Grace to You Resources
Grace to You - Resource

Bem, agora que eu não tenho que pregar nada que não queira, já que terminei o Novo Testamento, tenho pensado em muitas coisas, tentando decidir no que pregar em sequência. É uma experiência nova para mim e estou trabalhando em algum tipo de sequência que faça sentido para o futuro. Mas estou numa espécie de nível de liberdade em minha vida que onde quer que esteja meu coração é por aí que vou, e essa é uma oportunidade maravilhosa para mim. E há um assunto que vem me preocupando há muito tempo, e queria abordar esse assunto, mas não fez parte da pregação através dos evangelhos do modo que pode ser agora e o assunto é sobre o Espírito Santo – o Espírito Santo.

Depois de toda essa ênfase de tantos anos, 25 anos pregando pelos quatro evangelhos, e muita ênfase, claro, na pessoa de Cristo, como deve ser, muita ênfase no caráter de Deus, na natureza de Deus manifestada em Cristo e que é vista em outros lugares nas Escrituras, agora é a hora de dar honra para o terceiro membro da Trindade; o Espírito Santo. O Espírito Santo é o membro mais esquecido, mais mal interpretado, mais desonrado, mais ofendido, mais abusado, e eu até diria o mais blasfemado da Trindade. Isso é uma coisa triste.

Quando o nosso Senhor limpou o templo em João 2, Ele disse que Ele estava, em certo sentido, cumprindo a atitude de Davi no Salmos 69: “Pois o zelo da tua casa me consumiu, e as injúrias dos que te ultrajam caem sobre mim.” E o que o nosso Senhor estava falando era, “Quando Deus é desonrado, Eu sinto a dor.” “Vocês tomaram a casa do Meu Pai, que deve ser uma casa de oração, e a tornaram em um antro de bandidos. Vocês corromperam a casa do Meu Pai. Vocês blasfemaram a nome do Meu Pai. Vocês desonraram o Meu Pai.” E eu posso dizer que por muito tempo tenho sentido a mesma coisa em relação ao Espírito Santo. Sim, fico triste quando Deus é desonrado. É uma tristesa constante para mim. Eu fico triste quando Cristo é desonrado.

Mas nesse mundo da igreja cristã evangélica meio contemporâneo, as pessoas são um pouco relutantes para desonrar o nome de Deus e o nome de Cristo, mas acham que têm livre acesso para desonrar e abusar do Espírito Santo, aparentemente, porque isso acontece muito. Eu não estou aqui para defender o Espírito Santo; Ele consegue se defender. Mas eu estou aqui para dizer que difamações que estão sendo lançadas em Seu santo nome também estão me atingindo, e a maioria disto vem de igrejas professas como pentecostais e carismáticas que se acham no direito de abusar do Espírito Santo e até blasfemar Seu santo nome – e eles fazem isso constantemente.

Como que fazem isso? Atribuindo ao Espírito Santo palavras que Ele não disse, obras que Ele não fez, e experiências que Ele não produziu, atribuindo ao Espírito Santo aquilo que não é obra do Espírito Santo. Uma infinidade de experiências humanas, experiências emocionais, experiências bizarras, e experiências demoníacas são ditas que vem do Espírito Santo. Visões, revelações, vozes do céu, mensagem do Espírito através de maneiras transcendentais, sonhos, falar em línguas, profecias, experiências fora do corpo, viagens para o céu, unções, milagres – tudo falso, tudo mentira, tudo engano – atribuídos falsamente ao Espírito Santo.

Você sabe o suficiente que Deus não quer ser adorado de modo ilegítimo. Deus quer ser louvado por quem Ele é, pelo que Ele tem feito no modo que Ele declarou. Está aberta a estação de abuso ao Espírito Santo, desonra ultrajante do Espírito Santo, alegando que Ele está falando coisas e fazendo coisas e gerando coisas que não tem nada a ver com o Espírito Santo. É um movimento imprudente. É um pecado vergonhoso e perigoso abusar do Espírito Santo. Aliás, a ideia de desonrar ao Espírito Santo deveria fazer qualquer pessoa que pensa, tremer. As pessoas parecem menos interessadas, eu acho, em declarar que Deus está fazendo certas coisas ou falando certas coisas ou que Cristo está fazendo certas coisas ou falando certas coisas do que estão para dizer que o Espírito Santo fez isso, o Espírito Santo disse aquilo, o Espírito Santo está produzindo e gerando isso, não parece haver restrição nas coisas que são responsabilizadas pelo Espírito Santo.

Um modo de perceber isso seria ver isso comparado com o que nós vemos em Mateus capítulo 12, por exemplo. Os líderes de Israel cometeram o pecado imperdoável, e o que era esse pecado imperdoável? Era atribuir a Satanás a obra do Espírito Santo. Lembra disso? Era atribuído a Satanás a obra do Espírito Santo, Mateus 12:31-32. O que está acontecendo hoje é o oposto. Estão atribuindo ao Espírito Santo a obra de Satanás. É isso que está acontecendo. Atribuindo ao Espírito Santo a obra de Satanás. Satanás está vivo e atuando no engano, falsos milagres, péssima teologia, visões mentirosas, sonhos mentirosos, revelações mentirosas, mestres enganadores que estão atrás de dinheiro, poder e influência. Satanás está vivo e bem, e a obra de Satanás está sendo atribuída ao Espírito Santo. Essa é uma blasfêmia séria, simplesmente atribuir a Satanás a obra do Espírito Santo é uma blasfêmia séria.

