultado de forças impessoais, se este universo é sem rosto, se há escuridão lá fora porque ninguém está lá, isso faz uma tremenda diferença na minha vida. Mas se há um Criador e se esse Criador mostrou Seu rosto em forma humana em Jesus, e se Ele é um Deus amoroso, salvador e bênção que está por trás desta criação, isso faz toda a diferença na minha vida.

E você sabe, a Bíblia, eu estou tão feliz que a Bíblia não começa assim "Eu sei que vocês vão achar isto difícil de acreditar mas no princípio Deus." Ela não faz isso. Ela apenas diz "No princípio, criou Deus ..." Tem que haver algo no começo. O evolucionista diria, "No princípio a ameba, no princípio a matéria, no princípio a energia." A Bíblia diz "No princípio Deus ..." E em João 1 "No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus ... Todas as coisas foram feitas por Ele e sem ele nada do que foi feito se fez." Essa é outra maneira de dizer nada evoluiu. Hebreus 11:3 "Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus" não pela evolução. "o universo formado pela palavra de Deus." Isto se repete: está em Gênesis, está em João é em Hebreus. E como eu disse no início ou você acredita ou não.

Podemos concluir então que a evolução é uma religião falsa. E por que queremos trazê-la para dentro da Bíblia? Por que eu quero pedir emprestado da falsa religião da evolução e impô-la sobre o relato direto de Gênesis? Para quê? Isso é um ataque à revelação de Deus. A Bíblia nos diz como a energia chegou aqui, ela veio de Deus. Ela nos diz como a matéria chegou aqui, ela veio de Deus. Ela nos diz como os céus e a terra foram formados, Deus os fez. Isso é tudo o que precisamos saber. Nada poderia ser mais lógico do que isso. Um Deus Criador inteligente o fez. E aqui vêm os evolucionistas com todas as suas mentiras e sua desconsideração do Gênesis e por que vamos comprar essa idéia e tentar impor na Escritura?

A evolução é uma religião falsa. Aqui estão os princípios em que ela se baseia, só para lhe dar uma outra perspectiva

Primeiro, a evolução é ciência pura. Isso é o que os evolucionistas gostariam que você acreditasse. É ciência pura, é um sistema fechado fundada na realidade, não na ilusão de um Deus.

E em segundo lugar, os evolucionistas diria que a evolução é igual à racionalidade porque exclui milagres e o sobrenatural. Mas, amigos, chega um ponto em que o sobrenatural é a única coisa racional.

Em terceiro lugar, e este foi adaptado do livro maravilhoso de Philip Johnson, A Razão na Balança - em terceiro lugar, a evolução é libertadora porque elimina Deus e seus mandamentos que restringem o comportamento sexual livre.

Em quarto lugar, o evolucionista diz que sua religião é democrática porque cada homem é sua própria fonte de julgamento moral, uma vez que não há nenhum Deus, nenhum juiz moral, nenhuma lei.

Em quinto lugar, a evolução é ampla pois permite a crença em Deus, mas não no Deus da Bíblia.

Essa é a religião. Você quer saber quais são os princípios da religião da evolução?

Primeiro, a evolução é ciência pura, eles dizem que é um sistema fechado, fundada na realidade, não a ilusão de um Deus.

Dois, é igual à racionalidade, porque exclui milagres irracionais e interferência sobrenatural.

Três, a evolução é libertadora, porque elimina Deus e seus mandamentos que restringem o comportamento sexual livre. E, pessoal, eu quero lhe dizer que isso é o que impulsiona a coisa toda. Eles amam o seu pecado.

Em quarto lugar, a evolução, dizem, é democrática porque cada homem pode ser sua própria fonte de julgamento moral.

E em quinto lugar, a evolução é ampla pois permite a crença no Deus que você quiser, exceto no Deus da Bíblia.

Incrível, não é mesmo? As pessoas lutam com a razão, abraçam o absurdo para evitar a responsabilização perante o juiz eterno.

Deixe-me encerrar esta noite levando você a Romanos 1. E esta é apenas uma declaração pertinente de Deus que dirige àqueles que O rejeitam. Romanos 1, versículo 18:

"A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens” ouça isto, “que detêm a verdade ... porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso” o que? “indesculpáveis; porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis."

E tudo começa no versículo 18. A ira de Deus se desencadeou sobre essas pessoas que substituíram o sobrenatural pelo natural, que substituíram Deus pelas criaturas. Este é o julgamento de Deus sobre eles. Agora, duas semanas a partir de hoje à noite, na próxima semana é batismo no domingo de Páscoa, mas duas semanas a partir de hoje eu quero voltar e começar em Romanos 1 porque eu quero desdobrar essa passagem para você um pouco. Depois iremos para algumas passagens no Novo Testamento que mostram por que você tem que ter uma visão criacionista ou você impactará negativamente o evangelho, ok? Então isso vai ser daqui duas semanas a partir de hoje. Vamos orar.

Nosso Pai, isso é tão importante para nós, ter a nossa fé novamente encorajada. Nós não precisamos ceder à suposta sabedoria do mundo, aqueles que não Te conhecem. Dá-nos uma firme, resoluta e forte confiança que a Tua Palavra é a verdade, que toda a Palavra de Deus é pura, como a Escritura diz, que toda a Escritura é inspirada por Deus, para que nenhuma Escritura venha pela interpretação particular, mas os homens santos de Deus falaram ao serem movidos pelo Espírito Santo. Lembre-nos que o Senhor criou o mundo da maneira que disseste, que não havia nada neste universo criado que Tu não criaste. Por Ti o universo foi formado. Pai, ajuda-nos a conhecê-lo como o Criador, ao saber que os mundos foram criados pela Tua Palavra e que Tu o fizeste tão maravilhosamente e magnificamente em seis dias como é descrito no livro de Gênesis. Fortalece a nossa fé no Deus que criou, no Deus que redime os pecadores. Estamos emocionados diante de Tua grandeza, da vastidão da Tua inteligência, Teu poder e da doçura de sua misericórdia para conosco, e nós agradecemos por isso em nome de nosso Salvador. E todos disseram, amém.

This sermon series includes the following messages:

Please contact the publisher to obtain copies of this resource.

Publisher Information
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Playlist
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

Donation:
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize