Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Estamos continuando o estudo por estas poucas semanas sobre o tema da perseverança dos santos. Esse é, creio eu, um bom título bíblico para descrever uma doutrina que muitas vezes é chamada de doutrina da segurança eterna ou a segurança do crente. A conclusão nessa doutrina é que quando o Senhor salva alguém essa salvação é para sempre para nunca ser revertida. A Bíblia é clara sobre essa verdade básica, e a verdade básica é que a salvação por sua própria natureza é irrevogável.

Apesar da clareza da escritura, no entanto, sobre isso, há aqueles que caíram sob a influência do ensino que a nega. Há muitos na igreja cristã que estão vivendo em algum tipo do medo com a possibilidade que poderiam perder sua salvação. Eles são advertidos de que podem, pelo pecado ou não, perder a salvação que Deus lhes deu. Ou seja um crente pode tornar-se novamente um incrédulo, uma nova criação em Cristo pode tornar-se novamente na velha. Aqueles que são agora os filhos de Deus podem tornar-se novamente os filhos do diabo. Aqueles que são cidadãos do céu podem tornar-se ocupantes do inferno. De fato tudo o que nos é dado em Cristo pode ser perdido e prevaricado.

E inevitavelmente aqueles que ensinam essa doutrina esforçam-se por apoiá-la nas Escrituras. E eles trazem uma lista de passagens doutrinárias para serem usadas como um suporte para a idéia de que você pode perder a sua salvação. Tenho lidado com isso ao longo dos anos muitas, muitas vezes e em muitas frentes, e não menos tenho tentado ajudar os russos - os crentes russos - a entender esta doutrina, porque durante tantos anos eles foram ensinados que é possível perder sua salvação.

Em uma ocasião, para ilustrar essa questão, eu estava em Minsk na Bielorrússia. A Bielorrússia é uma república muito interessante, fez parte da União Soviética. É a mais dramaticamente afetada por Chernobyl, porque a radioatividade que saiu de Chernobyl está no solo e portanto na água, no abastecimento de alimentos, e toda a nação está morrendo. É realmente um lugar incrível para ir. Eu estive lá em algumas ocasiões.

Em certa ocasião, fomos a um antigo campo militar comunista, para uma conferência de pastores, o que é uma mudança interessante, onde os soldados comunistas foram treinados, os pastores estavam sendo treinados. Eu estava ali por uma semana com eles, dormindo no quartel com eles naquele lugar, e ensinando-lhes a Palavra de Deus. Longas e longas sessões do dia inteiro, dia após dia após dia. E ao longo desse período eu disse algo sobre o fato de que a salvação era para sempre, era eterna, e não poderia ser perdida. E isso foi, eu acho, no contexto de percorrermos através do livro de Romanos, mais particularmente o capítulo 8.

E eu não tomei isso como um ponto importante, eu só fiz alguns comentários sobre isso e seguiu-se a qualquer outra coisa a que a questão tratava. E isso foi no final do dia, e eu fui, depois de um pouco de descanso para a seção do quartel onde eu estava hospedado e dormi e me levantei pela manhã e voltei para o corredor onde havia um pouco de café-da-manhã e depois nossas reuniões.

E quando voltei fui saudado pela pessoa que estava dirigindo a reunião que me disse que o que eu disse lá no final da noite sobre a salvação ser eterna e irrevogável, causou uma certa agitação, de modo que 27 dos líderes ficaram acordados a noite toda. E eles ficaram acordados a noite inteira e compilaram uma lista de versículos que os fizeram ter dificuldade em aceitar esse ensinamento. E eles disseram, "Aqui estão os versículos. Agora, hoje queremos que você responda a todos esses versículos."

Justo o suficiente, certo? Quer dizer, se for verdade deve resistir ao teste da escritura. E assim com o melhor que pude eu tentei explicar esses versículos e mostrar-lhes como entender esses versículos. E com toda justiça a você, particularmente com aqueles de vocês que foram ensinados, talvez, que você poderia perder sua salvação, vocês sabem alguns destes versículos também, e é importante fazer algum tipo da referência a eles. E assim eu quero fazer isso. Essencialmente estes são os versículos que são muitas vezes - ou eles são os principais que são muitas vezes - usados pelas pessoas para apoiar a idéia de que você poderia perder a sua salvação.

João 8:31 é um. João 8:31 diz "Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos". E eles dirão "Bom, você vê, se você não permanecer na Palavra deixará de ser um discípulo." E então há João 15:6. "Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam." Você vai para o inferno se você não permanecer fiel. Você vai para o inferno se você não permanecer.

E depois há Mateus 24:13. "Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo." Então realmente depende de sua persistência. A mesma coisa é mencionada também em Mateus 10:22. E então há Atos 13:43 onde Paulo e Barnabé estavam falando aos judeus e aos gentios tementes a Deus "os persuadiam a perseverar na graça de Deus". E assim parece que você tem que querer e se comprometer em continuar na graça de Deus para ser salvo no fim.

Romanos capítulo 2. "Deus -" versículo 6 "que retribuirá a cada um segundo o seu procedimento: a vida eterna aos que, perseverando em fazer o bem, procuram glória, honra e incorruptibilidade”. Em outras palavras se você não perseverar em fazer o bem, perseverar na busca da glória, honra e imortalidade você não receberá a vida eterna. E no décimo primeiro capítulo de Romanos - e há outros versículos, estes são simplesmente notáveis ​​- Romanos 11:22. “Considerai, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas, para contigo, a bondade de Deus, se nela permaneceres; doutra sorte, também tu serás cortado".