Eu sequer poderia começar a mostrar a você todas as ilustrações. Você já tem o suficiente delas em sua mente. Você pode ligar sua televisão e ver a ladainha deles a que quiser escolher. E para dar credibilidade para todas essas coisas, todas essas mentiras, eles ligam essas coisas ao Espírito Santo como se fosse um brinde, como se não tivesse um preço a pagar por esse tipo de blasfêmia.

A onda mais recente disso – eu lhe darei só uma ilustração. A onda mais recente disso, que está ganhando popularidade e virou notícia nacional, é uma nova forma de carismáticomania, desonrando o Espírito Santo, chamado Nova Reforma Apostólica, “NRA”, Nova Reforma Apostólica. Aliás, não é novo, não é apostólico, e não é uma reforma. É como ciência cristã – não é cristã e não é científica. Bom, a Nova Reforma Apostólica não é nova, não é apostólica, e não é uma reforma. Mas é um movimento que está crescendo rapidamente gerado por alguns dos mesmos falsos mestres e falsos líderes que têm estado na carismaticomania há décadas, sempre desonrando o Espírito Santo, sempre desonrando as Escrituras, sempre alegando sinais milagrosos, maravilhas, visões, sonhos. Peter Wagner, os “Profetas” de Kansas City, Mike Bickle, Cindy Jacobs, Lou Engle, e por aí vai.

Na verdade, isso está explodindo tão rápido que eles tem uma rede de 50 estados que estão envolvidos com isso. É um novo tipo de carismaticomania, está com esteroides. Um escritor disse que é carismaticomania com injeções de adrenalina. E aqui está a afirmação básica deles: que o Espírito Santo revelou a eles que no ano 2001, nós entramos na segunda era apostólica – no ano 2001 nós entramos na segunda era apostólica. O que isso quer dizer? Quer dizer que os postos perdidos de profeta do Novo Testamento e apóstolo do Novo Testamento foram restaurados, o Espírito Santo deu o poder da profecia, o poder e a autoridade de um apóstolo a algumas pessoas nessa geração da igreja desde 2001. Isso parece muito estranho para mim que o Espírito Santo daria isso a pessoas que tem uma teologia antibíblica e totalmente aberrante. Eu tenho quase certeza que o Espírito Santo não autenticaria falsos mestres, então nós sabemos que não é o Espírito Santo, mas é isso que eles alegam. Mas o Espírito Santo é culpado por tudo; essa é só a mais nova.

Por exemplo, eles tem autoridade igual aos apóstolos, eles têm o mesmo poder que os apóstolos tinham através do Espírito Santo para fazer milagres e para exercer esse poder, e eles têm isso desde 2001. Alguns caem na categoria de profeta, alguns caem na categoria de apóstolo. Eles falam o que o Espírito Santo revela para eles com a mesma autoridade que os apóstolos tinham. Essa autoridade e esse poder tem sido demonstrado no mundo porque um dos apóstolos parou com a doença vaca louca na Alemanha – é o que ele alega. O movimento é marcado por comportamento bizarro e doentio ao extremo. O sentimentalismo corre solto, todo tipo de revelação maluca, comportamentos. Peter Wagner é o pai disso, sendo que ele tem estado envolvido em todos os tipos de aberrações há anos, incluindo o início do Movimento de Crescimento da Igreja, que deu vida ao movimento do Pragmatismo, que, como nós sabemos, está em todo lugar. A influência deles tem crescido e recentemente entrou na área política, e falarei a você como.

Houve, algumas semanas atrás, poucas semanas atrás, um café da manhã de oração na cidade de Houston que talvez você tenha lido sobre isso. Foi um evento patrocinado pela Nova Reforma Apostólica e seus líderes e convidados, e o palestrante principal lá foi o Rick Perry, que é um candidato pelo Partido Republicano à Presidência. Nesse evento, patrocinado pela Nova Reforma Apostólica, dois pastores estavam liderando esse evento. Eles são apóstolos. Eles receberam o apostolado do Espírito Santo. Eles ligaram no escritório do Rick Perry, como governador do Estado do Texas, e falaram para ele que o Senhor tinha revelado a eles através do Espírito Santo que o Texas é o estado que Deus escolheu para liderar os Estados Unidos num avivamento e num governo piedoso e o Rick Perry teria um papel chave nisso. E nesse evento, esses dois apóstolos do Movimento da Nova Reforma Apostólica colocaram as mãos sobre o Rick Perry e oraram por ele. Eles alegam que Deus fala diretamente com eles dando instruções específicas – instruções específicas. E se as pessoas deixarem de ouvir essa revelação divina que vem através deles, terá mais terremotos, mais ataques terroristas, e condições econômicas piores.

Mas, se nós ouvirmos, coisas boas acontecerão porque eles nos deram, como ilustração disso, que eles foram os responsáveis pelo pouco de chuva no Texas após a seca. O que eu quero dizer é que se você não soubesse você acharia que alguém abriu a porta dos fundos de um hospício. Um desses apóstolos fala que o Partido Democrata é controlado por Jezebel e outros três demônios menores. Eles veem demônios em lugares públicos. Eles entram em confronto com esses demônios e fazem isso com rituais elaborados, marcadores de gado, estacas, prumos. Eles foram por todo o Estado do Texas colocando estacas no chão, marcado certas coisas e tomando posse de todas as regiões do Texas para Deus. Um deles diz, e eu cito, “Nós somos chamados para dominar o mundo.” Eles entraram em todas as Lojas Maçônicas no Texas para expulsar o demônio Baal porque o demônio Baal controla a Maçonaria.

Eles tiveram uma reunião em 2009 em Houston. Sob a unção do Espírito Santo, Jezebel era visível. Eles viram Jezebel. Na verdade, uma mulher chamada Alice Petterson, um desses apóstolos que escreveu um livro chamado Conectando a Divisão Racial e Política, que parece ser um livro político, publicado em 2010, ela falou que viu Jezebel, e Jezebel levantou sua saia, e quando Jezebel levantou sua saia – essa é a citação – “Ela expõs o pequeno Baal, Aserá, e alguns outros demônios que eram menores, espíritos covardes, pequenos espíritos tremulos que batiam na altura dos tornozelos das pernas finas da Jezebel,” final da citação. Isso está em um livro chamado Conectando a Divisão Racial e Política, e tudo isso é atribuído a obra do Espírito Santo que está revelando todas essas coisas.

Agora, nós sabemos de onde vem tudo isso. Isso é novamente atribuído ao Espírito Santo essa obra de Satanás. Eu não sei o que Rick Perry sabe ou não sabe sobre tudo isso. Sabe, em um ano de eleição, você aceita orações de todo mundo, especialmente se você não tem certeza do que se trata. Mas essa é só uma ilustração das aberrações que continuam a ser colocadas nas costas do Espírito Santo como se essas coisas fossem coisas que Ele estivesse fazendo. É uma forma de blasfêmia tão, mas tão assustadora contra o Espírito Santo. Existem outras formas, mas essa é só a mais recente na mídia.

Eu lembro nos primeiros anos do ministério quando terminei o seminário, por muitos anos eu viajei quando eu formei, até quando eu estava no seminário. Eu me formei na faculdade e durante os anos do seminário e por diversos anos depois, eu viajei e falei com grupos de jovens e universitários e muitos tipos de grupos e ministérios com alunos e ministérios em igrejas, e inevitavelmente, um dos temas que todos queriam que falasse era o ministério do Espírito Santo. Era uma constante. Eu estava constantemente falando sobre o ministério do Espírito Santo. Todos estavam perguntando sobre a santificação. Como que eu me livro do pecado em minha vida? Como que eu tenho um progresso espiritual? Como faço para crescer e me parecer com Jesus Cristo? Como que eu me separo do mundo? Como alcanço vitória sobre a tentação? Qual é o caminho? Como que manifesto o fruto do Espírito? Como que eu caminho no Espírito e não cumpro a vontade da carne? Ou seja, eles estavam – essa é só a santificação simples e antiga do Novo Testamento, e os jovens estavam fazendo essas perguntas. Era uma constante.

Eu estava em conferência após conferência em escolas e em vários lugares, falando com alunos, inevitavelmente o assunto seria: Como posso ser santificado? Como me torno mais como Cristo? Como venço o pecado na minha vida? Como cresço em graça e conhecimento de Cristo? O que quer dizer estar cheio do Espírito? O que quer dizer ser batizado pelo Espírito? Selado pelo Espírito? Residido pelo Espírito? Qual é o papel do Espírito na minha vida?

Não me pedem mais para fazer isso. Esse não parece ser o tema central das conversas. Esse não parece ser um assunto que as pessoas se importam. O movimento carismático roubou o Espírito Santo e criou um bezerro dourado, e eles estão dançando em volta do bezerro dourado como se fosse o Espírito Santo. É uma forma falsa do Espírito Santo. Eles exploraram o Espírito Santo e exigiram poder fazer isso sem receberem críticas. Ninguém pode dizer nada contra eles. Isso é divisor, sem amor, impertinente. É por isso que Benny Hinn disse sobre mim, “Se fosse do meu jeito, eu pegaria minha metralhadora do Espírito Santo e explodiria o cérebro dele.” Você não pode questionar nada que eles falam sobre o Espírito Santo. Eles engaiolaram o Espírito Santo e exigiram poder fazer isso sem serem criticados, sem serem confrontados, e eles continuam com suas explorações e testemunho provado sobre o Espírito Santo é empurrado e reprimido para baixo da terra porque será divisionista, eles não vão gostar, vai ofender alguém.

Então a versão Carismática do Espírito Santo é o bezerro dourado que não é Deus. Não é Deus, o Espírito Santo, mas uma falsa criação, um ídolo em torno do qual eles dançam em suas práticas de desonra. E aqui nós estamos nisso, sabe, interessados em teologia Reformada, no meio dessa nova onda evangélica que está acontecendo, e que pouco se fala do Espírito Santo, muito pouca discussão sobre o Espírito Santo. Nenhuma forte doutrina de santificação, nenhum desejo ardente pela santidade, separação do mundo. Na verdade, parece para mim que muito desse novo movimento evangélico parece mais mundano o tempo todo. Parece ser indiferente à obra do Espírito Santo. Sabe, se você encarar o evangelho da maneira certa, você tem passe livre para todo o resto. Há pouquíssimo interesse em falar o que é o batismo do Espírito, o que é o enchimento do Espírito, ser selado pelo Espírito. O que quer dizer andar no Espírito e não cumprir os desejos da carne? O que significa separação bíblica? Santidade espiritual? Santificação? Parece não haver muito interesse nisso.