E assim há estas advertências sobre permanecer, persistir durar, continuar. Colossenses capítulo 1 menciona talvez um familiar. Diz no versículo 21, "E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis". Falando sobre salvação, você costumava ser mal e agora ele o tornou santo. Versículo 23 "se é que permaneceis na fé, alicerçados e firmes, não vos deixando afastar da esperança do evangelho que ouvistes". Então novamente esta palavra "permanecer". As palavras são as mesmas em todos os versículos: permanecer, persistir, continuar. Todas elas remontam a uma origem grega comum.

Hebreus capítulo 3 acrescenta uma outra dessa - e estes são versículos também que eu fui meio que forçado a discutir com nossos queridos irmãos na Rússia para ajudá-los a compreender. Em Hebreus 3:6 "Cristo, porém, como Filho, em sua casa; a qual casa somos nós, se guardarmos firme, até ao fim, a ousadia e a exultação da esperança". E o versículo 14 "Porque nos temos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até ao fim." É sobre sustentar. É sobre durar. É sobre continuar. É sobre persistir. É sobre permanência. Todas essas passagens são passagens que devem ser compreendidas.

São advertências para se sustentar à sua salvação? São avisos de que se você se deixar ir, ou se você seguir à deriva, ou se você se desviar ou se você não persistir, você vai perder a sua salvação? Bom, se elas são, então a Bíblia contradiz a si mesma. Claramente a escritura ensina que a salvação é para sempre. Ela também ensina que a salvação é de Deus e você não pode salvar a si mesmo inicialmente ou em um sentido contínuo. Você não poderia ser salvo inicialmente por si mesmo - pela força de sua própria fé, e você não pode se manter pela força de sua própria fé. Nós temos dito isso.

A idéia aqui é que estes não são avisos para os crentes a fim de continuarem com todo o seu poder, para que não percam a salvação. São em vez disso, declarações de que aqueles que perseveram, aqueles que continuam, aqueles que persistem, aqueles que se mantêm firmes, dão evidência de serem os que são salvos. De modo que você pode pegar todos esses versículos e tipo que responder a todos da mesma maneira. Jesus está dizendo "Se você é alguém que permanece em minha Palavra, então você é um verdadeiro discípulo. Se você é alguém que não permanece você não é um verdadeiro discípulo. Se você é alguém que se mantém firme, você vai receber a sua salvação final. Se você é alguém que continua na graça de Deus, continua na esperança do evangelho, continua firmemente e se mantém firme, então você dá evidência de ter tido a poderosa obra salvadora de Deus porque você possui a única fé que salva e que é uma fé duradoura.”

Essas passagens definem então a natureza da fé salvadora. Elas não são advertências no sentido de que os crentes precisariam ser alertados ​​para persistir. São advertências para os crentes superficiais, para falsos crentes, para pessoas que professam ser crentes mas que não sao de fato. E elas estão dizendo "se a sua fé é real ela perseverará até o fim, guardada por Deus, protegida por Deus".

Mas como ele nos guarda? Através da fé. Ele nos dá uma fé que salva e uma fé que perdura até o fim. Fomos salvos pela fé e perseveramos pela fé. Não é natural. É sobrenatural. É um dom de Deus Efésios 2:8-9 diz. Assim como você não foi salvo sem fé, um dom de Deus, você não pode continuar sendo salvo até sua glorificação por qualquer fé humana mas sim pela mesma fé sobrenatural que Deus lhe dá. Você recebeu ordens para crer, e você fez, sendo salvo. Você recebeu ordem para obedecer pelo salvação do evangelho, e você o fez. Você recebeu ordens para crer e obedecer para a santificação, e você o fez. E você tem ordens para perseverar em obediência e fé até o fim e você fará isso.

O que os escritores estão dizendo é que é assim que você identifica o crente verdadeiro. Você é um crente verdadeiro se você perseverar. E o texto em que toda essa interpretação realmente repousa é 1 João 2:19. "Eles saíram de nosso meio; entretanto, não eram dos nossos; porque, se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco; todavia, eles se foram para que ficasse manifesto que nenhum deles é dos nossos". Quando alguém abandona a fé é prova positiva de que não era a fé salvadora. Não era a fé sobrenatural que Deus dá, porque não permaneceu, porque não persistiu, porque não continuou, porque não se manteve firme, porque não durou.

Em 2 Timóteo 2:12 lemos isto "se perseveramos, também com ele reinaremos; se o negamos, ele, por sua vez, nos negará." Existem apenas duas possibilidades de pessoas que professam a Cristo, o real e o falso. Se nós resistimos nós somos o real e nós reinaremos. Se negarmos ele nos negará. Você se lembra do que Jesus disse? "Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus; mas aquele que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus." Se alguma vez alguém nega Cristo, rejeita a Cristo, tudo o que eles manifestam é que eles nunca tiveram a verdadeira fé, porque a verdadeira fé é uma fé duradoura, é o dom da fé sobrenatural que perdura até o fim.