Onde estiver o Espírito Santo, há humildade. Onde você vê a exaltação do homem, não é a obra do Espírito Santo. Quando você vê um movimento que alega ser evangélico, e você vê a exploração, a exaltação de homens, essa não é a obra do Espírito Santo. Onde há a obra do Espírito Santo, existe a exaltação de Jesus Cristo e todos os outros somem. De todas as eras na história da igreja, essa é uma das mais capazes de alimentar o orgulho. Por que? Porque existem muitas maneiras de você se colocar bem na frente do rosto das pessoas em todo o mundo. Esse é um momento fácil para os orgulhosos fazerem mais por si mesmos. Isso simplesmente não parece ser interesse na obra e ministério do Espírito Santo.

Há até mesmo uma tolerância de uma visão do Espírito Santo que é absolutamente herética e acho que você poderia chamar isso de modalismo. Eu sei que esse é um termo técnico mas é simplesmente para dizer que só tem um Deus, Ele não é três pessoas, Ele é um Deus que aparece em três modos, não ao mesmo tempo, mas separadamente. As vezes ele é Pai, as vezes Ele é o Filho, às vezes Ele é o Espírito, Ele nunca é três em um. Essa é a visão, por exemplo, de T.D. Jakes. Sabelianismo, Modalismo. Não parece incomodar muitas pessoas que ele tem um Deus que não é o Deus da Bíblia, que sua visão do Espírito Santo é uma heresia, sua visão do Filho e do Pai igualmente heréticas. Temos que abordar a Trindade da maneira correta, e temos que dar o louvor devido ao Espírito Santo, igual ao Filho, igual ao Pai.

Então essas coisas têm estado em minha mente e muito mais, mas eu acho que vocês entenderam. E não temos realmente olhado com mais seriedade o ministério do Espírito Santo para ver porque precisamos adorá-Lo e no que precisamos estar focados em termos de dar o louvor e a honra que Ele merece.

O desinteresse no Espírito Santo é o que dá vida ao Pragmatismo. Nós substituímos o supernaturalismo, o ministério do Espírito Santo, pelo Pragmatismo. Cometemos o pecado dos Gálatas. Gálatas 3, Paulo diz, “tendo começado no Espírito, estejais, agora, vos aperfeiçoando na carne?” Em outras palavras, não há como ser salvo a não ser pela obra do Espírito Santo. Agora que você foi salvo, você é retomado pela carne? Você vai conseguir tudo através da carne. O orgulho tem derrotado a humildade, e essa sempre é uma afronta ao Espírito Santo. Onde estão os mansos, onde estão os humildes e onde estão os modestos? Onde o Espírito Santo estiver, Cristo será exaltado. Será Cristo, Cristo, e Cristo novamente que receberá toda o louvor, toda a honra e toda a glória. O Espírito Santo se entristece se Cristo não é exaltado. Sua obra se apaga quando a carne é exaltada.

Assim, poderíamos ter feito isso, talvez, no decorrer dos anos e tocamos nisso, claro, todo o Novo Testamento ensina sobre o Espírito Santo. Eventualmente nós teríamos falado disso nos últimos 40 anos mais ou menos. Mas eu quero concentrar minha atenção no ministério do Espírito Santo nas próximas semanas. E eu não sei quanto tempo vou levar. Eu não tenho idéia. Tudo bem. Mas, vamos concentrar-nos em um capítulo em vez de ficar indo por diversas passagens porque não quero fazer iso com você. Vamos ver Romanos 8, de modo que você possa manter isso em mente. Se você for lá agora, você vai ficar um pouco frustrado. Mas vá em frente – isso vai deixar você mais confortável, ter sua Bíblia aberta. Eu não vou chegar lá, mas deixe a Bíblia aberta, é bom, é bom. Vou fazer algumas referências a Romanos 8. Mas esse será o nosso capítulo.

E porque não olharmos pra ele por um instante? E deixe-me apenas indicar porque estou escolhendo esse capítulo para aprender sobre o Espírito Santo – muito óbvio. O versículo 2 fala sobre o Espírito, você vê isso lá, Romanos 8:2, referindo-se ao Espírito. E você vai adiante, e o versículo 4 se refere ao Espírito. Versículo 5 se refere ao Espírito. Versículo 6 se refere ao Espírito. Versículo 9 se refere ao Espírito. Versículo 11 se refere ao Espírito. Versículo 13 – e assim por diante. Versículo 14, versículo 16 – esse é o capítulo do Espírito, até o versículo 26, o Espírito ajuda em nossa fraqueza, Ele é mencionado novamente, intercedendo por nós. Assim, o Espírito Santo é o personagem principal do oitavo capítulo de Romanos, então isso nos dá a oportunidade como que de construir uma teologia sadia do ministério e da obra do Espírito Santo. Poderíamos chamar esse capítulo de “A Vida no Espírito.” A Vida no Espírito.

Teemos ótimos momentos trabalhando nesse capítulo, como vocês verão. Mas antes de fazermos isso, quero apenas dar a você uma visão geral. Antes de descermos sobre a presa, por assim dizer – darei a você uma visão panorâmica como a de um pássaro sobrevoando. O Espírito Santo não é uma força impessoal, não é uma “coisa.” O Espírito Santo não é uma influência. O Espírito Santo não é algum tipo de energia sendo emitida de Deus. O Espírito Santo é Deus, um membro da Trindade, uma pessoa, a essência completa de Deus com uma individualidade e uma personalidade própria. As Escrituras são claras sobre isso. Ele é igual em natureza e atributos – deixe-me falar isso novamente – Ele é igual em natureza e atributos ao Pai e ao Filho. Ele não é menor em nenhum sentido, Ele é totalmente Deus da mesma forma que o Pai e o Filho o são.

Ele tem personalidade. Às vezes as pessoas se referem ao Espírito Santo como um objeto. Isso não está certo. Ele possui um intelecto, emoção, vontade. As evidências disso nas Escrituras são amplas em todos os lugares, nas Escrituras. Por exemplo, Ele sabe das coisas profundas de Deus. 1 Coríntios 2. Em outras palavras, Ele compreende toda a profundeza do conhecimento divino. Ele tem conhecimento igual ao Pai, igual ao Filho. Isto está em 1 Coríntios 2. Ele ama os santos, e Seu amor é igual ao amor que é característico de Cristo e Deus, Romanos 5:5. Ele faz escolhas, escolhas divinas, escolhas soberanas. Primeira Coríntios 12:11, Ele decide o que dará a qual crente com respeito a capacidades espirituais e dons espirituais. Ele fala – Ele fala. Ele fala a verdade sempre. Ele ora por nós – Romanos 8 – como nós descobriremos no versículo 26. Ele nos ensina todas as coisas. Ele é a unção que vem de Deus – João 14, 1 João 2 – de modo que não precisamos de um professor humano porque Ele nos ensina tudo. João 16:13 fala que Ele nos guia. Aqui em Romanos 8, fala que Ele nos guia, “pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”.

Ele ordena. Suas ordens são dadas, por exemplo, em Atos 16:6-7. Ele tem comunhão conosco. Segunda Coríntios capítulo 13 versículo 14 fala sobre a comunhão do Espírito. Efésios 4:30 fala que ele pode ser entristecido. Tudo isso indica que Ele é uma pessoa. Ele pode ser entristecido. Atos 5:3, pode-se mentir para Ele, como Ananias e Safíra fizeram, “Porque vocês mentiram ao Espírito Santo?” Ele pode ser testado. Nessa mesma passagem. “Porque vocês estão testando o Espírito Santo?” Ele pode ser aborrecido, enfurecido, você pode dizer, de acordo a Isaias 63:10. Ele pode ser resistido. Atos 7:51, “Porque você resiste ao Espírito Santo?” E em Marcos 3 e Mateus 12, Ele pode ser blasfemado. Primeira Tessalonicenses 5:19, Ele pode ser apagado; isso é, Seus esforços serem frustrados, prejudicados. Todas essas coisas são evidências que essa é uma pessoa, alguém que pensa, sente, age e toma decisões em tudo, como uma pessoa.

Também não há dúvida sobre sua divindade, que Ele é absolutamente Deus. E vou lhe mostrar apenas uma ilustração disso, mas há muitas. Abra, por um instante, em Atos capítulo 5, e vamos voltar àquele acontecimento fascinante de Ananias e Safira que mentiram ao Espírito Santo falando, você sabe, que eles deram tudo o que eles tinham da venda da propriedade quando, na realidade, eles ficaram com um tanto do dinheiro para eles mesmos. Então no capítulo 5 versículo 3, Pedro confronta-os no dia do Senhor na igreja. “Por que encheu Satanás teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo?” Agora, preste atenção nisso, “por que encheu Satanás teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo?” Agora veja o versículo 4, o final do versículo. “Não mentiste aos homens, mas a Deus.” Deus é o Espírito Santo. O Espírito Santo é Deus. Você tem isso aí, a divindade do Espírito Santo, indicada de modo absoluto e claro.

Você tem formulas Trinitárias em Mateus 28:19, “batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo,” todos membros iguais da Santa Trindade. Eles não podem ser membros separados. Modalismo é uma ideia ridícula, a ideia que Deus é as vezes o Pai e daí põe o Seu chapéu de Filho, e então Ele põe o Seu chapéu de Espírito Santo. Como você explica o batismo de Cristo, onde Cristo está sendo batizado, o Pai está falando, “Ele é Meu Filho amado,” e o Espírito está descendo como uma pomba? Um probleminha para os Modalistas aí porque os três aparecem ao mesmo tempo.

Ele é Deus. Como nós sabemos disso? Ele tem atributos de Deus. Em Hebreus 9:14, diz que Ele é o Espírito eterno – o Espírito eterno. Ele é tão eterno quanto Deus porque Ele é eternamente Deus. Ele é onisciente. E novamente, isso retorna a João 15-16, também João 14, Ele é a fonte da verdade, Ele guia você a toda a verdade, revela toda a verdade. Primeira Coríntios 2: Ele sabe as coisas profundas de Deus que só Deus sabe e só o Espírito de Deus sabe. Assim, Ele é eterno, Ele é onisciente. E Ele é onipotente – Ele é onipotente. Quão poderoso é o Espírito Santo? Ele é igualmente poderoso como Deus. Como nós sabemos disso? Ele é o criador de tudo que existe. Isso é Genesis, certo? No princípio, a criação estava sem forma e vazia, era tohu e bohu, era vazia e nada, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas e a criação começou.

Ainda mais incrível para se ver o poder da Sua criação, está no primeiro capítulo de Lucas versículo 35 quando o anjo veio até Maria e disse, “O Espírito Santo virá em você” – “O Espírito Santo virá em você” – ouça isso – “e com Ele o poder do Altíssimo.” Em outras palavras, o poder do Grandioso Deus, El Elyon, o Deus supremo e soberano do universo, o poder do Deus supremo reside completamente no Espírito Santo. Esse é o poder do Deus Altíssimo dispensado através do Espírito Santo. Ele criou tudo da mesma forma que Deus criou e que o Filho criou. Onipotência, onipresença. Salmos 139 versículo 7, “Para onde me ausentarei do teu Espírito?” Lembra quando o salmista disso isso? Para onde fugirei da tua face? Como poderei encontrar um lugar onde quer que seja no universo que seja longe do Teu Espírito? Não existe tal lugar. Ele está em todos os lugares o tempo todo.