2 Timóteo 2:13. "Se somos infiéis ele permanecerá fiel porque não pode negar a si mesmo." E ele se identificou com você. Ele deu-se a si mesmo a você para compartilhar sua vida. Aqueles que sofrem são os verdadeiros crentes. Aqueles que não permanecem são falsos crentes professos, e os verdadeiros crentes terão lutas temporárias com sua fé.

E é verdade. Há momentos em que nossa fé é fraca. E esquecemos as palavras de Jesus que disse aos seus dedicados seguidores "Homens” - o quê? "- de pequena fé?" Mas nunca negação absoluta em algum sentido final e completo. Então é realmente apropriado que nos voltemos para Pedro, porque Pedro tinha a verdadeira fé salvadora, mas também manifestava uma fraqueza temporária e até uma negação temporária quando confrontado no julgamento de Jesus. Então vamos voltar ao nosso texto de 1 Pedro capítulo 1.

Pedro é aquele a quem nos voltamos pelo forte testemunho de perseverança, apesar da fé fraca e protegida por Deus com uma fé que não pode falhar. A fé de Pedro teve seus momentos fracos. Havia essas negativas temporárias. Eu poderia apenas preencher um pouco em branco para você. Pedro teve esse terrível lapso temporário você se lembrará antes do Pentecostes antes que o Espírito Santo viesse morar nele. "mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo" disse Jesus.

Depois da vinda do Espírito Santo no dia de Pentecostes você nunca mais ouve nada sobre uma negação por parte de Pedro novamente. Ele se levanta diante de toda a população de Jerusalém e prega a Cristo. Mas Pedro compreendeu a fé perseverante. Ele compreendeu os lapsos, mas também compreendeu a fé perseverante. Seu lapso nunca foi definitivo e nunca foi completo. Ele certamente entendeu, então, o amor fiel do Senhor. Ele entendeu a restauração. Você se lembra como o Senhor o trouxe e o restaurou. Ele entendeu a graça. Ele compreendeu a força da fé que o Senhor lhe tinha dado. Se você é um crente verdadeiro sua fé não falhará completamente ou finalmente. Você confiará em Cristo até fim porque você é perseverante.

Vejamos o versículo 5, 1 Pedro 1:5. "guardados pelo poder de Deus, mediante a fé." Essa é uma afirmação muito importante. guardados pelo poder de Deus, mediante a fé. Como Deus nos guarda? Através da nossa fé, através da nossa perseverante, duradoura e contínua fé. Agora, lembre-se, Pedro está escrevendo para os cristãos que estão sendo perseguidos e até mesmo martirizados. E diante disso eles estavam se perguntando se sua fé iria suportar e eles estavam muito ansiosos sobre isso. A sua fé falharia se eles fossem feitos prisioneiros? Sua fé falharia se eles estivessem enfrentando espancamentos? Sua fé falharia se estivessem enfrentando a morte?

Eles não confiavam em suas próprias forças, porque conheciam suas próprias lutas como crentes. Eles sabiam que todos viviam como nós fazemos em Romanos 7, não fazendo o que querem fazer, e fazendo o que não querem fazer, e lutando contra a carne restante. E eles se perguntavam se poderiam ou não sobreviver em um julgamento extremo de perseguição. Não confiando em sua própria fé, temiam que sua fé pudesse falhar.

Pedro escreve esta carta e observa que eles vão ter alguns momentos muito, muito difíceis. Mais, em 2:20, ele fala sobre serem duramente tratados e suportarem isso, suportarem isso com paciência. No capítulo 3 ele fala sobre o dano que poderia acontecer com eles. No capítulo 4 ele fala sobre o sofrimento como cristãos - versículo 16 - e não se sentirem envergonhados, mas glorificando a Deus. Quer dizer, é bastante claro que eles vão ter alguns momentos muito difíceis. 5:10. "depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar ..." e assim por diante, e assim por diante.

E assim a carta reconhece que eles estão sob uma intimidação e ameaça muito séria. E eles estão preocupados se a sua fé vai sobreviver. E Pedro diz no versículo 5 "sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé." E o que eu tenho dito é que não é a sua fé, é a fé que vem de Deus, que é dada a vocês como um dom. É uma fé sobrenatural.

Agora, nós estamos olhando os elementos ou os componentes desta proteção. E deixe-me voltar apenas para o que dissemos da última vez. Em primeiro lugar, somos guardados por uma esperança viva. Guardado por uma esperança viva, 1 Pedro 1:3-4. "Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível" Eu amo esta palavra, "reservada nos céus para vós outros."

Você tem uma esperança viva. O que é isso? Uma esperança que não pode morrer, esse é o ponto. É uma esperança que não pode morrer. Nunca pode morrer. Hebreus 6:19 diz "esperança proposta; a qual temos por âncora da alma, segura e firme e que penetra além do véu." E qual é a nossa esperança? Nossa esperança é o céu. Nossa esperança é ver Cristo, receber nossa recompensa eterna, entrar em nosso lar celestial, receber nossa herança.

Este é o futuro para nós o futuro na próxima vida. Esta é uma herança que Pedro diz que é imperecível. Quer dizer, de quantas maneiras ele pode dizer isso? Não pode perecer. É sem mácula. Ela não pode ser corrompida. É imarcescível. Ela não pode ser diminuída e está reservada, está francamente reservada para você no céu. E aliás, o céu é o lugar mais seguro para colocar qualquer coisa, por isso em Hebreus 6 diz que o nosso grande Sumo Sacerdote o Senhor Jesus Cristo entrou no céu. Ele entrou no céu. Ouça isso. "Esta esperança -" como eu acabei de ler "a qual temos por âncora da alma, segura e firme e que penetra além do véu, onde Jesus, como precursor, entrou por nós.”

Jesus foi para o céu e ancorou ali a nossa esperança eterna. Esta esperança está ancorada, segura, no lugar mais seguro, que é o céu. Lembro-me de Mateus 6:19-21. "ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam." É o lugar mais seguro.

Em Apocalipse 21:27 "Nela, nunca jamais penetrará coisa alguma contaminada, nem o que pratica abominação e mentira." Nenhum ladrão pode chegar lá para roubar sua herança. 22:14. "Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras [no sangue do Cordeiro], para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas. Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira." É o lugar mais seguro onde você pode colocar qualquer coisa, porque só os redimidos e os justos estão lá. E o que está no céu está selado.

Voltem por um minuto a Efésios 1. Efésios capítulo 1, é esta grande afirmação feita nos versículos 3 a 14. Os versículos 3 a 14 a maioria dos estudiosos da Bíblia dizem que é uma frase, o que significa que Paulo ficou bastante empolgado aqui. Ele não colocou um ponto final em qualquer lugar aqui. Apenas continuou fluindo. Mas começa, "Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo," toda bênção espiritual. Toda bênção espiritual. O que isso envolve? "assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele." Agora pegue isso por favor? "assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele".

Antes que o mundo começasse, antes que o tempo começasse, ele nos escolheu para estar lá quando tudo terminasse com ele na glória. E assim ele vai nos levar para lá. "nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça." Ele nos predestinou para sermos adotados como filhos. Esta era sua intenção. Esta era a sua vontade. E é para o louvor da glória da sua graça. Assim ele determinou na eternidade passada que ele nos traria à glória. Ele predestinou isso.

"que ele nos concedeu gratuitamente no Amado, no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça, que Deus derramou abundantemente sobre nós". E no versículo 11. "no qual fomos também feitos herança." É uma herança que foi predestinada de acordo com seu propósito. Trata-se de uma herança predeterminada antes do início do tempo. Nosso destino eterno foi trancado, selado e entregue, por assim dizer, antes que o mundo fosse criado.

Tudo estava de acordo com o versículo 11 - "segundo o propósito daquele que faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade. a fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que de antemão esperamos em Cristo; em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido" veja isto, qual é a próxima palavra? "fostes selados com o Santo Espírito da promessa".

Agora você pode chamar o Espírito Santo de muitas coisas, mas quando você chama o Espírito Santo de "o Espírito Santo da promessa" o Espírito Santo vem como um selo para garantir algo no futuro, algo ainda não realizado. "Você foi selado nele no momento em que você creu, e o Espírito Santo da promessa foi dado a você como uma promessa" Essa é a palavra grega arrabōn adiantamento "pagamento". É também uma palavra para o anel de noivado "- de nossa herança."

Você recebeu o Espírito Santo como um selo no momento em que você creu que Deus via o futuro e "a redenção de sua própria possessão para o louvor de sua glória". E essa frase "o louvor de sua glória" é repetida de novo e de novo ali.

Então você compreende que no momento em que você creu, você foi selado e sua herança é imutável. Essa é a maneira como Deus planejou isso na eternidade passada e esse é seu propósito, essa é a sua vontade e é exatamente isso que ele fará. Desde o momento em que você creu, você foi selado e o Espírito foi dado a você como esse selo.

Olhe para o capítulo 4, mesmo livro Efésios 4:30. "E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção." Vocês receberam uma esperança viva, amados, esperança viva, esperança que não pode morrer, herança que não pode jamais mudar. E lhe foi dado um pagamento uma garantia no Espírito Santo da promessa que habita em você que o sela para aquele dia. Então você está protegido pelo poder de Deus através de uma esperança viva.

Em segundo lugar, estamos protegidos pelo próprio poder de Deus. E eu só quero expandir o que é - eu já comentei sobre isso. Simplesmente dissemos da última vez que a frase no versículo 5, "guardados pelo poder de Deus" tem a intenção de nos lembrar que estamos protegidos pelo maior poder que existe. "guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo." Estamos protegidos pelo poder de Deus até a salvação que está agora pronta. A palavra significa "preparada, à mão, presente, já realizada" até que finalmente seja entregue no último tempo quando virmos Cristo em sua glória. É como Filipenses 1:6. "aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus". O dia de Jesus Cristo é o mesmo que o dia da redenção, o dia em que vemos Cristo e entramos na glória eterna. É o dia que João tinha em mente em 1 João 3:2. "Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é."

E também em 2 Timóteo - não podemos perder este - 4:7. "Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.” Uma salvação a ser revelada no último tempo é nossa. Somos mantidos nisso pelo poder divino, o poder do próprio Deus.

E isso leva nossas mentes para uma outra passagem muito importante. Abra em Romanos 8.

E aqui nesta seção, provavelmente a maior passagem sobre a perseverança dos santos, vemos quão grande é o poder de Deus. Romanos 8:38-39. "Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor". Não há nenhum poder que possa superar o poder de Deus e seu amor por si mesmo. Então isso é revisão. Nós perseveramos através de uma esperança viva e através do poder divino.