Em Romanos 1:4, Ele é chamado de Espírito de santidade. Deus é santo, santo, santo. O Pai é santo, o Filho é santo, o Espírito é santo, essa é o triságio de Isaías 6. Ele é o Espírito de santidade. Primeira Pedro 4:14, Ele é chamado de Espírito de glória. Ele é como o Deus da glória, como a glória de Deus brilhando gloriosamente na face de Jesus Cristo, Ele é o Espírito da glória. Segunda Coríntios 3:6, Ele é chamado de Espírito que dá vida. Ele é a fonte de vida. Esses são todos atributos que pertencem a Deus, e o Espírito Santo os tem, assim, o Espírito Santo é Deus. Como Deus, Ele tem que ser louvado como Deus, Ele tem que ser honrado como Deus, Ele tem que ser reverenciado como Deus, Ele tem que ser tratado como Deus. Da mesma forma que você trataria Deus Pai e Deus Filho, você trata Deus Espírito. Como eu disse, as pessoas parecem estar um pouco mais relutantes para blasfemar contra o Pai e o Filho. Eles não parecem ter algum problema em fazer piadas e zombaria com nome do Espírito Santo.

Se você falar sobre os títulos que o Espírito Santo tem, isso aumenta seu entendimento um pouco mais. Muitas vezes Ele é chamado de Deus. Acabei de ler para vocês em Atos capítulo 5 versículo 4. Muitas vezes Ele é chamado de Senhor. Por exemplo, em 2 Coríntios 3:18, um dos meus versículos favoritos – quem me conhece sabe disso – está escrito, “E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito.” – “Senhor, o Espírito.” O Espírito é o Senhor. Ele é chamado de Deus e Ele é chamado de Senhor, títulos da divindade.

Existem outros títulos atribuídos a Ele. Ele é chamado de Espírito de Deus, Genesis 1:2. “o Espírito de Deus pairava por sobre as águas,” Mateus 3:16. Ele é chamado o Espírito do Senhor em Lucas 4. Ele é chamado de Seu Espírito, isso é, o Espírito de Deus, Numeros 11:29. Ele é chamado de Espírito de Iavé em Juízes 3:10. Ele é chamado de Espírito do Senhor Deus em Isaías 61, o Espírito de seu Pai em Mateus 10:20, e o Espírito do Deus Vivo em 2 Coríntios 3:3. A Ele é dado todos os títulos que pertencem a divindade. Esse é o ponto aqui. Ele é chamado de Espírito de Jesus em Atos 16:7; o Espírito de Cristo aqui em Romanos 8 versículo 9, e em Gálatas 4:6, o Espírito de Seu Filho. Filipenses 1:19, o Espírito de Jesus Cristo. Essa é claramente uma indicação que Ele é totalmente Deus.

Agora, quanto mais penso nisso e examino isso, como eu estava fazendo nos últimos dias, mais o meu coração dói com a forma que o Espírito Santo está sendo maltratado. E novamente eu digo, veja, eu não estou aqui para defender o Espírito Santo, Ele pode se defender. Mas estou aqui para lhe dizer que você não quer ser sugado pela zombaria do bendito Espírito Santo. Você quer adorá-Lo pelo que Ele é.

Ás vezes as pessoas me perguntam, “Nós podemos orar para o Espírito Santo?” Claro – claro, Ele é Deus. “Não temos que orar somente para o Pai?” Não, ore para o Pai, ore para o Espírito, ore para o Filho, ore para os três, ore para dois. “Nós podemos adorar o Espírito Santo?” Absolutamente, caia por terra adore o Espírito Santo, da mesma forma que você faria com Cristo e o Pai. Você não diria uma palavra contra o Pai, você não diria uma palavra contra o Filho, não diga uma palavra contra o Espírito Santo. Não atribua nada a Deus que não seja verdadeiramente Dele, não atribua nada a Cristo que não seja verdadeiramente Dele, e não atribua nada ao Espírito Santo que não seja verdadeiramente Dele. Rapaz, se nós conseguíssemos nos livrar disso, isso mudaria a cara da igreja.

Quando você pensa nas obras do Espírito Santo, você tem que começar com a criação. E então no Antigo Testamento, você O vê condenando as pessoas. Lembra, em Genesis 6, “O meu Espírito não agirá para sempre no homem”? Ele está se esforçando a trazer convicção da mesma forma que leio em João 16:8, “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”.

No Antigo Testamento você O vê habitando em certas pessoas para certos serviços. Ele regenerou pessoas no Antigo Testamento porque você não poderia ser regenerado a não ser que fosse por um milagre divino, e Ele é o Espírito que dá vida, o Espírito que dá vida. Ele é esse Espírito. Então no Antigo Testamento, Ele é visto como o Criador, Ele é visto como o regenerador daqueles que creem. Ele é visto como aquele que convence o homem do pecado. Ele é visto como aquele que capacita homens a servir. Leia Êxodo 31, Juízes 3, Juízes 6, “E o Espírito de Deus vem para capacitar pessoas a servirem.” É por isso que Davi no Salmo 51 sobre seu pecado disse, “nem me retires o teu Santo Espírito.” Ele não estava falando sobre o fato que de repente o Espírito Santo que o tinha regenerado e capacitado para a vida espiritual iria embora; ele estava falando na linguagem dessa obra especial do Espírito Santo na qual Ele vinha sobre as pessoas para certos ministérios, habilitando homens para realizar certas tarefas.