Em terceiro lugar, e isso é muito importante para nós, estamos guardados pela esperança, protegidos pelo poder, protegidos por provações. Estamos protegidos por provações. Isso pode parecer uma espécie de contradição do que parece razoável, de início, mas eu quero mostrar-lhe como isso é importante. Se você não conseguir nada exceto isso, você terá alcançado o cerne e a alma desta maravilhosa verdade aqui. Veja o versículo 6. "Nisso exultais".

Com certeza, claro que nos alegramos de que estamos protegidos pelo poder de Deus, protegidos por uma esperança viva. Nós nos alegramos com isso. "Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário" se Deus determina que é necessário "sejais contristados por várias provações." Agora pare por um momento.

"Você se alegra muito, mesmo que agora por algum tempo, se necessário, você tem ficado angustiado por várias provações." E as provações são diferentes para todos porque as necessidades espirituais são diferentes para todos. Todos nós estamos em diferentes pontos ao longo do caminho do desenvolvimento espiritual, e o Senhor precisa fazer coisas diferentes em nossas vidas, então somos testados de acordo com a necessidade que Deus determina, e nos regozijamos nesses testes.

Em vez de essas pessoas ficarem olhando para a possibilidade de serem presas, torturadas ou martirizadas e temendo que sua fé falhe ele diz, "Você deve se regozijar muito nestas provações angustiantes". “para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo".

Agora apenas tome a primeira parte desse versículo. Esta é a prova de sua fé. Estamos protegidos por provações. Deus sustenta nossa fé. Aqui está uma maneira de entendê-lo. Deus sustenta nossa fé, não por nos manter afastados de provações, não por se certificar de que nunca sejamos testado. Deus não nos protege, agarrando-se a nós, ao nos manter firmes continuamente, mantendo-nos vivos, tornando a vida mais fácil. Ele faz o oposto. Deus sustenta nossa fé verdadeira fazendo-a atravessar por tempos difíceis. Ele sustenta nossa fé por meio de provações.

Você tem uma provação e você vem através da provação confiando no Senhor. E você diz, "Esta fé é uma coisa real." A frase "nisso exultais" pode pegá-lo de surpresa. Você sabe, tínhamos isso antes e, claro, não somos ajudados por esses pregadores de prosperidade ridículos que estão por todo o lugar dando às pessoas falsas esperanças e dizendo-lhes mentiras, pregando a prosperidade em vez de pregar o sofrimento, as provações.

E assim a frase, "alengre muito nas provações" pode pegá-lo um pouco de surpresa. Mas lembre-se, essas pessoas estão enfrentando perseguições que ameaçam a vida. O medo é uma resposta humana. E Pedro diz, "Nisso exultais". Por quê? Você se alegra porque esses testes provam o caráter da sua fé. A fé humana desapareceria.

Sabemos que se você voltar para a parábola dos solos. Algumas das sementes, você recorda, caíram na terra onde havia rocha embaixo, lembra disso? Terra rochosa. E cresceu por um pouco, e quando a perseguição veio o que aconteceu? Secou e morreu. É sempre um teste da realidade da vida espiritual. Sempre um teste.

As provações fortalecem a fé e revelam a verdadeira fé. Olhe para Tiago capítulo 1, Tiago 1:2 diz essencialmente a mesma coisa. "tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações." Você sabe, eu acho que há algo maravilhoso em chegar à idade em que estou. As pessoas me perguntam "Você questiona sua salvação?" Às vezes os jovens me perguntam isso. Alguém até me perguntou isso esta manhã. "Eu estou lutando com se eu sou realmente um cristão ou não. Você luta com isso?" E minha resposta honestamente é não.

Quando eu era muito jovem, você sabe, o diabo me martelaria com dúvidas. Mas a verdade da questão é que eu não questiono o verdadeiro caráter da minha fé salvadora porque ela resistiu a muitas provações. Toda vez que você passa por uma provação você vê a natureza de sua fé. As provações não ajudam Deus a descobrir que tipo de fé você tem. Ele a deu a você. Não é que ele precise de informações sobre sua fé. Mas elas se tornam uma alegria para você "quando você passar várias provações -" versículo 3 "sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa”.

Quer dizer, o que é mais maravilhoso? Que dom é maior do que ter a certeza da salvação? Algo melhor que isso? Se você já viveu com dúvidas, medos e tudo isso, é maravilhoso saber que você tem a coisa real. É maravilhoso ver sua capacidade de sobreviver ao desastre. De fato, descobri em minha vida que quanto mais grave a provação, mais forte minha fé é, mais minha confiança em Deus se eleva.

Segunda Timóteo é outro texto que é útil nisto 2 Timóteo 1:8. Paulo diz, "participa comigo dos sofrimentos, a favor do evangelho, segundo o poder de Deus". Versículo 9. "que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos". Há essa doutrina da eleição a predestinação que é fundamental para a nossa segurança.

Mas ele diz no versículo 10. "e manifestada, agora, pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho, para o qual eu fui designado pregador, apóstolo e mestre e, por isso, estou sofrendo estas coisas; todavia, não me envergonho." Ele está dizendo, "Eu sobrevivo surpreendentemente. Na verdade, eu sobressaio à ocasião." Quanto maior o sofrimento, mais intenso o brilho do testemunho. E agora Paulo pode dizer a partir do testemunho pessoal, no meio do versículo 12, "porque sei em quem tenho crido".