Mas o que se sobressai em Seu ministério no Antigo Testamento, claro, da perspectiva do Novo Testamento é que Ele é o autor das Escrituras. Nenhuma escritura é resultado de alguma interpretação particular, Pedro diz, certo? Segunda Pedro 1:21, nenhuma interpretação pessoal mas homens santos de Deus foram movidos pelo Espírito de Deus. Foi assim que o Antigo Testamento foi escrito. O Espírito de Deus é o autor através da instrumentalidade humana. É assim que o Novo Testamento também foi escrito. É inspirado por Deus, a palavra inspirar é pneuma. É o Espírito de Deus que escreve a Escritura sagrada. E você pode encontrar através das Escrituras que fala sobre o Espírito Santo dizendo isso e o Espírito Santo dizendo aquilo. Ele é o autor das Escrituras. A Escritura é inspirada por Deus. É a revelação de Deus através do Espírito Santo.

Uma ilustração, Atos 1:16, “convinha que se cumprisse a Escritura que o Espírito Santo proferiu.” Quando as Escrituras falaram algo, era o Espírito Santo falando. E mais uma coisa, lemos em João 15-16 que a tarefa básica do Espírito Santo é glorificar a Cristo, certo? Ele é o Espírito da verdade mas Ele aponta para Mim, Ele Me glorifica, e quando você lê as Escrituras, é isso que as Escrituras fazem. Até o Antigo Testamento. É por isso que Lucas 24 é tão importante, começando em Moises, os profetas, e todas as escrituras sagradas, Ele falou para eles das coisas sobre Si mesmo escritas no Antigo Testamento. Por todo o Antigo Testamento, como também pelo Novo, o Espírito Santo, que é o Autor, está apontando para Cristo – Cristo, Cristo. Então quando você vir uma obra que seja realmente o ministério do Espírito Santo, você verá homens humildes e Cristo exaltado – homens humildes e Cristo exaltado.

Assim, na vida de Cristo, você vê o ministério do Espírito Santo. Ele está lá dando-Lhe vida. Ele está lá em Seu batismo, o Espírito Santo descendo como uma pomba sobre Ele. Ele está lá para iniciar Seu ministério. O Espírito Santo vem sobre Ele e Ele inicia Seu ministério público com a idade de 30 anos. O Espírito Santo está lá em Sua tentação. Você lembra que o Espírito Santo O levou para o deserto e através daquela tentação e para fora dela. Ele é a unção em Atos 10:38. Eles estavam pregando sobre Jesus e diziam que Ele fora ungido com o Espírito Santo. O Espírito Santo veio sobre Ele. Foi por isso que ele disse, “Se você nega as obras que eu faço sendo Deus, você, então, blasfema o Espírito Santo porque é o Espírito Santo trabalhando através de mim.”

Você sabe que, na verdade, era o Espírito Santo ensinando através de Cristo? Isso mostra o quanto houve de auto-esvaziamento. Ele até rendeu Seus ensinamentos àquele que o Espírito fez através Dele. João 3:34, “Pois o enviado de Deus fala as palavras dele, porque Deus não dá o Espírito por medida.” Ele fala as palavras de Deus porque Ele tem o Espírito operando através Dele. Os milagres que Cristo fez e a mensagem que Ele pregou era o ministério do Espírito através Dele. Ele estava em total concordância com isso, mas era a mensagem do Pai através do Espírito. O Espírito era o poder por trás dos Seus milagres; é por isso que era blasfêmia dizer que eram coisas de Satanás.

Você sabia que mesmo Sua morte, mesmo a morte de Jesus Cristo que nós falamos tanto, foi uma obra do Espírito Santo? Eu não sei se você já pensou sobre isso mas agora você vai pensar. Hebreus 9 versículo 14: “muito mais o sangue de Cristo,” – ouça isso – “muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus.” Todos os milagres que Ele fez foram pelo poder do Espírito. E até Sua morte foi pelo poder do Espírito. Seu nascimento foi pelo poder do Espírito. Sua vida foi pelo poder do Espírito. Seus milagres foram pelo poder do Espírito. Seus ensinamentos foram pelo poder do Espírito. E sua morte foi pelo poder do Espírito Santo. E sua ressurreição? Você ainda está em Romanos 8? Olhe o versículo 11: “o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos.”

Quando você começa a compreender o ministério do Espírito Santo, é tão incrível, surpreendente, de longo alcance, e nós ainda nem chegamos na melhor parte sobre nós. Então vamos lá. O que Ele faz no mundo? O que o Espírito Santo faz no mundo? Bom, Ele convence do pecado, da justiça, e do juízo. Genesis 6:3: “Ele luta com os pecadores,” então Ele é o poder convencedor. De acordo com 2 Tessalonicenses 2:13-14, Ele chama os pecadores – é um chamado eficaz – Ele realmente os chama. Além disso, Ele regenera – João 3 – “Você tem que nascer no Espírito.” Então no mundo Ele convence, Ele chama, Ele dá vida regeneradora e também testemunha a verdade de Cristo, Atos capítulo 5 versículos 30-32. Então é o ministério do Espírito Santo que vem ao pecador, convence o pecador, chama o pecador quando o pecador entende as glórias de Cristo e então Ele regenera o pecador.

Agora, o que Ele faz no crente? Glorifica Cristo, exalta Cristo através da Palavra, mas além disso, Ele habita no crente. Versículo 9 de Romanos 8: “o Espírito de Deus habita em vós.” Paulo diz em 1 Coríntios 6, “Vocês são o templo do Espírito Santo.” Ele habita em nós. Agora estamos ficando pessoais. Efésios 5:18 diz, “mas enchei-vos do Espírito.” Ele nos enche, e isso é uma afirmação de poder, como o vento enchendo a vela e movendo o navio. É essa a analogia. Ele nos sela, Ele nos protege, diz Efésios 1, pela eternidade. Ele nos da frutos, o fruto do Espírito: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Ele nos dá amor, Romanos 5:5.

Ele nos dá os dons do Espírito – Romanos 12, 1 Coríntios 12. Muitos dons divididos igualmente pelo Seu povo. Ele nos ensina. Ele nos guia para toda a verdade, nos guia para o entendimento das Escrituras, ungindo o que nós temos de Deus, para sabermos todas as coisas. Romanos 8:26, Ele ora por nós. Gálatas 5:17, Ele faz guerra contra a nossa carne e contra o pecado por nós. João 14:16, “Ele nos dá conforto.” Romanos 8:14, eu mencionei antes, “Ele nos conduz e nos guia.” Gálatas 3, Ele nos santifica. Atos 1:8, Ele nos dá poder para testemunhar e evangelizar. Todas essas coisas o Espírito Santo faz.

Precisamos entender todas essas coisas ricas e maravilhosas. Houve um tempo quando essa era uma parte importante do ministério cristão, do pensamento cristão. Tente escrever um livro no ministério definitivo do Espírito Santo hoje e ache um lugar nas livrarias cristãs. Pode ser que se perca se realmente levar em conta o que estiver lá. Espero que não, espero que entre nós e quem quer que possamos influenciar, possamos virar o jogo desse abuso horrível do Espírito Santo, mas eu acho que como igreja nós, como crentes, precisamos honrar o Espírito Santo do modo que Ele merece ser honrado e substituir esse modo frívolo, superficial e abusivo e além disso, tirá-Lo das sombras para que Ele não seja um membro esquecido da Trindade que nunca recebe a adoração que Lhe é devida.

O fato de você viver sua vida cristã é uma obra do Espírito Santo. Todo o ministério de dons espirituais, tudo que eu faço – tudo que eu faço, tudo que você faz, tudo que todos fazem no reino, no corpo de Cristo que tenha qualquer efeito ou qualquer impacto ou qualquer propósito ou qualquer objetivo ou qualquer sucesso é obra do Espírito Santo. Como podemos ignorar isso e substituir isso com coisas loucas que O desonram? Bom, Isso nos leva a Romanos 8, e semana que vem nós voltaremos a esse capítulo.

Nosso Pai, nós agradecemos por esse tempo nessa manhã para adorar o Senhor. Tem sido tão renovador. Obrigado por essa igreja abençoada, essas pessoas preciosas, que amam o Senhor e Sua Palavra.

Obrigado, ó Espírito Santo, por essa obra incompreensível que o Senhor fez, não só na criação mas na regeneração. O Senhor nos deu vida. O Senhor dos deu salvação, perdão e o Senhor nos deu o poder, agora o Senhor nos santifica e nos traz para a glória. Seremos glorificados pelo Teu poder. Seremos transformados pelo Teu poder. Estaremos prontos para o céu pelo Teu poder. Até lá, o Senhor estará produzindo fruto e dando energia aos nossos dons e nos dando o poder para testemunhar e lutar contra a nossa carne, orando por nós e fazendo tudo funcionar para o bem, nos protegendo e nos selando para o dia da redenção.

Nós Te amamos, nós Te honramos, nós Te adoramos, nós Te exaltamos. E ficamos profundamente tristes, como o Senhor deve estar, com a forma que o Senhor é mal-representado. Ajuda-nos, Senhor, para sermos tudo o que devemos ser conforme Te adoramos, nosso Deus Triúno – Pai, Filho, e Espírito Santo. Que O adoremos em verdade como o Senhor realmente é e com toda a nossa força, tanto em adoração como em obediência. O que podemos dizer, ó Espírito Santo, por tudo que o Senhor fez para conosco e o que o Senhor está fazendo, conforme nós falamos, e fará até vermos a Jesus face a face e pelo Seu poder seremos feitos perfeitos conforme a Sua imagem?

Te oferecemos nossa adoração hoje e pedimos que o Senhor seja honrado, não só em nossas vidas e em nosso meio mas em Tua igreja, a igreja que o Senhor regenerou, pela qual o Senhor deu vida, a igreja pela qual o Senhor trabalha, a igreja na qual Tu podes fazer todas as coisas, mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, mesmo o poder que ressuscitou Jesus da morte, até o Teu poder, ó abençoado Espírito Santo. Mostre o Teu poder na Tua igreja e seja honrado e glorificado, nós oramos. Amém.

FIM

This sermon series includes the following messages:

< !--Study Guide -->

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time

Welcome!

Enter your email address and we will send you instructions on how to reset your password.

Back to Log In

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize
View Wishlist

Cart

Cart is empty.

Donation:
Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Back to Cart

Checkout as:

Not ? Log out

Log in to speed up the checkout process.

Grace to You
Unleashing God’s Truth, One Verse at a Time
Minimize