Como você o conhece? Porque ele se manifestou. Ele se manifestou em todo o meu sofrimento, em todas as minhas provações e eu sei em quem tenho crido. Sei em quem tenho crido e estou convencido de que ele é capaz de guardar o que lhe tenho confiado até aquele dia.

Que dia é esse? Dia da redenção, o dia de Cristo, o dia em que você o verá frente a frente. Sei em quem tenho crido. Sei em quem tenho crido. Eu sei que ele é capaz, que é dunatos. Ele é poderoso para guardar o que lhe tenho confiado. Aliás, isso é parathēkē que é "depósito" o que eu depositei nele. Minha vida, minha alma, minha eternidade. Eu sei que ele é capaz de guardá-lo. Eu sei que ele pode protegê-lo através da minha fé, porque não importa a provação, a minha fé nunca falha. Ele me deu uma fé que sobrevive a tudo. A fé real emerge de provações mais fortes do que nunca.

Você sabe, de volta a Romanos 8, novamente. Você simplesmente não pode ficar longe desse capítulo falando sobre isso. Mas, em Romanos 8, Paulo diz, no versículo 35, "Quem nos separará do amor de Cristo?" Há alguma coisa que possa acontecer que possa fazer com que Cristo deixe de nos amar? Ou você poderia inverter. De qualquer maneira no grego. Existe alguma coisa que poderia acontecer que poderia fazer com que deixássemos de amar a Cristo? "Tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo, espada?" Você acha que ele apenas agarrou essas palavras no ar? Não, isso é autobiográfico. Ele esteve lá.

Tribulação? Parcelas diárias contra a minha vida. Aflição, sem comida, sem roupa, frio, no mar, perseguição constante, fome freqüente, nudez como um prisioneiro, chicoteado, cutucado com varas, em perigo de ladrões, em perigo de meus próprios compatriotas, e em perigo dos gentios. Ele dá uma lista completa em 2 Coríntios 11. Espada, é vista lá, "Como está escrito: Por amor de ti, somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro" versículo 37, "Em todas estas coisas, porém, somos mais que" o quê? "vencedores." É daí que vem a palavra "Nike" nikē, o conquistador. Você vê, esse tipo de fé que Deus nos dá aumenta na provação. Ele sobe.

Agora eu nunca enfrentei perseguição. Eu enfrentei alguns ambientes bastante hostis. Você tem que colocar sua fé à frente em alguns ambientes. Eu encontro um nível de energia, um nível de compromisso, um nível de convicção e um nível de ousadia naqueles ambientes cujas provações sejam maiores do que em outros. E há essa obra do Espírito Santo para que essa provação se torne para mim a afirmação de que a fé não a minha, mas a que ele me deu, é a coisa real.

AS provações - de volta ao nosso texto - produzem sofrimento por um pouco. Elas vêm como fogo para queimar a escória. E esse é o ponto. Não só revelam a sua fé, mas a puricam. E o que emerge, 1 Pedro 1, é uma fé que é mais preciosa do que o ouro que é perecível, embora testada pelo fogo. Quando você tem sua fé testada ela sai mais pura, mais preciosa. E vou lhe dizer uma coisa, com isso em sua mente você - em vez de pedir a Deus para protegê-lo de provações você - deve pedir-lhe para ter certeza de que ele coloca você através de todas as provações necessárias para lhe dar a confiança de que sua fé é real.

Eu amo o que diz em Atos 5:41. "E eles se retiraram do Sinédrio". Você sabe o Sinédrio, que os apóstolos e os açoitou. Foi isso que o Sinédrio fez, "e ordenou que eles não falassem mais em nome de Jesus". Sabe qual foi a reação deles? "E eles se retiraram do Sinédrio regozijando-se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas por esse Nome." Você sabe por que eles saíram de lá tão felizes, sangrando, machucados maltratados, envergonhados, humilhados, cheios de alegria? Por quê? Porque eles sabiam que tinham uma fé que era real. Eles sabiam que tinham a coisa real. E tudo o que fez foi torná-los mais ousados. Versículo 42 - Eu amo isso. "E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de pregar Jesus, o Cristo". É claro que o pior que poderiam fazer com eles era arrastá-los e fazer tudo de novo, e isso fortaleceria a sua fé ainda mais.

Até o próprio Jesus Cristo foi fortalecido pelo sofrimento. Diz em 1 Pedro que, "pois ele, quando ultrajado, não revidava com ultraje; quando maltratado, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente." E o escritor de Hebreus diz que ele foi "aperfeiçoado pelo sofrimento".

Estamos guardados. Estamos protegidos porque Deus nos deu uma esperança viva. Ou seja, é uma esperança edificada em nossa fé que não pode morrer. Deus nos deu uma fé que é energizada pelo poder divino que não pode ser atacada. Nenhuma força é igual. E Deus também nos guarda através de uma fé que é testada e experimentada.

Há algo mais aqui que devo mencionar a você em 1 Pedro, número quatro, na minha pequena lista, estamos guardados por um propósito eterno. Falamos a respeito disto, assim, não preciso de discorrer o ponto. Mas estamos protegidos por um propósito eterno, por uma esperança viva, poder divino, provações. Veja o versículo 7.

Nós estamos indo para o final do versículo 7, onde encontramos, "redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo". Nossa fé foi projetada para sobreviver até o fim. Esta é uma promessa incrível. Nós temos uma fé que espera, uma fé que é inatacável, protegida pelo poder divino, uma força de fé que só é fortalecida através da provação. Temos uma fé comprovada e testada que encontra a sua realização no propósito e plano de Deus, em uma união com o Senhor Jesus Cristo na sua vinda. Em cujo momento recebemos glória, louvor, e honra de Deus. Isso nos leva de volta à razão pela qual fomos salvos no começo, fomos escolhidos para sermos trazidos para a glória eterna.

Você sabe o que a Bíblia ensina sobre isso, seremos como ele, teremos um corpo semelhante ao seu corpo. Temos uma casa celestial. Ele está preparando um lugar para nós. Estamos apenas passando por este mundo. Nós não somos cidadãos aqui. Esta momentânea leve aflição, que sofremos, não deve ser comparada com aquele glorioso peso de glória que nos espera em sua presença. Nós clamamos pela redenção do nosso corpo porque sabemos o que Deus preparou para aqueles que o amam. Você conhece todos esses versículos. Já somos, por assim dizer, cidadãos celestiais. Nosso Pai está lá, nossa casa está lá, nossa vida está lá. A promessa de Deus é nos trazer à glória eterna. E a propósito, essa foi sua promessa não no momento que ouvimos o evangelho e cremos nisso. Essa foi a sua promessa para nós na eternidade passada, muito antes de qualquer coisa ter sido criada. Deus predeterminou, então, que seríamos levados à glória eterna.

Ou seja, você não entende a salvação se não entender suas três dimensões. Há o ponto em que você crê. Existe o processo pelo qual você é mantido. E há a salvação final na qual você é glorificado. E quando Deus predeterminou para salvá-lo, ele predeterminou que todas as três aconteceriam, não apenas uma parte delas. É por isso que em Romanos 8:18 Paulo diz "Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós." O que quer que soframos aqui nos alegramos, porque isso nos mostra que temos uma fé real e isso fortalece a fé e nada desse sofrimento deve ser comparado com a glória que Deus tem predeterminado para nós.

Portanto, somos guardados por uma esperança viva, pelo poder divino, pelas provações e pela promessa de glória eterna. Posso dar-lhe mais um, número cinco? Somos guardados por um amor eterno. Somos protegidos por um amor eterno. "a quem, não havendo visto, amais." Embora você não o tenha visto você o ama. Esse é o ponto de partida. Temos um amor por Jesus Cristo. "Se alguém não ama o Senhor Jesus Cristo -" 1 Coríntios 16:22 "seja anátema". Esta é uma declaração profunda sobre a natureza da verdadeira salvação. Caracteriza-se não só pela fé em Cristo crendo nele, mas amando-o.

Você deve ouvido alguém no batismo dizer, "Só porque eu acreditei nos fatos suponho que seja um cristão." Você pode acreditar nos fatos e não ser salvo. O diabo acredita nos fatos. Os demônios acreditam nos fatos. Eles sabem que eles são verdadeiros. A questão aqui é amar o Senhor Jesus Cristo. "E você me ama se você guardar os meus -" o quê? "- meus mandamentos. Você me ama se desejar minha glória e minha honra." Embora você não o tenha visto você o ama.

Se você definisse o cristianismo em seu sentido mais puro teria que usar essa palavra, "amor". Você poderia falar sobre crer em Cristo mas realmente não chegaria lá porque tantas pessoas dizem que crêem em Jesus Cristo. Na verdade eu li um artigo tolo hoje em que um homem disse que há três bilhões de cristãos no mundo. Bom, existem provavelmente três bilhões de pessoas que acreditam em Jesus, mas tenho certeza de que não há muitos que o amam, que o amam sacrificialmente, que o amam totalmente, que o amam obedientemente, que o amam em adoração, que O amam em justiça. "a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora” diz o versículo 8 "mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória".

Você pode dizer que um cristão, porque ele ama tanto Cristo, ele sai com alegria. Ele sai com alegria. Você sabe que a única religião no mundo que canta é o cristianismo? Você sabia disso? Alguns outros cantam em uma nota menor, uma espécie de rap não-bíblico. E sabe de uma coisa? O cristianismo verdadeiro canta em uma nota principal. Nós cantamos. Por que nós cantamos? Nós cantamos porque estamos cheios de alegria. Sobre quem cantamos? Nós cantamos sobre Cristo.

Eu gosto de coros de louvor, você sabe, mas eu acho que 90% dos coros de louvor são retirados do Antigo Testamento. Gosto de cantar sobre Jesus Cristo. Eu não me importo de cantar sobre o Antigo Testamento, mas eu gosto de chegar à parte boa, e essa é Cristo. Nós o amamos. O que Jesus disse a Pedro em João 21 quando quis restaurá-lo? No Mar da Galiléia ele disse, "Pedro você ..." o quê? "- você me ama?" Essa é a maneira que ele definiu seu relacionamento. "Você me ama?" E Pedro diz, "Eu te amo." Ele disse "Bom, então faça o que eu digo, alimente minhas ovelhas".

Ele disse-lhe uma segunda vez "Você me ama?" Pedro disse "Sim eu te amo." "Alimente meus cordeiros." Ele lhe disse uma terceira vez "Pedro você me ama?” A razão pela qual ele perguntou três vezes é claro, era paralelo às três negativas de Pedro. O Senhor sabia que Pedro sabia que o amor era demonstrado na obediência, e ele disse uma terceira vez "Pedro tu me amas?" Pedro sabia que não podia invocar sua obediência, porque não havia nenhuma. Então, eu amo o que ele disse. Ele disse "Senhor Tu sabes tudo. Tu sabes que eu te amo." Rapaz, eu realmente gosto disso. Ele disse "Você é onisciente. Você sabe o que está aqui dentro. Você sabe que eu te amo." "Alimente minhas ovelhas."

E ele sabe se o amamos. 1 João 4:19 diz "Nós o amamos porque Ele nos amou primeiro." Você sabe que um verdadeiro relacionamento humano requer amor e confiança. Amor e verdade. O mesmo acontece com o nosso relacionamento com Cristo. É assim que é realmente definido. E não há tal coisa como um cristão que não ama a Cristo. Em toda a sua vida como um crente você cresce em seu amor por Cristo. Você cresce em seu afeto por ele.

É por isso que o Apóstolo Paulo diz "Para que eu possa conhecê-lo." Porque quanto mais você ama alguém mais você quer conhecê-lo. Paulo sabia que ele era amado e - de volta a Romanos 8 - ele sabia que nada poderia separá-lo do amor de Cristo por ele, mas também sabia que nada poderia separá-lo de seu amor por Cristo. Quer dizer, não é essa a idéia? Você pode me atingir com o que quiser. Você pode me atingir com tribulação, angústia, perseguição, nudez, fome, espada, e nada mudará meu amor por Cristo. Nada. Amo-o com um amor que ele me deu. Romanos 5:5. "O amor de Cristo derramado em seu coração". É um dom de Deus, assim como a fé. Você recebeu uma fé sobrenatural. Você recebeu um amor sobrenatural que nunca muda.

E assim é esse amor eterno que nos sustenta. É um componente da nossa fé. Assim somos sustentados pela fé, no versículo 5, e agora pelo versículo 9, finalmente. Qual é o fim? "Obtendo” - ouça isto - o quê? "o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma." É por isso que dizemos isto, pessoal, que esta doutrina deve ser chamada a perseverança dos santos ou melhor ainda a perseverança da fé.

Você recebeu uma fé que nunca perece. Foi-lhe dada uma fé que é protegida pelo poder de Deus, uma fé que tem uma esperança que nunca morre, uma fé sustentada por um poder divino que não pode ser derrubado, uma fé que é provada, testada, fortalecida, através de provas, uma fé que é projetada para o cumprimento da glória eterna que foi prometida antes que o mundo começasse, uma fé que contém nela um amor eterno por Cristo. E o resultado dessa fé será a obtenção da salvação final de suas almas.

Simplesmente, pessoal, não há como escapar dessa realidade. Nenhuma escapatória. O resultado dessa fé salvadora é a sua salvação final. A presente salvação que vocês agora experimentam é resultado dessa fé. A salvação inicial foi o resultado dessa fé. E a salvação final será sua, porque esta fé perseverará e perseverará até o fim. Essa é a natureza desta fé. É nada menos que um presente permanente de Deus.

Mesmo considerar a possibilidade de que você poderia perder a sua salvação é uma deturpação da graça de Deus. É uma deturpação da natureza da fé, o dom do seu amor, a obra do seu Espírito. É uma deturpação de seu poder e seu propósito. É uma deturpação de seu decreto eterno na vida de seus eleitos. E é verdade. E provavelmente, um bom lugar para terminarmos, se isto for possível, Filipenses 1:6 como disse antes "Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus". Isso não acaba com o argumento? Se ele começou ele o quê? Você entendeu.

Senhor, obrigado por um tempo maravilhoso nessas verdades muito enriquecedoras para nós. Obrigado por este dom tão imerecido. Obrigado pela alegria que nos vem porque sabemos que é para sempre. Enche nossos corações de alegria inefável e cheia de glória. Ajuda-nos a nos regozijarmos na permanência deste dom da graça.

Obrigado pela fé duradoura, pelo amor duradouro e pela esperança duradoura. Obrigado por tudo isso ter começado antes do tempo existir, ser consumado na eternidade ainda por vir e tudo isso redundará na tua glória em teu louvor, que é a nossa mais alta alegria. Agradecemos os testemunhos que ouvimos esta noite daqueles que escolhestes e que agora chegaram à fé e estão no caminho da salvação final.

E Senhor, sabemos, como disse Paulo, que nossa salvação agora, nossa salvação final, está mais próxima do que quando nós cremos e logo sabemos que Jesus Cristo abrirá os céus e nos reunirá para si mesmo. E aquele dia, aquele dia de redenção, aquele dia de Cristo, será realidade, e aquela eternidade gloriosa à qual nossa fé perseverante nos leva, estará além de qualquer coisa que possamos imaginar. Obrigado por esta graça e esta salvação em nome de Cristo. Amém.

FIM

This sermon series includes the following messages:

Please contact the publisher to obtain copies of this resource.

Publisher Information
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Playlist
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

ECFA Accredited
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize